BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


quinta-feira, 20 de agosto de 2015

O que Sabemos não é tudo que Existe - Parte 255 RELÂMPAGOS SILENTES



"Percebi que, desde a minha infância, tomei uma porção de coisas como verdadeiras, que hoje considero falsas; não tenho motivos para supor que nada seja mais certo do que a minha conclusão; provavelmente tudo o que pensei e que acreditei era falso. 

O que, então, pode ser estimado como verdadeiro? Talvez uma coisa.... Nada no mundo é certo" (Descartes)








As recentes fotos tomadas por satélites cada vez mais nos mostram, em quase todos os quadrantes do nosso globo, as marcas muito antigas e reveladoras da passagem por aqui de seres inteligentes, os quais sequer suspeitamos terem existido nos tempos muito recuados e esquecidos da nossa mais remota e obscura História. (FOTO: © DigitalGlobe/Google)


São, quase sempre, inúmeros e intrigantes sinais que se voltam diretamente para o espaço exterior, muito evidentemente tendo sido produzidos de modo a sinalizar ALGUMA COISA PARA ALGUÉM! (FOTO: © DigitalGlobe/Google)


E sempre nos lugares mais remotos, desolados e afastados, muitos deles ainda inacessíveis ao homem. E muitos são tão bem produzidos que mesmo hoje, como muito certamente no distante passado, podem servir como pistas de pouso para as nossas modernas aeronaves tal como podemos ver na imagem acima. O problema é que, "teoricamente", não existiam máquinas voadoras na antigüidade. E os nossos aviões somente foram inventados e ganharam os céus há pouco mais de 100 anos! A extremamente lógica pergunta, então é: - QUEM, ENTÃO, PODIA VOAR NA NOSSA MAIS REMOTA ANTIGÜIDADE? (FOTO: © Europa Technologies/DigitalGlobe/Google)


A resposta, por sua vez, também, extremamente lógica, seria: - OS MESMOS QUE, AQUI POR BAIXO, SINALIZAVAM LÁ PARA CIMA! Veja, por exemplo, que sutis esses sinais gravados em uma encosta de Laguna Canyon. Além das espirais, as quais estão situadas ao lado esquerdo da imagem, representando um simbolismo eminentemente cósmico e que muito claramente evoca: GALÁXIAS!......


..... Será que observou bem aquele que se situa bem na extremidade direita, o qual fizemos questão de ampliar para você? Somente este nos "diz tudo", sendo, portanto, o mais revelador de todos: aqui temos o claro simbolismo de uma estrela, um sol por assim dizer, rodeado por seu sistema planetário! Certo? certo, tão claro como a água cristalina de uma fonte! Porém, observe logo abaixo. Não parece mesmo a figura de dois antigos astronautas?.....


..... Claro que sim! Examine no correspondente negativo e tire, então, as suas próprias conclusões. Mas, será que já não vimos algo muito, muito semelhante antes?


Sim, CLARO! A sonda da NASA Pioneer-10, lançada há algumas décadas, ainda hoje, e para muito além do nosso Sistema Solar, percorre a vastidão do espaço sideral levando consigo uma placa de ouro contendo uma mensagem simbolicamente elaborada pelas nossas maiores mentes científicas e, assim, apta a ser devidamente interpretada por quaisquer inteligências alienígenas avançadas que proventura a recuperem. O seu simbolismo é óbvio: indica a nossa estrela, o Sol; localiza a posição do nosso Sistema, bem como o planeta de onde ela partiu; reproduz a imagem da sonda; além de demonstrar as imagens dos seres que o habitam e expediram tal mensagem. Agora, por favor, retorne à foto anterior e faça as suas comparações. Que extraordinária semelhança, não? Qualquer mentalidade científica avançada, seja ela de onde for, exprimiria uma mensagem assim através de símbolos, de modo a ser devidamente interpretada. O problema é que QUEM nos mandou esta é evidentemente muito antigo, uma vez que os sinais de Laguna Canyon podem estar ali situados há milhares de anos. Por sua vez, é (ou foi) também tão evoluído, mas tão evoluído mesmo, que não precisou de sondas obsoletas para mandar as suas mensagens.... Entregou mesmo em domicílio!


E veja agora, por exemplo, o notável "destaque" dessa remota paisagem situada à beira do Oceano Pacífico. Volta-se para o mar? Sim, mas também para o céu! E com qual tipo de tecnologia poderia ter sido isso produzido nesse íngreme paredão, e em épocas tão remotas e desconhecidas? (FOTO: © TerraMetrics/Europa Technologies/DigitalGlobe/Google).....


..... Reveja no detalhe ampliado, bem como no seu negativo. Que perfeição de detalhes, não? Muito logicamente, tudo isso somente poderia ter sido elaborado por SERES INTELIGENTES, e além de tudo muito evoluídos, dotados de uma tecnologia que talvez nem mesmo hoje sequer sonhemos em dispor. A outra pergunta que inevitavelmente surge, será precisamente esta: - ENTÃO, QUEM FORAM ELES, E DE ONDE EXATAMENTE VIERAM?


Não sabemos.... Ainda! Porém, as suspeitas mais lógicas se reforçam na medida em que todas as evidências nos falam em visitantes do espaço, os Antigos Astronautas - se é que assim poderíamos chamá-los! A Terra tem um passado histórico muito distante e desconhecido, verdadeiramente nebuloso e obscuro. NADA IMPEDE, portanto, que este planeta tenha sido colonizado, ou então simplesmente visitado, nesses remotos tempos por viajantes espaciais que aqui eventualmente tenham se estabelecido, ou mesmo fundado suas mais afastadas colônias! (FOTO: © Europa Technologies/TerraMetrics/DigitalGlobe/Google)


E não há mesmo como se negar isso. Apesar dos sempre atuantes pontífices do conformismo, como também dos negadores e dos prestidigitadores da verdade - ou seja, aqueles que SABEM porém vergonhosamente silenciam - as evidências tornam-se tão claras e tão inegáveis que sempre resistem a quaisquer dos estapafúrdios argumentos que sempre surgem, decorrentes das suas sempre bizarras tentativas de explicações. (FOTO: © Europa Technologies/TerraMetrics/DigitalGlobe/Google)


E uma dessas mais bizarras tentativas de "explicações" é quase sempre a tão famosa (e a favorita deles) "erosão". Mas até que ponto essa "erosão" seria mesmo erosão no mais estrito senso da palavra? Não somente voltadas para o céu, mas também em profusão aqui por baixo, iremos encontrar por quase todo o planeta as marcas indeléveis da passagem de uma estranha civilização que trabalhava montanhas inteiras com a maior desenvoltura, nelas deixando os seus intrigantes monumentos para a posteridade. O Brasil, país dotado de dimensões continentais, não fica nada a dever aos outros nesse particular. Por todo o nosso território espalham-se esses curiosos monumentos, sempre ignorados ou mesmo desprezados pelos tradicionalistas, sempre avessos a quaisquer coisas que possam confrontar os conhecimentos por eles considerados solidamente estabelecidos e intocáveis. Acima, a chamada "Pedra Cara de Leão", situada no Estado do Espírito Santo, que de "leão" propriamente dito não tem absolutamente NADA! E, convenhamos, que "erosão" mais inteligente é mesmo esta, não? (FOTO: Gerson Araujo)


Pois é! E veja, então, ISTO - situado em Itanhaem, São Paulo, Estado do Sudeste Brasileiro. Aliás, até que a população local muito sabiamente a chama de "Pedra da Esfinge". O que, por sinal, não poderia ser de outra forma, pois aí nitidamente se enxerga as antigas mãos de seres inteligentes necessárias para elaborar tal monumento, o qual, em última análise, é mesmo a representação de um rosto - e muito possivelmente os restos de uma antiga e colossal estátua! O curioso de tudo isso, é que, como sempre acontece - e pelo fato de ser considerado como um mero capricho da Natureza, ou obra da "erosão" - ninguém se interessa em pesquisar o quê exatamente haveria (e certamente deve haver) por baixo desse curioso monumento. (FOTO: Gerson Araujo)


Florianópolis, já no Sul do Brasil, localidade de Itaguaçu. Os restos de outro colossal monumento em forma de rosto são chamados de "Pedra da Bruxa", o que - como usualmente ocorre - de "bruxa" mesmo não tem nada! É mesmo o antigo vestígio, perdido no tempo, de uma enorme estátua. Mas, uma antiga e enorme estátua representando QUEM?


Assim, Prezado Visitante, pode plenamente acreditar quando afirmamos que não existem coincidências em tudo aquilo que nos chega desde o mais remoto passado. Nos quadros acima, você vê partes de um magistral trabalho realizado pelo pesquisador do Realismo Fantástico Oscar Sierra Quintero, intitulado "Recordações do Futuro", no qual o notável autor nos mostra as comparações existentes entre antigos vestígios arqueológicos, rotulados pela Ciência tradicionalista como "meras estátuas de divindades", ou ainda "objetos de culto", mas que, na verdade, representam coisas dotadas de alta relevância e do mais pleno significado para explicar muitos dos antigos mistérios que hoje nos intrigam. No primeiro quadro, escultura em exposição no Museu de Culturas Aborígenes, em Quito, Equador. No segundo quadro, logo abaixo, estatueta em argila exposta naquele mesmo museu; e, por sua vez, no terceiro, escultura pré-colombiana em exposição no Museu do Ouro, em Bogotá - esta pelos eruditos classificada como a simples representação de "um pássaro". Mas, seriam mesmo "meros trabalhos artísticos" ? E essas notáveis comparações não falariam por si? (IMAGENS: © Oscar Sierra Quintero)


O certo é que mesmo nos dias de hoje, outras coisas muito estranhas (vindas sabe-se lá de onde e não menos atuantes) chegam ao nosso mundo e por aqui até mesmo exercem as suas atividades! Uma bizarra seqüência de fotos foi recentemente tomada por uma câmera estacionária, dotada de um disparador automático e posicionada pelo caçador Rick Jacobs em uma árvore na floresta de Alleghne, Pensilvânia, EUA. Rick planejava fotografar os hábitos noturnos de um cervo, porém aquilo que as imagens captaram ultrapassou todas as suas expectativas: - Não dá para dizer o que era, eu caço há muitos anos e nunca vi algo como isso!" (FOTO: © R. Jacobs)


Como de fato, as imagens captaram uma criatura bípede totalmente desconhecida, o que naturalmente levou às especulações de vários especialistas! Uns disseram que deveria se tratar do famoso Bigfoot, ou "Pé Grande", criatura lendária dotada de características meio-primatas e meio-humanas, que costuma "assombrar" certas regiões remotas dos EUA e do Canadá. Logicamente não é o caso, uma vez que o Bigfoot, assim como já foi fotografado por várias assustadas e atônitas testemunhas, é um ser dotado de grande estatura. Outros, por sua vez, disseram que nada mais seria do que "um simples urso". Aliás (e, por sinal, simplesmente hilariante), o porta-voz da Comissão de Caça da Pensilvânia chegou mesmo a declarar que se tratava de "um urso com um caso grave de sarna"!!! (FOTO: © R. Jacobs)


Mas as nítidas imagens nos mostram que de "Bigfoot" e de "Urso se coçando com sarna" essa coisa não tinha mesmo absolutamente NADA! Repare bem nesses detalhes por nós ampliados: - reduzida estatura; biotipo humanóide; braços longos; crânio exageradamente grande..... O quê exatamente, então, isso nos lembraria? Um alien? Sim, claro!


Mas, aqui mesmo no Brasil coisas inusitadas como essas acontecem! Um dos nossos visitantes gentilmente nos enviou essa foto, relativa a um caso estranho que teria ocorrido em Porto Seguro, litoral do Estado da Bahia - área aprazível e paradisíaca, visitada por milhares de turistas anualmente. Essa coisa aí da foto teria surgido repentinamente e, segundo consta, teria tentado atacar uma jovem. Seus assustados companheiros de viagem tomaram essa foto.


E reveja a coisa no detalhe ampliado, bem como no seu correspondente negativo. Uma "simpatia", não? E QUÊ, raios, seria mesmo isso - e de ONDE exatamente teria vindo? Contudo, recebemos de um outro visitante a informação de que essa "brincadeira" faria parte de um pacote turístico daquela cidade, no qual um cidadão vestido de monstro e todo coberto de lama assustaria os turistas. Bizarro? Sim; você então decide!


O misterioso mar, por seu turno, também nos reserva inúmeras surpresas. Veja, por exemplo, essa curiosa criatura capturada por pescadores. Lembra uma arraia - porém não o é, tanto que batizaram-na de "Peixe demônio alienígena". No que, aliás, pode ser que eles tenham até uma certa razão!.....


.... Reveja no detalhe ampliado em negativo e tire então as suas próprias conclusões. O mar, muito embora tão perto de nós, é verdadeiramente tão estranho e tão desconhecido quanto a vastidão do espaço sideral que nos cerca. Estranhos organismos e criaturas dos quais sequer suspeitamos a existência certamente habitam as suas inexploradas profundezas. E quem sabe muitas delas não teriam, desde muitos milhões de anos atrás, aqui chegado desde o espaço exterior - sob a forma de simples esporos, trazidos por meteoritos, ou mesmo TRANSPORTADAS por alguém? Nada é mesmo impossível!


Pois é! E para encerrarmos esta página, nada melhor do que uma excelente notícia! Na foto, Bill Richardson, 60 anos de idade, atual governador do Estado Norte-americano do Novo México e futuro candidato à presidência dos EUA em 2008. -"Estive no Governo por durante um longo tempo, estive em gabinetes, no Congresso, e sempre senti que o Governo não dizia a verdade, como deveria, em se tratando de vários assuntos". Richardson se referia principalmente ao famoso Caso Roswell - a queda de um UFO no Novo México, em 1947, cuja nave e os corpos de criaturas humanóides que o tripulavam foram resgatados. Desde então, aquele episódio que é considerado como a "Meca da Conspiração Mundial", tem se mantido sob um rigoroso manto do mais estrito ocultamento e sigilo. Richardson, inclusive, já inquiriu as autoridades do Departamento de Defesa sobre o caso, tendo obtido a seca resposta de que se trata de "Assunto Secreto", e, conforme declarou, ter sido sumariamente alijado do assunto. Para resumir, Richardson promete, caso eleito, vasculhar e desvendar tudo sobre o caso e, assim, revelar ao mundo toda a verdade. Algo que será um tanto ou quanto difícil, e por vezes insalubre, uma vez que John Kennedy e Jimmy Carter já o tentaram sendo, contudo, "gentilmente dissuadidos". Porém, sabe-se que recentemente até mesmo um ex-oficial do Exército Americano que na época tomara parte no resgate dos destroços do UFO e dos corpos dos seus tripulantes, revelou que FOI MESMO UMA ESPAÇONAVE ALIENÍGENA que lá se acidentara e que o Governo, de fato e desde então, mantém tudo sob a mais rigorosa censura! Que pena, então, que não possamos votar em Richardson em nível mundial pois, se assim fosse possível, temos certeza de que quase toda a população lúcida e inteligente do planeta votaria nele. Então....


.... (Juntamente conosco) e como certamente diria aquele simpático, porém extremamente malvado bichinho dos desenhos animados, notório por - como popularmente se diz -"gostar de ver o circo pegar fogo"- Tomara que ele vença essas eleições!


Justamente porque, Prezado (a) amigo (a) e visitante, tal como já escrevera o notável filósofo Descartes, nada no mundo é mesmo certo da maneira em que julgamos ser. Na Natureza, por exemplo, os relâmpagos são sempre por nós associados aos estrondos dos trovões. Mas seria mesmo assim? Não! Pois, há também um fenômeno curioso - e além disso pouco conhecido: relâmpagos silentes, ou seja, desprovidos de sons e contudo atuantes, apenas deixando os contornos deixados pelos rastros dos seus brilhos nos céus. Outra crença geral é que o espaço sideral que nos envolve seria vazio e inerte; silencioso, frio. Todavia, também lá ocorre justamente o contrário: há músicas nas esferas; há uma cacofonia de sons interpenetrantes que hoje os astrônomos já detectam, e que os Panteístas preferem enxergar e reverenciar como O Sublime Verbo de Deus, em maravilhosa expansão e em contínua Criação. Provando assim que o espaço é também VIVO - vibrando com os sons dos buracos negros, das explosões solares, dos movimentos das galáxias, das estrelas e dos seus planetas; e até mesmo dos primevos sons do chamado Big Bang, a explosão inicial que há muitos bilhões de anos teria dado origem a tudo. O mesmo acontece com o que faz parte do Realismo Fantástico, o qual apenas nos mostra justamente aquilo que silenciosamente - e de fato - existe. Enfim, tudo mesmo que, de fato e e verdadeiramente, emite seus sons, reverbera profundamente os seus gritos; mas que muito lamentavelmente alguns desconhecem - ou então, hipocritamente e tal como os cínicos pagãos do passado, fingem ignorar; fingem não ver e também ouvir.







Total de visualizações de página

Página FaceBook