BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


sexta-feira, 10 de julho de 2015

Klaus Dona: A História Secreta da Raça Humana - Parte 2


Março de 2010 
Bill Ryan (BR): Sou Bill Ryan do Projeto Camelot e Avalon. 
Hoje é 20 de fevereiro de 2010 e é meu grande privilégio me reunir novamente com Klaus Dona. Nesta apresentação de vídeo teremos uma entrevista com uma diferença, porque, na verdade, eu vou falar muito pouco, talvez nada no todo!


Klaus estará fazendo um comentário em áudio sobre uma das apresentações dele em slides muito especial, incomum e fascinante sobre os artefatos e os vários fenômenos que ele vem pesquisando, descobrindo, investigando pessoalmente em todo o mundo relacionados com o que eu acho que você poderia legitimamente chamar A História Secreta da Raça Humana. Você diria que isso é um bom resumo, Klaus?
E, na taça grande, você pode ver uma constelação perfeitamente gravada, mostrando também Orion e outras estrelas. E dentro da taça grande é muito, muito magnético e fora da taça não há quase nada. Geólogos profissionais estão dizendo que isso é impossível, porque se uma pedra tem partículas de metal dentro da pedra, ela deve ter o mesmo magnetismo em ambos os lados.
Aqui está a taça grande de perto e você pode ver uma representação perfeita de constelações e elas estão brilhando muito intensamente, se você colocar luz negra sobre ele.


Aqui você tem algumas taças pequenas em que você pode ver com mais clareza o estilo dos números impressos em um material estranho que também brilha sob luz negra.


Outra peça, [esquerda], uma placa de jade com a mesma constelação impressa como a da taça grande e duas pessoas olhando para o céu. E na foto [lado direito] você pode ver que também os olhos dessas duas estátuas e a constelação brilham fortemente sob luz negra.



Esta, uma vez, foi uma pedra marrom de forma compacta, a cor muda no centro da pedra para preto, que normalmente não acontece na natureza. Você pode ver... Se você olhar muito de perto, você pode ver um rosto com os olhos fechados, com boca, nariz, uma longa barba e cabelos longos. No lado esquerdo, o rosto e também a pedra estão quebrados.

Este é o reverso dessa pedra. Você pode ver uma espiral e um triângulo. O centro do triângulo é muito magnético, também brilha sob luz negra.


Aqui temos a parte traseira de uma cobra. A cobra nunca existiu na América do Sul, mas esta foi encontrado no mesmo local.



Deste lado da cabeça da cobra, [esquerda], você tem 33 linhas no comprimento, por isso 33 é também um número muito místico desde muito, muito tempo. E do lado esquerdo e do lado direito você tem sete pontos marcados e talvez estes sejam os chakras. Também a cabeça desta cobra brilha muito se você colocar luz negra sobre ela [direita].

Um outro objeto. Aqui você tem um escultura perfeita de uma cabeça de golfinho e também este artefato brilha sob a luz negra.

A esquerda, você tem uma espécie de capacete de pedra. Você pode colocar este capacete de granito em seus ombros, ou você pode colocar sua cabeça dentro dele. E os pontos marcados que você vê neste capacete, alguns especialistas disseram-me que esses pontos são exatamente os pontos de acupuntura na cabeça humana. Na foto a direita você pode ver como isso poderia ter sido utilizado.


Alguns meses atrás, eles encontraram no mesmo local um capacete de pedra inacabada [esquerda]. Então, isso significa que também alguns desses artefatos foram feitos no Equador, mas há muitos, muitos anos atrás. E também as marcas nesse objeto brilham intensamente sob luz negra [direita].





Esta é uma cobra de jade fantástica. E também os pontos de incrustação brilham sob a luz negra.

A esquerda, temos um artefato que esta perfeitamente esculpido na parte de trás, o que significa que poderia ter sido usado para colocá-lo na frente da testa. Você pode ver os dois olhos embutidos. E no verso [direita] você tem o chamado terceiro olho. Talvez este artefato foi usado em algumas cerimônias ou para meditação.

A esquerda, temos uma placa de jade com a incrustação de uma espiral, também brilha sob a luz negra. Na outra foto [direita]. Você pode ver sete anéis embutidos na placa de jade, que também brilham sob luz negra. Talvez isso poderia ser também uma representação dos sete chakras.
Aqui está uma das cerâmicas encontradas lá. É uma grande obra-prima e a questão é: como você pode fazer este artefato de um pedaço de cerâmica?


Aqui temos uma outra pedra piramidal encontrada também no Equador. No topo você pode ver a pirâmide com o olho e em baixo, você tem espirais e símbolos diversos. Alguns deles são muito semelhantes às placas de Churchward Naacal, que foram encontradas em 1880 na Índia e a tradução fala sobre o continente submerso de Mu.

Este é um mármore com incrustações de uma outra espiral, também brilha intesamente sob luz negra.

Uma outra pedra [esquerda], em forma piramidal com uma incrustação de um olho. A direita, você pode ver novamente a pirâmide com o olho e, na base, você vê a constelação de Órion, as três estrelas de Órion, que pode nos lembra as três pirâmides do Egito.

A esquerda, você tem uma estátua de cerâmica. Você pode ver que o jeito de sentar não é do estilo real pré-colombiano. Parece com o jeito de sentar em Lotus da Ásia. No topo desta estátua há um chapéu com alguns pontos e parece muito similar a muitas das representações  de Buda. Ele tem uma cobra na boca. A cobra é um objeto muito, muito místico e muito frequentemente representado, isso significa que esta estátua não é de qualquer cultura pré-colombiana existente ou conhecida.

Mesmo a outra [a acima, a direita] você pode ver como esta estátua está sentada. Parece mais o estilo da Ásia. Na cabeça, novamente, um chapéu muito estranho. E no centro você pode ver a cabeça de um sapo. O sapo também é um animal muito místico na antiga cultura da América do Sul pré-colombiana, assim como também na África e na Ásia.


A esquerda, outra estátua de cerâmica segurando uma espécie de prato na mão esquerda e também não parece ser realmente a cultura pré-colombiana. A direita, temos um outro artefato muito estranho com uma pessoa segurando um  bastão com uma serpente. Novamente temos aqui a cobra e a pergunta é onde e quem fez esta estátua?

Bolívia



Esta é uma foto do Altiplano da Bolívia. Os arqueólogos e investigadores descobriram que pelo menos há 4.000 anos houve um impacto muito grande na Argentina e a onda de choque desse grande impacto destruiu muitos edifícios de pedra no Altiplano da Bolívia.


Você tem aqui uma foto de Puma Punku, um lugar muito estranho perto de Tiahuanaco, na Bolívia, e você vê toneladas de placas de pedra, perfeitamente trabalhadas, que estão destruídas. Talvez isso tenha sido a reação ao grande impacto na Argentina.


A esquerda, está o meu amigo Giancarlo Bonfanti, pesquisador italiano, no centro da chamada Porta do Sol, em Tiahuanaco, na Bolívia. Alguns pesquisadores afirmam que os bonecos em cimada Porta do Sol, do lado oposto [foto á direita], estão mostrando o calendário de Vênus.

Aqui você tem algumas das grandes placas de pedra de Puma Punku e você pode ver quão perfeito essas pedras foram talhadas. A questão é, você poderia fazer um trabalho tão perfeito com ferramentas simples?

Perto desta área foram encontrados esqueletos com um tamanho de 2,6 metros. A imagem do topo [a esquerda] mostra o crânio de um desses esqueletos e parece que está deformado. Mas definitivamente, esses crânios não estão deformados, eles têm,  naturalmente, a forma de ovo.

Na foto do topo à direita, vê-se o quão forte a mandíbula desses crânios eram. Esta é uma vista frontal, embaixo a direita.


E a foto mais interessante é esta, porque você pode ver que o topo do crânio não tem as três placas que temos como Homo sapiens. Isso mostra-nos que estes esqueletos não são Homo sapiens. O que poderemos fazer é uma verificação de ADN e uma datação destes esqueletos, porque estamos curiosos para saber que tipo de seres humanos existiram há muito tempo e há quanto tempo.

Nas próximas fotos vou te mostrar alguns artefatos encontrados perto dos gigantes verdadeiros. Quando eu peguei pela primeira vez esta máscara [esquerda], em minhas mãos, eu tentei olhar através dos dois olhos. Naquela época eu não sabia que ela pertencia ao esqueletos de 2,6 metros, eu apenas me perguntava por que eles faziam máscaras onde você só pode olhar por um olho? Mas depois de saber que essas pessoas tinham mais de 2,5 metros, eu pude entender que o crânio delas era naturalmente maior que a nossa cabeça e é por isso que essas máscaras eram muito grandes para nós.


Essa é uma outra máscara da Bolívia [direita]. Outra ao centro, esculpida de forma muito maravilhosa, espirais e muitos, muitos símbolos, que também encontramos em muitas outras culturas.
Essa é uma estatueta de pedra muito pesada e, novamente, aqui você pode ver no topo da cabeça, uma serpente indo para baixo nas costas da imagem.
Este é o lado de trás. Você pode ver novamente a serpente, o que significa que a cobra deve ter sido animal muito, muito importante no passado de nossa história.

Aqui você pode ver uma flauta de pedra. O estranho é que a vibração do som da flauta de pedra é exatamente o mesmo que nossas ondas cerebrais. Então isso significa que talvez essas flautas foram utilizados para a meditação ou para fins de cura. E cada dois orifícios estão conectados perfeitamente um com o outro. Isso significa que vocêpode fazer furos perfeitos nesta pedra muito, muito dura, mas como você conecta, com ferramentas simples, os dois buracos no fundo? Isso seria, mesmo em nossos dias, um trabalho muito difícil de se fazer.



BR: Porque é na forma de "U" e se curva dentro da pedra?

KD: É, e com ferramentas simples, definitivamente, você não seria capaz de fazer tal obra, até mesmo os buracos são muito precisos.




Este a esquerda, está na forma de um barco e você tem três furos de flauta no final. A direita você pode ver perfeitamente como eles foram feitos.



Esta é uma outra flauta, muito pequena. Você pode usá-la somente com um leve sopro e o som é como o som dos golfinhos.



Este é um artefato onde não temos qualquer idéia para que finalidade ele foi usado.


Continua...

Total de visualizações de página

Página FaceBook