BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


domingo, 21 de junho de 2015

O que Sabemos não é tudo que Existe - Parte 143- SUGESTÕES PARA UM DESCRENTE






"Homens vieram do céu, de grande sabedoria, e eles examinaram os quatro cantos do céu e a superfície redonda da Terra" (Do Popol Vuh - livro sagrado dos Maias)




Como bem diz o velho ditado popular, o pior cego é justamente aquele que não deseja ver. De que modo os antigos Maias poderiam saber que o nosso planeta é redondo, a menos que alguém que veio "de fora" e que, pelo fato de evidentemente poder voar "pelos quatro cantos do céu", tivesse dito isso a eles? A História, porém, sempre cíclica, continua até os dias atuais. O que você vai ver agora faz parte da seqüencia de um filme, tomado em uma floresta brasileira - possivelmente a Floresta Amazônica.....


.... Repentinamente, em meio à belíssima paisagem, alguma coisa em espantosa velocidade cruza a objetiva da câmera.....


..... Não há a menor dúvida: é mesmo um UFO! Repare no reflexo do objeto nas águas do rio, enquanto em baixíssima altitude descrevia uma fechada manobra circular......


..... Aqui a sua trajetória continua, tornando-o cada vez mais nítido.....


..... Agora se afasta em espantosa velocidade.....


..... Vai se deslocando em percurso paralelo à margem do rio e....


..... Desaparece em meio à vastidão da floresta!


Nesse frame ampliado, bem como através do seu negativo, podemos examinar com maiores detalhes o espantoso objeto voador não-identificado. Mais uma prova de que os seus misteriosos tripulantes estão mesmo por aqui, cruzando os nossos céus, mares e os rios - e até mesmo CÁ POR BAIXO, sem a menor das cerimônias e bem nas nossas barbas!


Pois é, a presença muito próxima "deles" é uma realidade da qual não podemos fugir ou tampouco negar. Observe bem esse "bebê", aparentemente como qualquer outro. Essas impressionantes imagens também fazem parte de um filme, tomado sabe-se lá onde, porém inegavelmente autêntico......


Vamos olhá-lo mais perto......


....... E ainda em maior aproximação? Observe bem a boca, OS OLHOS, o tipo do nariz, o formato do crânio e, principalmente, as inusitadas protuberâncias no seu topo.....


E tal como logo poderiam alegar alguns céticos, não se trata de um boneco. A criatura estava bem VIVA e inclusive o filme a mostra sendo alimentada por meios tradicionais, conforme se pode ver na imagem acima! Agora responda: - Você por acaso já viu algo semelhante?


Nós, porém, já vimos! Há algumas décadas essa outra criatura - bastante semelhante - ao que consta foi resgatada a partir de um acidente com um UFO. Pode ter sido um bebê alienígena ou, quem sabe, um horrendo fruto das sinistras experiências genéticas que alguns tripulantes de certos UFOs realizam - usando, é claro, as mulheres terrestres como involuntários suportes. Compare o rosto dessa criatura com as fotos anteriores. Praticamente idêntico, não?


Temos, também, uma OUTRA espantosa semelhança com o tal "bebê". Criaturas espantosamente idênticas foram as protagonistas do famoso "Caso Varginha", ocorrido em janeiro de 1996 na cidade do mesmo nome - situada no estado de Minas Gerais, Brasil. Após ter sido aquela cidade sobrevoada por alguns UFOs, alguns moradores se depararam com nada menos que três bizarras criaturas (descritas por inúmeras testemunhas de acordo com a ilustração acima), espalhadas por lugares isolados. Aparentemente assustadas, sabe-se que duas delas teriam morrido ao serem capturadas, ao passo que a SOBREVIVENTE teria sido confiscada e levada por agentes de órgãos de inteligência de um país estrangeiro (dá para adivinhar qual?) os quais, especificamente para isso, vieram ao nosso país.


"Olhamos para o céu e vimos um objeto cinza, com formato idêntico ao de um submarino, do tamanho de um microônibus, sobrevoando o pasto lentamente, a cerca de cinco metros do solo. Ele deixava atrás de si uma esteira esbranquiçada, tal como fumaça, não tinha luzes e inexplicavelmente não fazia barulho!" - relataram algumas testemunhas da aparição de um UFO, um dia antes do encontro com os seres espalhados pelo solo da cidade. Essa outra ilustração nos mostra com maiores detalhes uma dessas criaturas (obviamente alienígenas) do "Caso Varginha".


- "Estava agachada, com os braços compridos no meio das pernas. Vi primeiro seus olhos enormes e vermelhos. Não era bicho nem gente, era simplesmente uma coisa horrível; tinha três protuberâncias na cabeça, a pele marrom-avermelhada viscosa e parecia atordoada, sem fazer qualquer barulho". Aqui vemos as características anatômicas da criatura capturada no Brasil. Não pertence ao estilo humanóide clássico dos greys, ou cinzas - os mais freqüentes por aqui. Trata-se, porém, de uma tipologia rara de entidade alienígena - apenas uma das muitas espécies de "visitantes", tripulantes dos UFOs, que circulam por aqui sempre nos espreitando. Sabe-se que uma daquelas criaturas teria sido inclusive examinada por uma equipe médica no Hospital Regional de Varginha, sob severa vigilância militar, sendo posteriormente, já no silêncio da madrugada do dia 22 de janeiro, levada sob escolta para o Hospital Humanitas, o mais bem equipado da região. Por volta das 18:00 horas desse outro dia, a criatura, já morta e exalando intenso mau cheiro (segundo as testemunhas diretamente envolvidas no caso) teria sido transportada para a ESA (Unidade Militar Brasileira) através de um comboio militar fortemente armado! Esse mesmo comboio teria partido da Escola Militar de Três Corações, já no dia 23 às 04:00 horas, em direção a Campinas, Estado de São Paulo, tomando a partir daí destino completamente ignorado. Chegou mesmo a haver especulações nos sentido de que também o cadáver fora confiscado por representantes militares norte-americanos que, tão logo notificados a respeito, teriam se deslocado às pressas para o Brasil, levando-o sigilosamente para os EUA!


E nessa outra impressionante imagem, as mãos enluvadas de um cirurgião devidamente paramentado seguram aquilo que parece se tratar de um feto de uma outra dessas estranhas criaturas - dotadas de olhos enormes, vermelhos e opacos! Assim como tantas outras fotos clandestinas, proibidas e conseqüentemente "malditas", lamentavelmente não temos maiores informações quanto à sua procedência. Contudo, não parece se tratar de uma pilhéria ou fraude. A imagem fala por si.


SIM, o nosso planeta desde muito tempo faz parte não só dos "roteiros", como igualmente das obscuras atividades desses diversos viajantes vindos de algures. E por sua vez, assim como já cansamos de ver neste nosso Site, algumas insólitas múmias encontradas em diversas partes do globo não nos deixam mentir. Na imagem acima vemos mais uma delas, de procedência oficialmente "egípcia". Obviamente, tais coisas - por demais evidentes e além de tudo muito embaraçosas - jamais são expostas ao grande público nos museus. Porém, não é somente isso que certos setores escondem, uma vez que o assunto é muito vasto e, digamos, intensamente "espinhoso". Dessa forma, acredite, há muitas, MUITAS outras coisas mais! Continue, portanto, conosco na seqüência desta página para ver coisas ainda mais sutis...... (FOTO: © Innermost Imagery)


"Esses exploradores extraterrestres estão separados de nós por uma barreira mais intransponível do que o Himalaia: o nosso atraso técnico e a nossa mais alta ignorância"
(Gabriel Voisin - pioneiro da aviação e construtor de aeronaves)


Nada pode ficar oculto por durante muito tempo. Assim como certas imagens " malditas" conseguem escapar do rigoroso controle oficial e da pesada cortina de silêncio que envolve certos assuntos considerados "proibidos" (e, por conseguinte, interditos), terá sempre alguém que justificadamente revoltado com essa vergonhosa situação as divulgará. Dessa forma, sabemos que existem certas imagens ultrassonográficas as quais, de uma vez por todas, comprovam as inseminações forçadas, praticadas por seres supostamente alienígenas nas mulheres terrestres. Nessa imagem, e apenas para começarmos, temos uma delas. Conseguiu visualizar o bizarro feto?


Vamos então ajudá-lo. Basta rotacionar a imagem e pronto: eis aqui um nítido alien sendo gerado no ventre de uma mulher terrestre!


Outra clamorosa evidência. Observe essa imagem com bastante atenção......


..... E, rotacionando, eis o que temos: nada menos que DOIS fetos!


Aqui, uma outra criatura alienígena é gerada à força em um ventre terrestre. Mais uma "invasão de útero" - diríamos mesmo uma cruel apropriação indébita! (Omitimos o nome da paciente norte-americana na imagem por uma questão de ética e manutenção da sua privacidade).


E repare bem nos detalhes desse outro, numa imagem ultrassonográfica também rotacionada. Note-se o longo comprimento dos braços, uma característica marcante dos humanóides greys.


E veja nesta outra imagem uma tipologia bem diferente de feto alienígena. Repare no negativo, à direita, a estranha protuberância situada no topo do crânio. As mulheres, vítimas inocentes dessas barbaridades, pelo fato de terem tido suas mentes verdadeiramente controladas e apagadas, não têm recordações da violência que sofreram - a não ser que sejam submetidas à regressão hipnótica efetuada por especialistas. Pode ser que essas imagens tenham sido efetuadas em unidades de pesquisas ufológicas ou, então, por órgãos de segurança de potências mundiais que, quando notificadas sobre o assunto logo interferem e tomam conta da situação, sempre abafando tudo. Não é sabido se, nesses casos, poderia ocorrer uma continuidade da gestação, ou então se, AQUI MESMO, os nossos médicos ou cientistas praticariam os abortos cirúrgicos dessas aberrações para fins de estudos. O certo é que o silêncio sempre toma conta de tudo.


E nesta outra imagem temos aquilo que é classificado como "Exemplo Alienígena A2039". Também não se sabe exatamente de onde teriam vindo tais impressionantes imagens, porém uma coisa é absolutamente certa: AUTORIDADES MÉDICAS E CIENTÍFICAS, ALÉM DAS MILITARES, É CLARO, SABEM QUE O FENÔMENO EXISTE - E ALÉM DE TUDO O ACOMPANHAM E O ESTUDAM SIGILOSAMENTE! Somam-se aos milhares os casos reportados de seqüestros das nossas mulheres, em todas as partes do mundo, sempre levadas para o interior dos UFOs e humilhantemente sendo submetidas a vexatórios procedimentos de inseminações artificiais.


Para essas pobres mulheres - as quais verdadeiramente sofrendo lavagens cerebrais que literalmente apagam a memória dessas atividades - logo surge a gravidez que é interrompida pelos tais aliens sempre ao quarto mês de gestação, ocasião em que, ocorrendo um novo seqüestro, os fetos são cirurgicamente retirados para fins de desenvolvimento nas suas incubadoras artificiais - gerando por conseqüência horrendas criaturas híbridas. A ilustração acima de certa forma demonstra um híbrido em fase de desenvolvimento extra-uterino. E, segundo testemunhas, existem certas naves e laboratórios alienígenas especiais (estes situados aqui mesmo no nosso subsolo!) dotados de centenas dessas unidades procriadoras artificiais!


Circo dos horrores! Até quando isso vai continuar? O quê exatamente pretendem essas criaturas (geralmente os famigerados greys), violando de maneira tão absurda, brutal e além de tudo traumática, a privacidade da nossa espécie - como se fôssemos suas propriedades, ou ainda meros animais de laboratórios? Evidentemente que tudo isso tem um propósito, diríamos sinistro, por trás dessas violências estúpidas e inomináveis. E não adianta nada aqueles que enxergam essas abjetas criaturas através de lentes "cor de rosa", assumir a defesa dessas "experiências", pois essas coisas nada têm, ou trazem, de benéfico para nós. Estão, SIM, lentamente criando um verdadeiro exército de criaturas híbridas e além de tudo adaptadas - ou adaptáveis - ao NOSSO mundo. Uma severa ameaça em potencial, um sinistro prelúdio para uma invasão!


E, ao que tudo indica, desde o nosso mais remoto passado essas nefastas experiências genéticas, perpetradas mediante obscuros propósitos, vêm se produzindo sem a menor ética - impiedosamente e à total revelia da humanidade terrestre. Essa curiosa múmia, por exemplo, originária dos tempos anteriores à colonização do país, está guardada no famoso Mausoléu de Guanajuato, México. Não pertence a qualquer tipo humano conhecido.... Assim como muitas outras inusitadas múmias que lá se misturam às portadoras dos tradicionais padrões terrestres.






Total de visualizações de página

Página FaceBook