BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


segunda-feira, 30 de março de 2015

Matéria escura pode causar extinção em massa na Terra. Entenda!

As passagens da Terra através do plano galáctico podem dar origem a fenômeno catastróficos no planeta. Os movimentos da chamada 'matéria escura' podem perturbar as órbitas de cometas e causar ainda mais o aquecimento do núcleo da Terra, segundo um alerta feito pelo pesquisador da Universidade de Nova York Michael Rampino. Entenda o fenômeno! 



Fenômeno é capaz de dar origem a ocorrência de eventos catastróficos no planeta

As passagens da Terra através do plano galáctico podem dar origem a fenômeno catastróficos no planeta. Os movimentos da chamada "matéria escura" podem perturbar as órbitas de cometas e causar ainda mais o aquecimento do núcleo da Terra, segundo um alerta feito pelo pesquisador da Universidade de Nova York Michael Rampino. Entenda o fenômeno! 

A extinção na história do planeta é distribuída de forma desigual, que impede de ter ligação com os eventos e fatores extraterrestres. Cientistas propuseram uma teoria que vê a extinção da espécie humana, associada à trajetória do sistema solar através de fenômenos que acontecem na Via Láctea

A extinção na história do planeta é distribuída de forma desigual, que impede de ter ligação com os eventos e fatores extraterrestres. Cientistas propuseram uma teoria que vê a extinção da espécie humana, associada à trajetória do sistema solar através de fenômenos que acontecem na Via Láctea

A história da Terra é marcada por extinções em grande escala, algumas das quais lutamos para explicar, mas o fenômeno da massa escura poderia ter influências diretas sobre a vida no nosso planeta 

A história da Terra é marcada por extinções em grande escala, algumas das quais lutamos para explicar, mas o fenômeno da massa escura poderia ter influências diretas sobre a vida no nosso planeta 

O Sol e os planetas, uma vez a cada 200 milhões de anos fazem uma revolução completa em torno do centro da galáxia. Durante os anos do Sistema Solar, os astros passam através dos braços espirais da Via Láctea. Entre um braço galáctico e outra há uma área chamada 'massa escura'. Durante a passagem do nosso sistema planetário, encontramos estrelas e gás interestelar. Neste trecho (foto) sobre o gás interestelar estão os cometas e asteroides

O Sol e os planetas, uma vez a cada 200 milhões de anos fazem uma revolução completa em torno do centro da galáxia. Durante os anos do Sistema Solar, os astros passam através dos braços espirais da Via Láctea. Entre um braço galáctico e outra há uma área chamada "massa escura". Durante a passagem do nosso sistema planetário, encontramos estrelas e gás interestelar. Neste trecho (foto) sobre o gás interestelar estão os cometas e asteroides

A passagem da massa escura no planeta aumenta as chances de encontros com objetos espaciais e supernovas, o que seria capaz de destruir a maioria dos organismos vivos no menor tempo possível

A passagem da massa escura no planeta aumenta as chances de encontros com objetos espaciais e supernovas, o que seria capaz de destruir a maioria dos organismos vivos no menor tempo possível

Estudiosos também pesquisam sobre a possibilidade de destruição do planeta por conta do ambiente denso estelar, que viola a estabilidade da nuvem de cometas no sistema solar e podem possivelmente empurrar um grande cometa que atingirá a Terra. Em princípio, esta pode também conduzir a consequências desagradáveis

Estudiosos também pesquisam sobre a possibilidade de destruição do planeta por conta do ambiente denso estelar, que viola a estabilidade da nuvem de cometas no sistema solar e podem possivelmente empurrar um grande cometa que atingirá a Terra. Em princípio, esta pode também conduzir a consequências desagradáveis

O físico Henrik Svensmark afirmou que, quando a massa escura passa pela Terra, há um aumento acentuado nos raios cósmicos na atmosfera da Terra que provoca a formação de nuvens mais fortes, o que pode causar uma mudança meteorológica drástica e perigosa, pois aumenta a refrigeração do planeta 

O físico Henrik Svensmark afirmou que, quando a massa escura passa pela Terra, há um aumento acentuado nos raios cósmicos na atmosfera da Terra que provoca a formação de nuvens mais fortes, o que pode causar uma mudança meteorológica drástica e perigosa, pois aumenta a refrigeração do planeta 

Cientistas analisaram durante anos a passagem desta massa escura na Terra e notaram uma aparente ligação do impacto com com os cometas periódicos e extinções em massa. O famoso cometa que passou pelo planeta há 66 milhões de anos causou a extinção dos dinossauros, por exemplo

Cientistas analisaram durante anos a passagem desta massa escura na Terra e notaram uma aparente ligação do impacto com com os cometas periódicos e extinções em massa. O famoso cometa que passou pelo planeta há 66 milhões de anos causou a extinção dos dinossauros, por exemplo

Cada matéria escura que se acumula no núcleo da Terra produz uma grande quantidade de calor. Este calor gera destruição no centro da Terra e, em grande escala, poderia causar erupções vulcânicas, nascimento de montanhas, inversão dos campos magnéticos e o aumento do nível do mar 

Cada matéria escura que se acumula no núcleo da Terra produz uma grande quantidade de calor. Este calor gera destruição no centro da Terra e, em grande escala, poderia causar erupções vulcânicas, nascimento de montanhas, inversão dos campos magnéticos e o aumento do nível do mar 

Geólogos estudam o tempo todo o fenômeno da massa escura para entender seus efeitos sobre a Terra. No futuro, as pesquisas pretendem ter resposta sobre a possível distribuição e comportamento da matéria escura na galáxia

Geólogos estudam o tempo todo o fenômeno da massa escura para entender seus efeitos sobre a Terra. No futuro, as pesquisas pretendem ter resposta sobre a possível distribuição e comportamento da matéria escura na galáxia





Total de visualizações de página

Página FaceBook