BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


domingo, 27 de setembro de 2015

O que Sabemos não é tudo que Existe - Parte 196 NAS PEGADAS MUITO ANTIGAS DO LEÃO



"Não está chamando a Sabedoria e não está o Discernimento emitindo a sua voz? 

Postou-se no cume das elevações, junto aos caminhos, na encruzilhada das sendas. Ao lado dos portões, na boca das vilas, no acesso das estradas ela continua a gritar bem alto: 

- A vós, homens, é que estou chamando, e a minha voz é para os vossos filhos. 

Compreendei a argúcia e entendei o coração. Escutai, pois estou falando sobre coisas primordiais e meus lábios se abrem a respeito da retidão. 

Porque meu palato profere em voz baixa a própria verdade, e a iniqüidade é algo detestável. 

Todas as declarações da minha boca são feitas em justiça. Entre elas não há nada de tortuoso ou pervertido. 

Todas elas são direitas para quem tem discernimento e retas para os que acham o conhecimento. 

Tomai da minha disciplina ao invés da prata, e o conhecimento ao invés do ouro. 

Por que é melhor a sabedoria do que todas as outras coisas" (PROVÉRBIOS - Capítulo 8)




Água no distante planeta Marte! Finalmente reconheceram oficialmente isso. Aliás, já não era sem tempo, uma vez que as antigas imagens tomadas por sobre a superfície do hoje desolado do chamado Planeta Vermelho, já mostravam essa realidade indiscutível. Aquele planeta, assim como hoje é a nossa Terra, teve outra uma pródiga atmosfera, seus mares, rios e lagos, além de uma vegetação abundante - um campo extremamente propício para o desenvolvimento da VIDA! Conforme demonstrado pelos módulos exploratórios da NASA que hoje percorrem o seu solo, a água hoje existe sob a superfície através de um extensa camada de gelo. O que ainda oficialmente relutam em reconhecer, será todavia o ponto nevrálgico e o mais importante de toda a pesquisa espacial: - MARTE JÁ TEVE SERES INTELIGENTES, E ALÉM DE TUDO ALTAMENTE EVOLUÍDOS, HABITANDO NA SUA SUPERFÍCIE!


A FACE DE MARTE: NOSSO ELO PERDIDO COM O PASSADO? - Pergunta a manchete dessa conceituada publicação. Uma pergunta cuja resposta parece ser.... SIM, INCRIVELMENTE SIM!


O CÓDICE MARCIANO - REFLEXÕES SOBRE MARTE - Estampa, por sua vez, a capa desse livro. Desde que as primeiras explorações espaciais realizadas por sobre o Planeta Vermelho começaram, ficou bastante difícil esconder dos olhares mais atentos, como também das mentes mais perspicazes, as evidências que denotam o fato de Marte ter sido habitado - SIM, e ainda mais por uma civilização antiga e altamente evoluída!


E uma das marcas mais expressivas dessa realidade é, talvez, aquela representada pelo misterioso e gigantesco 'Rosto de Cydonia". A região de Cydonia, além de apresentar esse curioso monumento, ostenta ainda inúmeras formações piramidais, assim como restos de antigas estruturas. Claro que, de modo a esconder o óbvio, logo afirmaram que tudo isso se tratava apenas de "meros acidentes da paisagem marciana", ou ainda, "ilusões de ótica apenas". Mas terá sido realmente isso?


De maneira alguma! Não se pode "tapar a luz do Sol com uma peneira"! Veja, então, os perfeitos detalhes do rosto em uma imagem por nós rotacionada - detalhes perfeitos em demasia para se trata de um "mero acidente de paisagem".... Olho, nariz, queixo, boca....


.... E agora veja uma outra imagem tomada por sobre esse mesmo Rosto de Cydonia - dessa feita mediante técnicas de elevação espectrográfica. O que podemos distinguir ver são imagens, tridimensionais (ou quem sabe multidimensionais), por sua vez dentro de outras imagens - uma tecnologia surreal e espantosa dirigindo uma estranha mensagem para o espaço sideral!


E agora veja outra coisa bem interessante: logo que as primeiras imagens de Cydonia chegaram à NASA, evidentemente que despertaram o interesse dos seus cientistas e técnicos. Essa foto é uma das originais da época, devidamente planificada de modo a observarem melhor aquele espantoso monumento.


Cafezinho na mesa, imagem nas mãos, um acentuado interesse e muita curiosidade.....


.... O que os levou a OFICIALMENTE denominar o curioso achado como "CABEÇA", conforme pode ser visto nessa foto original da época. Como, então, certo tempo depois, a tal "Cabeça" miraculosamente se transformou em um "mero acidente de paisagem"?


Um "acidente de paisagem" realmente tão sutil e tão revelador quanto essa outra escultura, também existente na misteriosa região marciana de Cydonia: a enorme face de um LEÃO" - um outro simbolismo igualmente muito presente na paisagem de Marte! (FOTO: © ESA/FU)


Comprove no correspondente negativo! Muito embora já bastante desgastada, é mesmo a imagem de um grande felino, muito assemelhado ao leão!


Seria algo muito "indigesto" e igualmente muito embaraçoso? Sim, como não - e como também existem muito mais coisas extremamente comprometedoras! Impossível? Não, de modo algum! E por que, então, o velho Photoshop "rides again", obliterando certas coisas talvez muito mais embaraçosas e indigestas as quais, enfim, comprovariam as marcas de uma antiga tecnologia empregada por uma perdida civilização marciana? O quê temem revelar ao público?


Pois, como se pode constatar, a feroz "censura espacial" funcionou (e ainda funciona) a "pleno vapor", escondendo a existência de altas torres, ou quem sabe obeliscos, como também de outros complexos tecnológicos que se espalham em profusão pelo avermelhado solo do Planeta Vermelho!


Também os módulos de exploração que hoje percorrem o solo marciano, são sempre orientados pelos comandos dos técnicos a fotografarem, sempre "assim como quem não quer nada", certas paisagens nas quais algumas coisas, sem dúvida alguma muito "interessantes", fazem parte integrante. Repare, por exemplo, nessa outra imagem. Pelo visto o Photoshop também funcionou logo ao fundo, porém aquilo que mais nos interessa, o mais bizarro, está mesmo situado logo em primeiro plano.....


..... Um estranho artefato, talvez um velho destroço, à direita e, logo ao seu lado, algo que parece ser um crânio! E se isso - muito obviamente por sinal - não veio da Terra, DE ONDE exatamente teria vindo?


Algo de inusitado nisso? Sim, claro, como também muito revelador! Nesse particular, "adoramos" imensamente não só as fotos made in NASA propositadamente desfocadas, como também aquelas devidamente "escurecidas" de modo a enganar os olhos mais curiosos, uma vez que elas sempre nos trazem belas surpresas. Contudo, e apenas como um pequeno exemplo, que tal fazermos uma espécie de perícia na foto acima, tomada pelo módulo Mars Rover? O quê você pode ver nela? Apenas rochas? NÃO! Portanto, como o feitiço sempre se volta contra o feiticeiro, chegou a nossa vez: - Photoshop neles! Usemos, então, um recurso específico para realçar a imagem, clareando-a, e....


Voilá! Outra curiosa surpresa, fotografada (sempre) "assim como quem não quer nada", claro! O quê, então, se pode ver de mais notável nessa imagem, agora muito mais nítida? Simples: - logo à direita, em meio às rochas, ou quem sabe também DESTROÇOS, um corpo alienígena, ao que parece mutilado! A cabeça da criatura está claramente separada dele, logo à esquerda!


Veja, na parte inferior da imagem, devidamente rotacionado, o detalhe do corpo. Note-se as mãos, o tronco e o longo pescoço no qual realmente a cabeça acha-se ausente.....


.... E veja agora a cabeça da criatura, completamente separada do restante do corpo (negativo à direita) - evidentemente, uma figura nossa bastante conhecida e logicamente tendo sido vítima de um acidente.....


.... Estamos nos referindo a um clássico alien da tipologia gray! Mas o quê estaria fazendo ele em Marte? Não que essa raça tenha sido pertencente à antiga e evoluída civilização que habitou aquele planeta, a qual, por sua vez, era dotada de uma natureza HUMANA e não humanóide. Essas "coisas", isto é, os famigerados grays, circulam bastante não somente aqui pela Terra, como também pela Lua e pelos demais corpos do nosso Sistema Solar. Possivelmente, esse cadáver fotografado em Marte tenha sido o resultante de um acidente, tal como aquele que ocorreu em Roswell, Novo México, em 1947 - até hoje convenientemente abafado e representando uma incômoda "pedra no sapato" do Governo Americano. E tanto no caso de Marte, quanto no antigo Caso Roswell, uma eventual divulgação desses inusitados acontecimentos serviria para alertar a humanidade, inevitavelmente colocando-a diante de uma verdade cristalina e absolutamente insofismável: - NÃO ESTAMOS SÓS, TEMOS COMPANHIA!


E uma companhia bem variada, muito mais antiga do que pensa! O Leão, um sagrado simbolismo muito presente lá "em cima", precisamente em Marte, como também aqui "por baixo", isso nos primórdios históricos conhecidos da nossa civilização, certamente esconde muitos segredos. Todas as antigas culturas - notadamente tendo começado no Egito - adoravam esse simbolismo ao qual, e talvez não sem uma certa dose de razão, esses povos atribuíam um caráter de divindade.


A perdida existência da misteriosa e extremamente antiga Civilização Meroítica (cultura que subitamente se estabeleceu ao Sul do Egito tendo dado ponto de partida à posterior expansão da cultura que habitou o Nilo - por nós conhecida como a Civilização Egípcia) provou que, de algum lugar não identificado, surgiram além de uma estranha raça, pirâmides, templos suntuosos, como também a adoração às proto-divindades que mais tarde viriam a ser reverenciadas em todo o Antigo Egito. E o simbolismo do Leão já se fazia presente naqueles muito antigos e esquecidos tempos!


A cada dia que passa, novas descobertas são feitas. O passado, então, se funde de maneira maravilhosa com o presente! A verdadeira Ciência jamais será estática mas, sim essencialmente dinâmica. E quanto mais o homem sabe, mais aumenta a sua ignorância. Recentes dados enviados pela sonda Voyager 2, da NASA, a qual atravessou as fronteiras do nosso Sistema Solar, indicaram que o nosso pequeno Sistema, ao contrário do que se acreditava, não é esférico porém, e bem ao contrário, abaulado, ELÍPTICO! O Sol, o seu núcleo, é mesmo, e de fato, algo assim como UM ÁTOMO, os planetas seriam os Elétrons que ELIPTICAMENTE giram ao redor dele! Não é à toa, portanto, que os antigos egípcios o chamavam de ATON! Da mesma forma que eles sabiam, assim como os seus mais elevados Mestres ensinavam, que todo o Universo é ATÔMICO - que o Átomo é o Próprio Deus, e que TODO ÁTOMO É HABITADO!


A abençoada chuva sempre se faz em resposta às súplicas de um jardim sedento. Hoje, por conseqüência, tanto os verdadeiros Pesquisadores, quanto os verdadeiros Cientistas, já admitem verdades e seguem as pistas....


.... Pois, já pressentem que todo o Universo, Obra Maravilhosa da Criação de Deus, pulula de vida. Civilizações de fato migram através da resplandecente vastidão estrelada! A antiga sombra do Leão já se faz, por conseguinte, presente! Ela, então, ressurge, desde a noite obscura dos tempos, despertando de um longo, de um muito profundo sono, prenunciando, assim, o alvorecer dos tempos das grandes revelações - tempos estes maravilhosos, urgentemente necessários, os quais já se fazem próximos, como também propícios. As pegadas do Leão já se tornam nítidas, se evidenciam, ressurgindo tal como evanescentes miragens dos intrincados meandros do tempo e das profundas areias do passado, indicando apenas e tão-somente uma única direção: aquela da trilha que já começa a ser devidamente percorrida pelos homens mais lúcidos e mais racionais da nossa humanidade e que, finalmente, revelará aquele que é o maior e o mais relevante de todos os segredos.... Corpo de Leão, cabeça de Homem! A síntese de DOIS primordiais elementos - o elo perdido, o Elo que nos liga ao passado.... Advindo das estrelas distantes e que, mais dia menos dia, finalmente virá a revelar as nossas mais verdadeiras, as nossas mais esquecidas e muito remotas origens!







Total de visualizações de página

Página FaceBook