BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


terça-feira, 29 de setembro de 2015

Misteriosa criatura capturada em um lago na Polônia


Surgiu esse vídeo que mostra uma suposta criatura que foi capturada na Polônia, se for um Tritão ou uma Sereia, já publicamos sobre esse assunto aqui onde mostra esses seres reais, a questão e que esse vídeo apareceu ou ressurgiu recentemente. 

O tom rosado da parte superior do corpo, não bate com as características e descrições desses seres, mas assim mesmo iremos apresentar esse fato.





Uma história que se tornou viral nas últimas horas em que um vídeo que supostamente mostra a captura de uma criatura misteriosa em um lago na Polônia.

O vídeo mostra um grupo de homens no que se parecer com roupas brancas Roupa especial com os paramédicos.




Este vídeo incrível parece mostrar o momento em que um tritão foi puxado para fora de um lago na Polônia, colocado em uma maca e levado por funcionários misteriosos.

Capturado na Polônia, o curta-metragem mostra um grupo de homens com trajes de risco biológico brancos que trabalham com outros, vestidos com trajes semelhantes aos paramédicos.

Com duração de dois minutos, o filme começa com os homens em trajes brancos em torno de um corpo misterioso nas margens de um rio.

Os homens, em seguida, levantam-se e em um ponto se vê o que parece ser um grande rabo de peixe que é claramente visível.




Neste ponto, os homens vestidos de paramédicos em seguida, passam uma maca enquanto os seus colegas de risco biológico levam o 'ser' até eles.

Eles colocam a forma desconhecida na maca, o "Tritão" é claramente visível e se deita com sua barba descansando em seu peito.



Os homens vestidos como paramédicos então levam o 'Merman' a distância para um local desconhecido e ninguém ouviu nada do incidente desde então.

Após a filmagem ter sido publicada on-line, um número de pessoas alegou que era prova de que Tristão e Sereias existem, enquanto outros disseram que era  uma fraude e filmagens de um filme.





domingo, 27 de setembro de 2015

O que Sabemos não é tudo que Existe - Parte 196 NAS PEGADAS MUITO ANTIGAS DO LEÃO



"Não está chamando a Sabedoria e não está o Discernimento emitindo a sua voz? 

Postou-se no cume das elevações, junto aos caminhos, na encruzilhada das sendas. Ao lado dos portões, na boca das vilas, no acesso das estradas ela continua a gritar bem alto: 

- A vós, homens, é que estou chamando, e a minha voz é para os vossos filhos. 

Compreendei a argúcia e entendei o coração. Escutai, pois estou falando sobre coisas primordiais e meus lábios se abrem a respeito da retidão. 

Porque meu palato profere em voz baixa a própria verdade, e a iniqüidade é algo detestável. 

Todas as declarações da minha boca são feitas em justiça. Entre elas não há nada de tortuoso ou pervertido. 

Todas elas são direitas para quem tem discernimento e retas para os que acham o conhecimento. 

Tomai da minha disciplina ao invés da prata, e o conhecimento ao invés do ouro. 

Por que é melhor a sabedoria do que todas as outras coisas" (PROVÉRBIOS - Capítulo 8)




Água no distante planeta Marte! Finalmente reconheceram oficialmente isso. Aliás, já não era sem tempo, uma vez que as antigas imagens tomadas por sobre a superfície do hoje desolado do chamado Planeta Vermelho, já mostravam essa realidade indiscutível. Aquele planeta, assim como hoje é a nossa Terra, teve outra uma pródiga atmosfera, seus mares, rios e lagos, além de uma vegetação abundante - um campo extremamente propício para o desenvolvimento da VIDA! Conforme demonstrado pelos módulos exploratórios da NASA que hoje percorrem o seu solo, a água hoje existe sob a superfície através de um extensa camada de gelo. O que ainda oficialmente relutam em reconhecer, será todavia o ponto nevrálgico e o mais importante de toda a pesquisa espacial: - MARTE JÁ TEVE SERES INTELIGENTES, E ALÉM DE TUDO ALTAMENTE EVOLUÍDOS, HABITANDO NA SUA SUPERFÍCIE!


A FACE DE MARTE: NOSSO ELO PERDIDO COM O PASSADO? - Pergunta a manchete dessa conceituada publicação. Uma pergunta cuja resposta parece ser.... SIM, INCRIVELMENTE SIM!


O CÓDICE MARCIANO - REFLEXÕES SOBRE MARTE - Estampa, por sua vez, a capa desse livro. Desde que as primeiras explorações espaciais realizadas por sobre o Planeta Vermelho começaram, ficou bastante difícil esconder dos olhares mais atentos, como também das mentes mais perspicazes, as evidências que denotam o fato de Marte ter sido habitado - SIM, e ainda mais por uma civilização antiga e altamente evoluída!


E uma das marcas mais expressivas dessa realidade é, talvez, aquela representada pelo misterioso e gigantesco 'Rosto de Cydonia". A região de Cydonia, além de apresentar esse curioso monumento, ostenta ainda inúmeras formações piramidais, assim como restos de antigas estruturas. Claro que, de modo a esconder o óbvio, logo afirmaram que tudo isso se tratava apenas de "meros acidentes da paisagem marciana", ou ainda, "ilusões de ótica apenas". Mas terá sido realmente isso?


De maneira alguma! Não se pode "tapar a luz do Sol com uma peneira"! Veja, então, os perfeitos detalhes do rosto em uma imagem por nós rotacionada - detalhes perfeitos em demasia para se trata de um "mero acidente de paisagem".... Olho, nariz, queixo, boca....


.... E agora veja uma outra imagem tomada por sobre esse mesmo Rosto de Cydonia - dessa feita mediante técnicas de elevação espectrográfica. O que podemos distinguir ver são imagens, tridimensionais (ou quem sabe multidimensionais), por sua vez dentro de outras imagens - uma tecnologia surreal e espantosa dirigindo uma estranha mensagem para o espaço sideral!


E agora veja outra coisa bem interessante: logo que as primeiras imagens de Cydonia chegaram à NASA, evidentemente que despertaram o interesse dos seus cientistas e técnicos. Essa foto é uma das originais da época, devidamente planificada de modo a observarem melhor aquele espantoso monumento.


Cafezinho na mesa, imagem nas mãos, um acentuado interesse e muita curiosidade.....


.... O que os levou a OFICIALMENTE denominar o curioso achado como "CABEÇA", conforme pode ser visto nessa foto original da época. Como, então, certo tempo depois, a tal "Cabeça" miraculosamente se transformou em um "mero acidente de paisagem"?


Um "acidente de paisagem" realmente tão sutil e tão revelador quanto essa outra escultura, também existente na misteriosa região marciana de Cydonia: a enorme face de um LEÃO" - um outro simbolismo igualmente muito presente na paisagem de Marte! (FOTO: © ESA/FU)


Comprove no correspondente negativo! Muito embora já bastante desgastada, é mesmo a imagem de um grande felino, muito assemelhado ao leão!


Seria algo muito "indigesto" e igualmente muito embaraçoso? Sim, como não - e como também existem muito mais coisas extremamente comprometedoras! Impossível? Não, de modo algum! E por que, então, o velho Photoshop "rides again", obliterando certas coisas talvez muito mais embaraçosas e indigestas as quais, enfim, comprovariam as marcas de uma antiga tecnologia empregada por uma perdida civilização marciana? O quê temem revelar ao público?


Pois, como se pode constatar, a feroz "censura espacial" funcionou (e ainda funciona) a "pleno vapor", escondendo a existência de altas torres, ou quem sabe obeliscos, como também de outros complexos tecnológicos que se espalham em profusão pelo avermelhado solo do Planeta Vermelho!


Também os módulos de exploração que hoje percorrem o solo marciano, são sempre orientados pelos comandos dos técnicos a fotografarem, sempre "assim como quem não quer nada", certas paisagens nas quais algumas coisas, sem dúvida alguma muito "interessantes", fazem parte integrante. Repare, por exemplo, nessa outra imagem. Pelo visto o Photoshop também funcionou logo ao fundo, porém aquilo que mais nos interessa, o mais bizarro, está mesmo situado logo em primeiro plano.....


..... Um estranho artefato, talvez um velho destroço, à direita e, logo ao seu lado, algo que parece ser um crânio! E se isso - muito obviamente por sinal - não veio da Terra, DE ONDE exatamente teria vindo?


Algo de inusitado nisso? Sim, claro, como também muito revelador! Nesse particular, "adoramos" imensamente não só as fotos made in NASA propositadamente desfocadas, como também aquelas devidamente "escurecidas" de modo a enganar os olhos mais curiosos, uma vez que elas sempre nos trazem belas surpresas. Contudo, e apenas como um pequeno exemplo, que tal fazermos uma espécie de perícia na foto acima, tomada pelo módulo Mars Rover? O quê você pode ver nela? Apenas rochas? NÃO! Portanto, como o feitiço sempre se volta contra o feiticeiro, chegou a nossa vez: - Photoshop neles! Usemos, então, um recurso específico para realçar a imagem, clareando-a, e....


Voilá! Outra curiosa surpresa, fotografada (sempre) "assim como quem não quer nada", claro! O quê, então, se pode ver de mais notável nessa imagem, agora muito mais nítida? Simples: - logo à direita, em meio às rochas, ou quem sabe também DESTROÇOS, um corpo alienígena, ao que parece mutilado! A cabeça da criatura está claramente separada dele, logo à esquerda!


Veja, na parte inferior da imagem, devidamente rotacionado, o detalhe do corpo. Note-se as mãos, o tronco e o longo pescoço no qual realmente a cabeça acha-se ausente.....


.... E veja agora a cabeça da criatura, completamente separada do restante do corpo (negativo à direita) - evidentemente, uma figura nossa bastante conhecida e logicamente tendo sido vítima de um acidente.....


.... Estamos nos referindo a um clássico alien da tipologia gray! Mas o quê estaria fazendo ele em Marte? Não que essa raça tenha sido pertencente à antiga e evoluída civilização que habitou aquele planeta, a qual, por sua vez, era dotada de uma natureza HUMANA e não humanóide. Essas "coisas", isto é, os famigerados grays, circulam bastante não somente aqui pela Terra, como também pela Lua e pelos demais corpos do nosso Sistema Solar. Possivelmente, esse cadáver fotografado em Marte tenha sido o resultante de um acidente, tal como aquele que ocorreu em Roswell, Novo México, em 1947 - até hoje convenientemente abafado e representando uma incômoda "pedra no sapato" do Governo Americano. E tanto no caso de Marte, quanto no antigo Caso Roswell, uma eventual divulgação desses inusitados acontecimentos serviria para alertar a humanidade, inevitavelmente colocando-a diante de uma verdade cristalina e absolutamente insofismável: - NÃO ESTAMOS SÓS, TEMOS COMPANHIA!


E uma companhia bem variada, muito mais antiga do que pensa! O Leão, um sagrado simbolismo muito presente lá "em cima", precisamente em Marte, como também aqui "por baixo", isso nos primórdios históricos conhecidos da nossa civilização, certamente esconde muitos segredos. Todas as antigas culturas - notadamente tendo começado no Egito - adoravam esse simbolismo ao qual, e talvez não sem uma certa dose de razão, esses povos atribuíam um caráter de divindade.


A perdida existência da misteriosa e extremamente antiga Civilização Meroítica (cultura que subitamente se estabeleceu ao Sul do Egito tendo dado ponto de partida à posterior expansão da cultura que habitou o Nilo - por nós conhecida como a Civilização Egípcia) provou que, de algum lugar não identificado, surgiram além de uma estranha raça, pirâmides, templos suntuosos, como também a adoração às proto-divindades que mais tarde viriam a ser reverenciadas em todo o Antigo Egito. E o simbolismo do Leão já se fazia presente naqueles muito antigos e esquecidos tempos!


A cada dia que passa, novas descobertas são feitas. O passado, então, se funde de maneira maravilhosa com o presente! A verdadeira Ciência jamais será estática mas, sim essencialmente dinâmica. E quanto mais o homem sabe, mais aumenta a sua ignorância. Recentes dados enviados pela sonda Voyager 2, da NASA, a qual atravessou as fronteiras do nosso Sistema Solar, indicaram que o nosso pequeno Sistema, ao contrário do que se acreditava, não é esférico porém, e bem ao contrário, abaulado, ELÍPTICO! O Sol, o seu núcleo, é mesmo, e de fato, algo assim como UM ÁTOMO, os planetas seriam os Elétrons que ELIPTICAMENTE giram ao redor dele! Não é à toa, portanto, que os antigos egípcios o chamavam de ATON! Da mesma forma que eles sabiam, assim como os seus mais elevados Mestres ensinavam, que todo o Universo é ATÔMICO - que o Átomo é o Próprio Deus, e que TODO ÁTOMO É HABITADO!


A abençoada chuva sempre se faz em resposta às súplicas de um jardim sedento. Hoje, por conseqüência, tanto os verdadeiros Pesquisadores, quanto os verdadeiros Cientistas, já admitem verdades e seguem as pistas....


.... Pois, já pressentem que todo o Universo, Obra Maravilhosa da Criação de Deus, pulula de vida. Civilizações de fato migram através da resplandecente vastidão estrelada! A antiga sombra do Leão já se faz, por conseguinte, presente! Ela, então, ressurge, desde a noite obscura dos tempos, despertando de um longo, de um muito profundo sono, prenunciando, assim, o alvorecer dos tempos das grandes revelações - tempos estes maravilhosos, urgentemente necessários, os quais já se fazem próximos, como também propícios. As pegadas do Leão já se tornam nítidas, se evidenciam, ressurgindo tal como evanescentes miragens dos intrincados meandros do tempo e das profundas areias do passado, indicando apenas e tão-somente uma única direção: aquela da trilha que já começa a ser devidamente percorrida pelos homens mais lúcidos e mais racionais da nossa humanidade e que, finalmente, revelará aquele que é o maior e o mais relevante de todos os segredos.... Corpo de Leão, cabeça de Homem! A síntese de DOIS primordiais elementos - o elo perdido, o Elo que nos liga ao passado.... Advindo das estrelas distantes e que, mais dia menos dia, finalmente virá a revelar as nossas mais verdadeiras, as nossas mais esquecidas e muito remotas origens!







FLOR DA VIDA A GEOMETRIA SAGRADA


“A Flor da Vida” é um símbolo secreto criado pela inscrição de 13 círculos. É o modelo mais importante e sagrado do universo. Encontramos este símbolo em várias partes do mundo.





Form é parte integrante de sistemas vivos, a vida, a Natureza-Cosmos. Forma, também, está intimamente ligado com a sua funcionalidade, com a expressão, o serviço ou o papel que ela existe para cumprir.
Exposições de formulário significado.
Nada em sistemas vivos - nenhuma entidade, evento, sistema, processo ou forma - existe sem o que significa que não só serve a sua própria função, mas também de forma coerente, de forma inteligente e cooperativa serve o Todo simultaneamente.
SÍMBOLO
Os símbolos são formas materiais formados ou atos que refletem e contêm informações imaterial. Eles se conectam ao nosso lado direito do cérebro e da mente arquetípica.
________________________________



Esta imagem mostra a forma geométrica do "a flor da vida" dentro que é o símbolo da Árvore de Kabbalah de Duração.




A flor da vida é nomeado para um padrão geométrico flor-como que emerge de forma que se cruza nas relações coerentes. É uma figura composta de vários uniformemente espaçados, círculos sobrepostos e forma uma estrutura simétrica de um hexágono.

O símbolo da flor de vida consiste em sete ou mais círculos sobrepostos, em que o centro de cada círculo está na circunferência de até seis círculos em torno do mesmo diâmetro.

Acima, vemos a Árvore de Kabbalah de Duração ("Etz Hayim" / "Etz Chaim") perfeitamente encaixar dentro de "A Flor". A Árvore da Vida símbolo foi criado para  refletir os 22 vibrações primordiais que formaram o alfabeto hebraico. Assim, som, forma e significado são todos coordenados em um todo coeso. Isso só se refere a "A Árvore" em si: o fato de que ele se encaixa tão perfeitamente dentro "A Flor" reforça algum princípio fundamental e significado fundamental.

O símbolo da flor da vida tem sido utilizado e é evidente em todo inúmeras culturas antigas em todo o mundo.





Acima, a Flor da Vida em desenho no teto do interior do templo de Osíris em Abydos, no Egito.

Devido ao uso diversificado durante todo culturas diferentes, haveria uma aparente compreensão das informações contidas no e transferido por esses símbolos. Dê uma olhada nas imagens abaixo, que seguem uma progressão exemplificando o início da vida. Pode-se dizer que os fundamentos da vida foram entendidas? Além disso, por que tantos povos antigos achar que é necessário para refletir essa compreensão, incorporando a simbologia em obras culturais ou arquitetônicas significativas?


Abaixo está uma imagem de um 64 Tetrahedron Grade, o que reflete-se a flor da vida. O físico Nassim Haramein diz do Tetrahedron: "Esta é possivelmente a única possível geometria fractal tridimensional genuíno e é único no sentido em que naturalmente cria equilíbrio vector em intervalos harmônicos - esta é a geometria do spa ce ... .A 64 tetraedro matriz consiste de terahedrons e octaedros. Um tetraedro é o menor volume geométrico possível e constitui uma forma básica com consumo mínimo de energia vs. estabilidade estrutural óptima ".
Essa idéia de um mínimo de energia e estabilidade, embora diferente, é o reflexo de, como biólogo teórico Brian Goodwin diria, "a liberdade individual máxima e ordem coletiva máxima". Ambos existem; ambos refletem função otimizada; ambos falam à eficácia inerente e "tanto-e" coerência na base de todos os sistemas vivos. Menos esforço e funcionalidade ideal, indivíduo-coletivo: esta é a linguagem da Natureza-Cosmos, da vida.



Haramein diz: "Rumo ao infinitamente grande ou o infinitamente pequeno, a matriz subjacente permanece em equilíbrio estrutural dentro de sua própria escala. A figura abaixo mostra um tetraedro e um tetraedro estrela polarizada, então nós vemos as três primeiras iterações do fractal; o seu tamanho mínimo, sob a forma de cristal a 64 tetraedro, em seguida, 512, Tetrahedron, 1026, em seguida, Tetrahedron. "



Todas forma material é o reflexo de princípios imateriais e todos os princípios imateriais são coerentes e reflexiva de um modelo, de uma progressão evolucionária. Abaixo está um exemplo.



O gráfico acima é um que você vai reconhecer, a espiral de Fibonacci. Esta forma é existente e evidente em todo Natureza-Cosmos.





Usando a sequência número inteiro - 0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89, 144 e assim por diante - de Fibonacci espiral é criada pela tiragem arcos circulares que ligam os cantos opostos de quadrados em a colocação de azulejos Fibonacci.

O "lado a lado" consiste em praças onde os comprimentos laterais são números de Fibonacci sucessivos refletem a seqüência de

Fibonacci.
Esta sequência é baseada em adições numéricos e para o padrão subseqüente coerente que emerge. Através de números, vemos forma, vemos a tendência de expansão-natureza, e vemos significado inteligente embutido no símbolo e forma ao longo Natureza-Cosmos.

1 + 1 = 2, 2 + 1 = 3, 3 + 2 = 5, 5 + 3 = 8, 8 + 5 = 13, etc.
A seqüência de Fibonacci é nomeado após Fibonacci (também conhecido como Leonardo de Pisa). Seu 1202 livro Liber Abaci introduziu a seqüência à matemática da Europa Ocidental, embora a seqüência havia sido descrita anteriormente em matemática indianos.

NÚMEROS
"Se você soubesse a magnificência da 3, 6 e 9, então você teria uma chave para o universo." - Nikola Tesla
Aristóteles, em sua obra   Metaphysica,  diz do entendimento pitagórica dos números:
"Os pitagóricos (foram) ... o primeiro a ocupar a matemática ... (e) pensei que seus princípios eram os princípios de todas as coisas.Uma vez que, destes princípios, números ... são os primeiros, ... em números que parecia ver muitas semelhanças com as coisas que existem ... mais do que [apenas] ar, fogo e terra e água, (mas coisas como) a justiça, a alma, a razão , oportunidade ... "
De acordo com o entendimento de Pitágoras de números (as informações abaixo da Dartmouth.edu), a funcionalidade e significados foram:
1    Mônada. Ponto. A fonte de todos os números. Bom, desejável, essencial, indivisível.
2    Dyad. Line. Diversidade, uma perda da unidade, o número de defeito e excesso. O primeiro número feminina. Dualidade.
3    Triad. Avião. Em virtude da tríade, unidade e diversidade dos quais ele é composto são restauradas para a harmonia. O primeiro número ímpar, masculino.
4    Tetrad. Sólido. A primeira praça feminino. Justiça, firme e quadrado. O número da praça, os elementos, as estações do ano, as idades do homem, fases lunares, virtudes.
5    Pentad. O número casamento masculino, unindo o primeiro número do sexo feminino e masculino o primeiro número por adição.
  • O número de dedos ou dedos em cada membro.
  • O número de sólidos regulares ou poliedros.
Incorruptível: múltiplos de 5 em 5 fim.
6    O primeiro número casamento feminino, unindo 2 e 3 por multiplicação.  A primeira  perfeito  número (One igual à soma de suas partes alíquotas, ou seja, divisores exatas ou fatores, exceto a si mesmo. Assim, (1 + 2 + 3 = 6) .  A área de um triângulo 3-4-5
7    Heptal. A donzela deusa Atena, o número virgem, porque 7 sozinho não tem nem fatores ou produto. Além disso, um círculo não pode ser dividido em sete partes, em qualquer construção conhecida).
8    O primeiro cubo.
9    O primeiro quadrado masculino.  Incorruptível - no entanto, muitas vezes, multiplicado, se reproduz.
10    Década. Número de dedos.  Contém todos os números, porque depois de 10 os números meramente repetir-se.  A soma dos números arquetípicas (1 + 2 + 3 + 4 = 10)
27    O primeiro cubo masculino.
28    Astrològica significativo como o ciclo lunar.  É o segundo número perfeito (1 + 2 + 4 + 7 + 14 = 28).  É também a soma dos primeiros 7 números (1 + 2 + 3 + 4 + 5 + 6 + 7 = 28)!
35    Soma dos primeiros cubos feminino e masculino (8 + 27)
36    Produto de os primeiros números quadrados (4 x 9).  A soma dos três primeiros cubos (1 + 8 + 27).  Soma dos primeiros 8 números (1 + 2 + 3 + 4 + 5 + 6 + 7 + 8)
NÚMEROS figurado 
Os pitagóricos representada por números de padrões de pontos, provavelmente um resultado de arranjar seixos em padrões. Os resultantes  figuras  nos deram os presentes palavra  figuras.
Assim 9 seixos podem ser organizados em 3 linhas com 3 seixos por linha, formando um quadrado.
Da mesma forma, 10 seixos podem ser organizadas em quatro linhas, contendo 1, 2, 3, 4 e seixos por linha, formando um triângulo.
Destes eles derivada relações entre os números. Por exemplo, observando que um número quadrado pode ser subdividido por uma linha diagonal em dois números triangulares, podemos dizer que um número quadrado é sempre a soma de dois números triangulares.
Assim, o número 25 é o quadrado da soma do número triangular 10 e o número 15 triangular.
TETRACYTS SAGRADOS
Um número triangular especial que gostei especialmente foi o número dez. Foi chamado um  Tetractys,  ou seja, um conjunto de quatro coisas, uma palavra atribuído ao matemático e astrônomo grego Theon (c. 100 dC). Os pitagóricos identificou dez tais conjuntos.
Dez conjuntos de quatro coisas
Números1234
Magnitudespontolinhasuperfíciesólido
Elementosfogoaráguaterra
Figuraspirâmideoctaedroicosaedrocubo
Seres vivossementecrescimento em comprimentode larguraem espessura
Sociedadescaraaldeiacidadenação
Faculdadesrazãoconhecimentoopiniãosensação
TemporadasPrimaveraverãooutonoinverno
Idade de uma Pessoainfânciajuventudemaioridadevelhice
Partes de seres vivoscorpotrês partes da alma
 _____________________________________________
O vídeo aqui dá um vislumbre das impressões numéricos subjacentes sistemas vivos. Estes agir para "informar" a vida: em formulário.



Como a implicação mais profunda dos números vem mais em foco, um processo (mental intuitivo) que permite que começa a conversa para se desdobrar ainda mais. Um amigo meu, um cérebro matemático excepcionalmente inovador, começou a mergulhar na idéia de números como símbolos e formas com função distinta e significado fundamental. O início de um diálogo e de viagem. Consulte a sua exploração em tempo real em vídeo aqui. 





FLOR DA VIDA


Este símbolo é conhecido desde a mais remota antiguidade e chama-se "A Flor da Vida".
Na verdade, segundo foi revelado a Drunvalo, o símbolo da Flor da Vida é bem conhecido em todo o universo, menos aqui!

Cada molécula de vida, cada célula em nosso corpo conhece esse padrão. Ele é o padrão da criação e da vida, em todo lugar.

Na verdade, segundo Drunvalo, não há nenhum conhecimento, absolutamente nenhum conhecimento no Universo que não esteja contido neste padrão da Flor da Vida.
Diz-se que grandes mestres concordaram em mais uma vez revelar esta antiga sabedoria, conhecida por Flor da Vida. Ela é um código secreto usado por muitas raças avançadas e por navegantes espaciais.

O código da Flor da Vida contém toda a sabedoria similar ao código genético contido em nosso DNA. Esse código genético vai além das formas comuns de ensinamento e se encontra por trás de toda a estrutura da própria realidade.

Todos os harmônicos da luz, do som e da música se encontram nessa estrutura geométrica, que existe como um padrão holográfico, definindo a forma tanto dos átomos como das galáxias.
Drunvalo inicialmente recebeu a informação de que o símbolo da Flor da Vida se encontrava inscrito nos tetos do Templo de Osíris, em Abidos, no Egito.

Sabemos hoje que o símbolo da Flor da Vida também foi encontrado em Massada (Israel), no Monte Sinai, no Japão, China, Índia e Espanha.




Total de visualizações de página

Página FaceBook