BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


sexta-feira, 27 de março de 2015

"NEVE NEGRA", Um Fenômeno que vem acontecendo na GROENLÂNDIA






Chemtrails e HAARP? Gelo cinza na Groenlândia. 

Em 2015 foi publicado pela primeira vez essa matéria sobre esse estranho fenômeno que tinha ocorrido na Groenlândia

   


Na teoria, as geleiras são brancas. Mas não é isso que está acontecendo com os grandes blocos congelados da Groenlândia. Conhecido como “Neve Negra”, o fenômeno se encontra em seu pior momento e a sua consequência pode ser devastadora.

Assim como uma camiseta preta assimila mais calor, o mesmo acontece com a geleira. O problema, no entanto, é que isso significa um processo de derretimento maior. Em busca de uma resposta para tal fato, Jason Box, professor da Geological Survey of Denmark and Greenland foi até lá estudar a região.



“Eu fiquei simplesmente assustado”, afirma o geólogo ao site Slate. No ano de 2014, as geleiras se encontram mais negras do que nunca. “O lençol escuro ficou 5,6% mais negro, produzindo uma absorção de energia equivalente ao dobro do consumo elétrico norte-americano anual”, contou Box.

2014 também foi o ano de maior número de incêndios florestais dos últimos no Ártico. O geólogo calculou que isso vem acontecendo duas vezes mais do que na última década. Somente no Canadá, mais de 3.3 milhões de hectares pegaram fogo este ano. Para Box, isso “está indo para as geleiras da Groenlândia”.

NUNCA ESTIVERAM TÃO NEGRAS NA HISTÓRIA (FOTO: REPRODUÇÃO/JASONBOX)
Segundo o cientista da Nasa Douglas Morton, isso é um grande problema: “Ter tantos casos de incêndios assim é um grande evento na vida do nosso planeta”. O desafio de Jason Box, no entanto, é descobrir o que é poeira das queimadas e o que é oriundo de fábricas.

Com um uma mensagem postada em sua rede social com a seguinte frase: “Se apenas uma pequena fração do carbono do Oceano Ártico for liberado para a atmosfera, nós estaremos ainda mais numa situação muito complicada.

Depois disso, inspirada em seu post, uma petição online conseguiu mais de dois milhões de assinaturas para a organização ativista Avaaz. A intenção da comoção é conseguir enviar seus “líderes” para o encontro sobre aquecimento global que acontecerá no dia 21 de setembro, em Nova York.



Uma equipe de geólogos dos Estados Unidos revelou, no último mês, uma aceleração de 20% do fenômeno conhecido como “neve escura”, que diminui a capacidade do gelo de refletir a luz que recebe.

O fenômeno acontece entre a região do Himalaia até o Ártico pelo aumento da quantidade de pó que provém do solo, da fuligem gerada por incêndios e das partículas ultrafinas do carbono negro e do combustível de motores industriais. 

Assim, as camadas de gelo e de neve em todo o mundoabsorvem mais calor solar e aceleram o processo de degelo. 

A camada de gelo do Ártico perdeu cerca de 13 milhões de toneladas entre 1992 e 2001, mas poderá perder um extra de 27 milhões de toneladas por ano, o que imediatamente se refletiria no aumento do nível do mar em vários centímetros para o ano de 2100.



Segundo medições de satélites, na última década, a superfície do manto gelado da Groenlândia escureceu significativamente durante a temporada de degelo. Tanto que em algumas áreas, o período dura cerca de seis a onze dias mais do que há 40 anos.

Com isso, cada vez mais áreas estão descobertas, o que aumenta a erosão e transforma o processo em um ciclo perigosamente vicioso.









Total de visualizações de página

Página FaceBook