BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


segunda-feira, 3 de agosto de 2015

O que Sabemos não é tudo que Existe - Parte 226 ESTRANHOS MEANDROS DO TEMPO E ESPAÇO



"O governo dos Estados Unidos da América esconde, no Deserto de Nevada, fatos que afetam a nossa História, nossa Filosofia, nossa vida e até a nossa religião. 
Talvez sabendo disso, o próprio Vaticano quis contatar-me. Em 1991, o Papa em pessoa solicitou ao repórter George Knapp, de Las Vegas, informações a meu respeito e sobre como encontrar-me". (Robert Lazar, Físico Nuclear)




Sim, as grandes potências mundiais já sabem que os misterioso e furtivos UFOs verdadeiramente "saltam" as grandes distâncias do espaço sideral através de uma fantástica manipulação daquilo que a Física denomina Continuum espaço/tempo - o que significa que promovem verdadeiras viagens através do Hiperespaço, sendo ainda vetores temporais de certa forma, uma possibilidade tão cara aos autores da Ficção Científica porém que representa uma estonteante realidade! Robert Lazar, físico nuclear que trabalhou nas secretas dependências da famosa Área-51 (expulso de lá por querer se envolver em demasia com área de estudos em UFOs acidentados das quais não tinha acesso além das credenciais e prerrogativas que possuía), foi um outro cientista que corajosamente ousou revelar ao mundo tudo aquilo que vira lá dentro. Como, aliás, sempre acontece, tornou-se mais uma vítima da política de descrédito, a ponto de até mesmo de sumirem com os seus registros escolares e de graduação, de modo a fazê-lo passar por mentiroso e farsante. Sua vida a partir daí tornou-se um inferno, obrigando-o até mesmo a se esconder para não ser assassinado. Mesmo assim, suas revelações não podiam ser ignoradas. E dos exemplares de UFOs acidentados que teve oportunidade de examinar para fins de tentar descobrir o segredo de sua fantástica propulsão e, assim simultaneamente propiciar ao Governo os EUA proceder atividades de Engenharia Reversa, temos um exemplo cima. Tudo, assim, nos prova que essas fantásticas máquinas voadoras, vindas sabe-se lá de onde, de fato manipulam o espaço, o tempo, e até mesmo criam gravidade artificial nos seus interiores! Segredos que até hoje - porém, e muito felizmente, ainda sem sucesso - as nossas grandes e beligerantes potências tentam imitar. (IMAGEM: MC Picture Library)


Nem sempre a linha reta será a menor distância entre dois pontos. O espaço é curvo e pode ser artificialmente "dobrado" - o notável cientista Albert Einstein há muito já postulava isso e, hoje, a Física Quântica comprova através de suas avançadas experiências de laboratório. E a fantástica tecnologia dos UFOs bem demonstra essa fantástica realidade! E por mais que tentem esconder, as informações sempre vazam: os físicos e cientistas que examinaram algumas dessas naves acidentadas, concluíram que esses avançados vetores contraem, por assim dizer, o tempo e o espaço na sua dianteira, ao passo que os expandem na traseira, criando dessa forma aquilo que se conhece como "Wormhole", ou "Buraco de Verme", verdadeiros túneis temporais/dimensionais que permitem vencer as enormes distâncias do espaço sideral mais rapidamente que a velocidade da Luz, sem contudo afetar os seus tripulantes e o interior da nave, o qual permanece estático devido à sua geração, ou eliminação, de gravidade interna. Isso permite que essas naves dotadas de uma tecnologia milhares de anos à nossa própria frente verdadeiramente se materializem e desmaterializem no espaço (e também no tempo!) de acordo com as coordenadas devidamente programadas pelos seus tripulantes.


É tudo como se conseguíssemos "dobrar" o espaço curvo, produzindo assim uma espécie de "portal", tal como nos mostra a ilustração acima através de um hipotético atalho entre a Terra e Marte. E não se trata de mera abstração, um mero produto da Ficção Científica: os nossos cientistas já sabem que isso realmente funciona e será a solução definitiva para as viagens espaciais, somente não conseguindo ainda estabilizar o "Wormhole" - algo que, aliás, os tripulantes dos UFOs conseguem plenamente através da espantosa tecnologia presente nas suas naves!


Silenciosos, traiçoeiros, furtivos, enigmáticos, misteriosos - todos esses adjetivos servem muito bem para qualificar essas fantásticas máquinas voadoras! Chile, ano 2006. A foto de uma linda criança ao ser revelada mostrou que alguma coisa muito furtiva, claramente vista na extremidade superior direita da imagem, espreitava a cena no céu!..... (FOTO: Gisel Rodorguez)


..... O que, sem a menor dúvida, tratava-se mesmo de um UFO!


Estado do Rio Grande do Norte, Brasil, 26 de novembro de 2006. Um ex-militar consegue captar o deslocamento de um UFO, em plena luz do dia, entre 08:30 e 10:00 horas, na localidade próxima da sua capital, Natal, numa região conhecida como Alagamar..... (FOTO: Roberto Di Sena)


..... O mais curioso é que essa coisa não estava muito bem visível no céu, pelo menos aos olhos do observador, porém foi captada pelas sensíveis lentes da sua Pentax Optio-60, dotada de uma alta resolução de 6 megapixels! (FOTO: Roberto Di Sena)


Aqui, uma outra foto nos mostra a fantástica realidade: da mesma forma, e também sem qualquer sombra de dúvida, era mesmo um nítido UFO! (FOTO: Roberto Di Sena)


Michigan, EUA, 08 de janeiro de 2004. Nas proximidades de um farol, sem a menor cerimônia e igualmente em plena luz do dia, um coisa estranha se materializava no céu! (FOTO: www.mufon.com)


Outro detalhe mais aproximado da materialização do UFO. Essas coisas, bem como as suas atividades de deslocamentos, de fato atestam todas as denúncias de que são mesmo capazes de manipular o próprio espaço e até o tempo, podendo assim "aparecer" e "desaparecer" à vontade dos seus enigmáticos tripulantes através da manipulação de "dobras" dimensionais. Dessa forma, criam pontos de camuflagem, estranhas barreiras eletromagnéticas que as tornam imunes à detecção pelos radares e, notadamente, ao emprego das nossos mais potentes armamentos!


A grande dúvida é: esses enigmáticos tripulantes estariam já infiltrados no nosso planeta? Inúmeras denúncias, provenientes de diversas fontes altamente credenciadas, dizem-nos que SIM! E que melhor lugar para se esconder e estabelecer as suas bases do que nos nossos Pólos? O módulo Galileo da NASA, por exemplo, fotografou essa estranha abertura no gelo polar da Antártica. Essas estranhas aberturas nos Pólos, aliás, já foram inclusive detectadas pelos modernos satélites. E tanto no Pólo Norte como também no Sul, os UFOs parecem exercer uma febril atividade, já detectada e relatada por diversas expedições que viajam para aquelas inexploradas regiões para fins de pesquisas.


Porém, existem lugares ainda muito melhores para esses seres se estabelecerem com as suas bases secretas. E bem nas "nossas barbas"! Os oceanos cobrem nada menos que 70 por cento do nosso planeta, sendo tão desconhecidos e igualmente inexplorados como o próprio espaço exterior que nos envolve. A região do famoso Triângulo das Bermudas, vista nessa foto de satélite na sua área das Bahamas, é outro notável ponto de incidência dos UFOs, constantemente avistados mergulhando e saindo das profundezas do mar. Os UFOs são plenamente capazes de se movimentar em estupendas velocidades até mesmo sob a água, sendo nesses casos denominados OSNI ("Objetos Submarinos Não Identificados"). Sabe-se que, não só pela sua aerodinâmica como também, e a exemplo daquilo que fazem no ar, uma espécie de escudo os isola da água formando um "bolsão de ar" que permite seu deslocamento em velocidades subaquáticas supersônicas. E constantemente, "reunindo o útil ao desagradável" cercam navios e aviões, por vezes dando total sumiço neles e nos seus tripulantes.


Sem contar o aspecto proposital por trás desses misteriosos desaparecimentos, o qual não pode ser totalmente desprezado, não se sabe a real amplitude dos "Wormholes" causados pelos deslocamentos dos UFOs, tantos nas suas "entradas" quanto nas "saídas", isto é, quando atingem ou abandonam o nosso continuum espaço/tempo. Assim, qualquer coisa que eventualmente esteja nas proximidades, na hora errada e no momento errado, pode, sem qualquer dúvida, ser para sempre literalmente sugada rumo ao desconhecido! Essa, aliás, é uma hipótese que bem poderia explicar os intrigantes desaparecimentos de navios, aviões e seres humanos não só na malfadada região do Triângulo da Morte, nas Bermudas, como também em outros "pontos negros" do nosso planeta onde tais inusitadas ocorrências igualmente se sucedem!


Já se acham devidamente mapeadas certas regiões bem específicas do nosso planeta, denominadas de "Cemitérios do Diabo", justamente pelo fato de lá ocorrerem tais inexplicáveis desaparecimentos, além de apresentarem estranhas aberrações de natureza eletromagnética em determinadas ocasiões ainda não devidamente mensuradas. Alguns cientistas e pesquisadores acreditam que os "Wormholes" também possam existir de forma natural, possivelmente de acordo com certas conjunções planetárias que afetem a Terra. Contudo, o mais estranho é que os UFOs, da mesma forma, sempre se manifestam nessas áreas, tendo nelas, muito possivelmente, os seus pontos de acesso ao nosso mundo - ou quem sabe tendo nelas estabelecidas as suas bases! Note-se que esses "triângulos" imaginários invariavelmente estão sutil e estrategicamente situados nas regiões oceânicas.


O propósito dessas aparições é sempre obscuro, tornando-se, porém, bastante inquietante, diríamos ameaçador, tendo em vista o fato de essas naves furtivas constantemente espreitarem nossas instalações militares e de defesas, assim como nos mostrou essa manchete do conceituado National Inquirer na sua edição de 13 de dezembro de 1997:"UFOs detectados sobre bases nucleares e silos de mísseis"!


O problema é muito antigo e talvez a aparição mais marcante tenha sido aquela que espreitava o navio Almirante Saldanha, da Marinha do Brasil, em 16 de janeiro do distante ano de 1958.


E a ampliação da notícia acima dispensa mesmo maiores comentários.....


..... Assim como as nítidas fotos tomadas de bordo do navio pelo seu fotógrafo oficial. Como que vindo do nada, o UFO surgia por sobre a Ilha da Trindade!


É importante ressaltar que não se tratou de um defeito da película ou mera ilusão de ótica. TODA a tripulação do navio, desde o marinheiro até o seu oficial mais graduado, cerca de 300 pessoas, assistiu absolutamente atônita as evoluções do objeto por sobre a ilha, como também ao largo do navio. Há informações que os instrumentos de bordo da belonave simplesmente enlouqueceram!


Já nesse desenho, efetuado pelo fotógrafo de bordo, Almiro Baraúna, podemos visualizar a intensa movimentação do UFO sobre a região de Trindade.


Essa foto é, por sua vez, bastante explícita, mostrando claramente o formato da nave.


Ao passo que mais explícita ainda é essa imagem de um detalhe devidamente ampliado, revelando até mesmo as escotilhas do UFO! Curiosamente, o UFO parece ter alterado o seu formato, possivelmente devido à sua estupenda aceleração no céu, ou quem sabe às peculiaridades da sua MATERIALIZAÇÃO NO CÉU. As testemunhas revelaram que o objeto, sem qualquer dúvida metálico - e este detalhe torna-se importante - com um movimento ONDULATÓRIO, parecia ser dotado de uma cor cinza escura, circundado por uma espécie de condensação esverdeada - um tipo de vapor fosforescente, ou NUVEM por ele artificialmente gerada!


Nenhuma novidade nessa antiga aparição! Trindade é uma pequena ilha , de origem vulcânica, localizada em meio ao Oceano Atlântico entre o Brasil e o Continente Africano. Durante a Segunda Guerra Mundial, devido à sua importante localização estratégica, foi usada como base de uma força militar conjunta do Brasil e dos EUA de modo a interceptar os U-BOATS alemães. Desde outubro de 1957 foi transformada em uma base permanente da Marinha Brasileira. Assim, o verdadeiro paraíso que é Trindade abriga importantes instalações da Marinha do Brasil, sendo um ponto nevrálgico e altamente estratégico em meio à vastidão do Atlântico Sul. E aqui, mais uma vez, foi revelado (e comprovado) o estranho interesse dos tripulantes dos UFOs pelas nossas instalações militares e de defesa altamente estratégicas. Um agudo interesse que, assim como tantos outros, não deve ser, de maneira alguma, fruto de uma mera casualidade! (FOTO: Marinha do Brasil, Primeiro Distrito Naval)








Total de visualizações de página

Página FaceBook