BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


domingo, 5 de abril de 2015

Marte: descobertas entradas para um mundo subterrâneo.






Os pontos negros, pretos foram descobertos em Marte, que são tão escuros que dentro nada pode ser visto. 
Muito possivelmente, as manchas são entradas para cavernas (ou Bases) subterrâneas profundas capazes de proteger a vida marciana, se ela existir.
Em canalizações do Comando Ashtar foram mencionadas a existência de Bases subterrâneas da Federação Galáctica em Marte.
Viva a sua vida como se você fosse morrer amanhã, e aprenda como se você fosse viver para sempre – Mahatma Gandhi
Postado por TrutherMARTE: Entradas para um mundo ou Bases no subterrâneo do planeta vermelho?
Alguns anos atrás, um buraco enorme do tamanho de um campo de futebol, escuro e muito profundo foi descoberto pela sonda MRO – Mars Reconnaissance Orbiter (NASA) em MARTE.
Seria uma abertura para uma caverna subterrânea, ou para outros reinos muito mais profundos de Marte? Mais tarde, mais buracos semelhantes foram descobertos.

Os cientistas acreditam que os buracos podem ser entradas para cavernas subterrâneas de Marte. São esses buracos gigantes que levariam a um mundo secreto subterrâneo em Marte? 
O maior buraco mede cerca de 330 pés (100 metros, comprimento de um campo de futebol) de diâmetro e está localizada a nordeste do Arsia Mons, um dos maiores vulcões em Marte.
A imagem acima foi capturada há três semanas pelo instrumento HiRISE a bordo da Mars Reconnaissance Orbiter atualmente orbitando Marte.Créditos das fotos: NASA, JPL, Universidade do Arizona.
FOTO: Os pontos negros/pretos foram descobertos em Marte, que são tão escuros que dentro nada pode ser visto. Muito possivelmente, as manchas são entradas para cavernas subterrâneas profundas capazes de proteger a vida marciana, se ela existir. O buraco incomum na foto acima foi encontrado nas encostas do vulcão marciano gigante Arsia Mons. 
{n.t. O segundo anel de defesa esta sediado em MARTE, em BASES SUBTERRÂNEAS e de superfície. Seres Sencientes (Espirituais) não seres humanos na forma material. Naves Mães do tamanho de planetoides. Aumentar a pesquisa e observação que estão sendo feitas pelo primeiro anel. Também trabalham em tarefas que envolvem armas e tecnologia para defesa. Trabalho na preparação para a chegada em massa de seres humanos em MARTE oriundos da Terra, QUANDO a viagem humana à plena consciência FOR concluída no seu planeta …
De acordo com especialistas que estudam as imagens da MRO-Mars Reconnaissance Orbiter, o local não é uma cratera de impacto, que carece de cratera circular, elevada ou material ejetado. A escuridão do buraco é impenetrável devido à sua suficiente profundidade, de modo que quaisquer pormenores sobre o terreno no seu interior, não podem ser vistos. 
buraco mede cerca de 330 pés (100 metros) de diâmetro e está localizada a nordeste do Arsia Mons, um dos maiores vulcões em Marte. 
Imagem Themis mostra VÁRIOS buracos, com diferentes diâmetros (e muito simétricos) que podem ser entradas para cavernas subterrâneas de Marte. Créditos das fotos: GE Cushing, TN Tito, JJ Wynne, USGS, Northern Arizona University, e PR Christensen, da Arizona State University.
Outros buracos similares (como os vistos na foto anterior), escuros, impenetráveis à luz solar e tendo em média o diâmetro do tamanho de um campo de futebol também foram descobertos em Marte pela Mars Odyssey da Nasa e o seu Sistema de Imagem Térmica de Emissão (THEMIS).
Eles estão localizados nos flancos do Vulcão ARSIA MONS, ao sul do maciço cume Tharsis, um escudo de vulcões, uma região com poços em colapso generalizado e buracos o que pode indicar uma abundância de espaços vazios do subsolo em MARTE.
Acima: Em primeiro plano o Vulcão ARSIA MONS na superfície de Marte onde alguns dos buracos foram encontrados à nordeste dessa imensa montanha. O Vulcão ARSIA MONS é o mais meridional dos vulcões da região de Tharsis em MARTE. Ele tem cerca de 270 quilômetros de diâmetro, quase 12 quilômetros de altura, e a cúpula da caldeira é de 72 quilômetros de largura.
Para comparação, o maior vulcão da Terra é o havaiano Mauna Loa. De sua base no fundo do mar, o Mauna Loa mede apenas 6,3 quilômetros de altura e 75 quilômetros de diâmetro. A imagem anterior é um mosaico de várias imagens diurnas IR.  Image Credit: NASA/JPL/Arizona State University.
Há várias perguntas sem respostas. O Que são esses buracos gigantes? Como eles foram criados? E se assim o for, por quem? E qual o seu propósito?
Eles são entradas para um mundo subterrâneo secreto onde a vida em Marte poderia existir em cidades (n.t. ou bases extraterrestres, da Federação, conforme mencionado em várias canalizações sobre a Federação) subterrâneas?




Total de visualizações de página

Página FaceBook