BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


domingo, 31 de maio de 2015

O EXPERIMENTO FILADÉLFIA






O Experimento Filadélfia De acordo com alguns relatos, os resultados reais da experiência envolvem ocorrências muito mais estranho do que qualquer um poderia imaginar.


Os testes que estão sendo realizados foram uma tentativa de tornar um navio invisível ao radar inimigo. Este era para ser realizado envolvendo uma 'garrafa' eletromagnético em torno do navio em questão, absorvendo ou desviar as ondas de radar. 


A garrafa foi criado por dois (ou quatro - contas diferentes) enormes bobinas de Tesla, que atuaram como geradores eletromagnéticos; um foi montado para a frente e um deles foi montado na popa. 





Outros relatos afirmam que foram usados ​​uma série de geradores magnéticos, chamados degaussers,. Quando ativado, o campo eletromagnético se estendem para fora do navio e desviar as ondas de radar em torno do navio, fazendo com que o Eldridge invisível para os receptores de radar.




Em 1984, estreou nos cinemas uma ficção científica chamada Projeto Filadélfia (The Philadelphia Experiment) que tinha um roteiro bastante interessante. Era assim: em 1943, a marinha americana realiza um experimento para tornar um porta-aviões invisível aos radares inimigos. 



Dá tudo errado e o navio é transportado para 1983, gerando os paradoxos temporais de sempre (se o navio não voltar ao passado, o futuro será alterado, etc.). Como várias outras produções do gênero, Projeto Filadélfia foi completamente esquecido. 



Ou quase. A dupla de autores americanos Preston B. Nichols e Peter Moun escreveu um bizarro livro chamado The Montauk Project: Experiments in Time (Sky Books, 1992), no qual afirma que o tal experimento realmente aconteceu.
Em 12 de agosto de 1943, a Marinha teria realizado uma experiência envolvendo campos eletromagnéticos e o por­ta-aviões USS Eldridge no porto de Filadélfia, EUA. O navio sumiu - não ficou só invisível, mas desapareceu – e, quando ressurgiu coisas muito estranhas tinham acontecido. 



Alguns tripulantes estavam fundidos ao metal da embarcação. Outros estavam transparentes e acabaram se dissolvendo no ar. Outros permaneceram estáticos e “congelados” para sempre. Outros ficaram loucos. Poucos marinheiros saíram ilesos da experiência.

Mas que teria acontecido ao USS Eldridge?


Segundo vários websites dedicados ao tema, o porta­-aviões, assim como seu similar cinematográfico foi transportado 40 anos no futuro, materializando-se em 1983 na base da aeronáutica no pico Montauk, Estado de Nova York, sede do secretíssimo PROJETO MONTAUK.

Como ninguém conseguia explicar por que isso acontecera, o governo criou, em 1943, um comitê de pesquisa chamado Projeto Fênix comandado pelo físico húngaro-americano Janus Eric Von Neumann. 



O físico chegou à conclusão de que as ondas eletromagnéticas alteravam a percepção humana da realidade e que podiam ser usadas para exercer CONTROLE MENTAL à distância. Mas isso, embora fosse útil para os planos dos seus empregadores, não resolvia o problema, é claro. As pesquisas continuaram e, para mantê-las afastadas do público, em 1971 o Projeto Fênix foi transferido para uma base da Aeronáutica em Montauk, Nova York, e rebatizado como Projeto Montauk.

Em 1983, as investigações do Montauk acabaram por abrir um túnel temporal para o experimento de 1943, trazendo o USS Eldridge para o futuro. Isso se chama looping temporal e é um tema clássico da ficção científica. Os conspirólogos, no entanto, afirmam que a história do USS Eldridge é verdadeira. A Marinha americana, por sua vez, nega que tenha realizado o Experimento Filadélfia e diz que o Projeto Montauk não passa de lenda urbana.

Mas a história fica muito mais intrigante. Preston B. Nichols, um dos autores do livro citado lá no começo, sustenta que a experiência realizada em 1943 teria sido inspirada nos ensinamentos do satanista ALEISTER CROWLEY. E não é só. Um enigmático personagem chamado AL BIELEK, que afirma ter estado à bordo do USS Eldridge, diz que o experimento foi supervisionado por um consórcio de seres alienígenas que incluíam os populares GREYS e os misteriosos REPTILIANOS.




O filme completo:


Total de visualizações de página

Página FaceBook