BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


domingo, 6 de setembro de 2015

O que Sabemos não é tudo que Existe - Parte 180 PORTAS INDUZIDAS!



"O termo "Portas Induzidas" é no entanto bem explícito. Alguns pesquisadores julgam se tratar daquilo que está contido no estrito senso da palavra, ou seja, alguém, ou alguma coisa, estaria propositadamente produzindo esses "portais" no nosso mundo, talvez para capturar pessoas! 

Isso no entanto requereria uma fantástica máquina capaz de alterar estruturas atômicas e inverter o tempo. Coisas somente disponíveis por aqueles que tripulam, ou manipulam, os OVNI!" (Do nosso ebook: INSÓLITO - MISTÉRIOS DO CÉU, DA TERRA, DO ESPAÇO E DO TEMPO)




E por se falar em "portas", temos mais uma novidade em Marte! Em dezembro de 2007 a sonda da NASA Mars Reconnaissance Orbiter, fotografou algo que os seus próprios cientistas foram forçados a reconhecer, após a primeira descoberta efetuada pelo russo Alexander Novgorodov: nada menos do que aquilo que foi classificado como UMA ESTRUTURA ARTIFICIAL - uma inusitada morfologia que parece ser.... UMA PORTA DE ENTRADA PARA O SUBSOLO MARCIANO!!!


Essa curiosa estrutura, situada em meio a um oceano gelado de Marte, devido à sua única morfologia, se acaso for mesmo um portal de entrada, logicamente foi erigida, ou moldada, por seres inteligentes!


Aqui, uma outra imagem tomada com maior aproximação. A seta nos mostra a tal "porta de entrada" marciana, o que, concordam os cientistas, jamais poderia se tratar de um acidente natural. E senão se trata de um mero acidente natural, o quê seria então? Uma nave extraterrestre muito bem camuflada? Ou quem sabe uma nave acidentada há milênios que fora encoberta pela poeira marciana? Tudo é possível! E se por acaso fosse mesmo um simples acidente natural, é claro que não estariam explorando isso com tanto interesse assim.


Coisas proibidas e mostradas de um modo bastante "desinteressado" e sutil existem mesmo, principalmente quando se trata dos enigmas encontrados durante as explorações espaciais! Na foto acima, você vê uma foto da NASA tomada por um dos seus astronautas, mostrando uma parte do módulo Apollo-16 pousado no solo da Lua em abril de 1972. Imagem bastante inocente, não? Pois é, tanto é que foi propositadamente cortada na sua parte superior, onde existe, bem numa escotilha triangular na parte central superior, alguma coisa bem estranha que penetrou no módulo.....


.... E veja nessa imagem a face do "simpático" bichinho que estava lá dentro - descoberto pelo pesquisador J. Burkhart ao examinar detidamente a foto. Evidentemente, a bizarra criatura, tal como um travesso gremlim, aproveitando a saída do astronauta, resolveu bisbilhotar o que havia lá dentro daquela coisa esquisita, precisamente o módulo da Apollo-16! Não se sabe o que realmente veio a ocorrer depois, porém, é certo que o astronauta deve ter tido um trabalhão danado para colocar aquela coisa abelhuda para fora. Uma coisa que certamente não se tratava de uma alucinação ou mesmo um fantasma, mas, sim, e muito certamente, uma criatura de natureza alienígena!


Porém, coisas bizarras e muito estranhas não são privilégios exclusivos dos corpos celestes mais próximos de nós, uma vez que aqui mesmo cá por baixo elas costumam se manifestar. Na foto acima, você vê algo bastante inusitado que foi captado pela imagem digital quando circulava em meio às aeronaves estacionadas em um aeroporto da cidade de Macachín, Argentina. Tal imagem somente se fez possível através da altíssima velocidade de uma câmera digital Minolta de última geração, dotada de uma lente com 135 mm e uma velocidade de 1/1000, ou seja, uma milésima fração de segundo na abertura do seu obturador! Em outras palavras, tal criatura, vinda sabe-se lá de onde, era mesmo invisível aos olhos.... (FOTO: Fabián Romero)


..... Exaustivamente examinada até mesmo pelas autoridades policiais de Pampa, chegaram à conclusão que a bizarra criatura diáfana, aparentemente voadora, quando em comparação à hélice do avião mais próximo, era dotada de uma altura de cerca de 80 centímetros de altura - sendo, ainda, humanóide, dotada de um corpo, membros, olhos e até mesmo de uma espécie de bico!


Aqui, uma ampliação por nós devidamente realçada, mostra os detalhes da face daquela insólita criatura. Repare nos olhos. Estranho, não? E o quê exatamente fazia ela em meio aos aviões daquele aeroporto?


Temos a mais absoluta certeza de que o ar que nos envolve por vezes transporta, não somente as tradicionais ondas de Rádio, TV, Radar e Telefonia, as quais não vemos e sequer sentimos (e que, por sinal, estão, neste exato momento, atravessando seu corpo), porém existem mesmo e são atuantes, como também transportam criaturas pertencentes aos domínios desconhecidos de, quem sabe, muitos outros mundos e muitas outras variadas dimensões. Os olhos não podem ver, porém as altas velocidades das modernas máquinas fotográficas podem certamente nos revelar muitas e inúmeras surpresas.....


..... Assim sendo, até que ponto, por exemplo, os chamados fantasmas seriam, de fato, fantasmas no verdadeiro sentido da palavra? Quais espécies de desconhecidas criaturas conviveriam em dimensões paralelas e muito próximas de nós, as quais por vezes se interpenetrariam?


Os mais desconhecidos e estranhos portais da Natureza, do Espaço e do Tempo, por vezes se abrem, e quanto a isso não devemos ter a menor dúvida! Os chamados "mortos", por exemplo, apenas mais uma nuance desse aspecto, passam certamente para uma outra dimensão - algo que, aliás, a Ciência de Vanguarda já reconhece. E para além dela, o quê, então, haveria a mais?


Portas físicas que se abrem repentinamente para o nosso mundo? SIM, e nesse partiicular vale relembrar o estranho caso das "crianças verdes", ocorrido em uma distante época, precisamente em agosto de 1887, em Banjos, Espanha. Encontradas em uma caverna pela atônita população daquela cidade, as estranhas crianças, olhos amendoados e usando vestes desconhecidas, dotadas de traços negróides e uma pele literalmente verde, falavam um estranho idioma, não comiam e não respondiam às perguntas. O menino, muito debilitado, veio a falecer algum tempo depois. A menina, que viveu por apenas cinco anos mais, acolhida pela família do juiz Ricardo de Calno e somente se alimentando de vegetais, quando finalmente aprendeu a falar o idioma local, disse que ambos eram pastores e vinham de um mundo quente, porém iluminado por um sol fraco, dotado de luz verde! Segundo revelou, ambos foram colhidos por estranho e enorme redemoinho, sendo subitamente por ele carregados para o interior da caverna na qual foram encontrados..... Seres advindos através de uma "janela do tempo", de uma outra dimensão - ou quem sabe de um mundo subterrâneo? Tudo é mesmo possível!


Campeoníssimos absolutos das portas induzidas, temos os intrigantes UFOS como um dos mais notáveis aspectos desse fenômeno. Capazes à vontade de se materializarem (e da mesma forma se desamaterializarem) na nossa atmosfera, no nosso espaço e provavelmente no nosso TEMPO, tudo assim denota que se trata de uma forma de energia plenamente manipulável! Por outro lado, certos fenômenos naturais possibilitariam que no nosso mundo físico por vezes se abram certos vórtices desconhecidos, permitindo assim atingir os domínios pertencentes a outras dimensões, outros espaços e outros períodos de tempo. Nada demais nisso, uma vez que a mais espantosa realidade sempre cheira a bruxaria! No nosso planeta, sabemos, além do famigerado Triângulo das Bermudas, existem outras 12 (doze!) regiões chamadas de "Cemitérios do Diabo" onde, além de estranhas distorções eletromagnéticas, desaparecem, para sempre e sem quaisquer explicações, pessoas, navios e aviões!


E quem sabe não existiriam muitos mais do que os 12 já devidamente mapeados? Aqui, temos uma bela paisagem, não? Contudo, não somente bela como talvez um tanto ou quanto sutil e perigosa. Nesse local fica a desembocadura do rio Martim de Sá, no litoral de Caraguatatuba, Estado de São Paulo, Brasil. Há alguns anos atrás, um jovem e a sua namorada cruzavam essas águas na direção da praia, quando algo absolutamente inusitado aconteceu: o jovem, diante dos atônitos olhos da namorada que o seguia, em um átimo simplesmente se evaporava - sumiu um pleno ar e nunca mais se teve notícias dele! Supondo tratar-se de areias movediças ou que talvez um buraco que o tivesse tragado, até mesmo estudos geológicos do local foram procedidos, porém nada se apurou..... Como se o homem tivesse sido tragado rumo a algures por uma porta invisível que repentinamente se abriu na nossa dimensão e no nosso tempo! E não há qualquer lenda nisso: a memória do jovem, que era funcionário de uma montadora de automóveis em São Paulo, até hoje é homenageada tendo o seu nome gravado em uma das ruas internas daquela empresa multinacional!


Há, sem qualquer dúvida, inúmeras portas induzidas - e várias dotadas de diferentes naturezas! A experiência nos ensina que jamais devemos duvidar ou sequer escarnecer de nada, uma vez que NADA ainda sabemos sobre os grandes mistérios e notadamente sobre as forças desconhecidas que nos cercam. Você sabia que nos museus, precisamente nas seções de Egiptologia e múmias, ainda flutuam odores e vibrações de bálsamos antigos? Nossos frágeis e limitados olfatos são incapazes de senti-los, mas eles estão ali, presos - agregados por milênios às bandagens das múmias que os envolvem! E as múmias, por sua vez, mágica e ritualisticamente embalsamadas e tendo as suas partes espirituais acessórias também por milênios aprisionadas, não deixam por sua vez de estar VIBRANDO, de certa forma VIVAS! Nós mesmos, e até as coisas materiais, deixamos os nossos espectros vibratórios nos lugares por onde passamos. Fotos em infravermelho de estacionamentos vazios, mostram os espectros dos automóveis que ali estiveram estacionados há muito tempo atrás. Tudo é vibração. E o mesmo acontece nos interiores das antigas tumbas e templos egípcios como, por exemplo, você pode ver acima, bem na extremidade direita da foto.....


.... Isso mesmo que você viu! Uma vibração espectral em forma de múmia, ou corpo mumificado, não visível aos olhos, porém, detectada pela nítida imagem da foto (negativo à direita)!


E por falar em Egito, você, por acaso, já ouviu algo a respeito do Valley of Fire, ou Vale do Fogo - uma estranha região desértica situada no Estado de Nevada, EUA? O que teria, então, uma coisa a ver com a outra, Egito e EUA? Quase tudo, uma vez que nesse estranho local existem curiosas esculturas que representam rostos, e ainda.....


... Até mesmo a representação de um chacal, talvez aquele que muito mais tarde seria reverenciado no Antigo Egito sob a denominação de Anúbis - o guardião das tumbas e zelador do mundo interior!.... (FOTO: © Setember Sky)


.... E não venham os céticos nos dizer que seriam "meros trabalhos erosivos", uma vez que grandes painéis rochosos ali estampam as marcas de uma antiquíssima - e além de tudo desconhecida - cultura que por lá deixou tais marcas! Não se sabe quem foi ela e como exatamente veio a desaparecer, contudo, não seria mesmo muito sugestivo o nome do lugar, VALE DO FOGO, o qual passou através de muitas gerações, talvez de modo a lembrar uma antiga e milenar guerra que devastou tudo, assim como nos dizem as sempre insistentes lendas e tradições mundiais? Esse lugar, aliás, é considerado assombrado, não somente pelo seu soturno e sombrio aspecto, como muito principalmente porque ali também se manifestam estranhos espectros que parecem reviver seus velhos habitantes, criaturas que ali viveram em um passado muito distante e esquecido!


Também os ambientes herméticos e soturnos dos museus, no que se refere à guarda de múmias e certos objetos rituais do passado, tornam-se extremamente propícios a esses tipos de manifestações, ainda não inteiramente explicadas pela Ciência. Nessa foto, na qual um estranho espectro foi captado flutuando no ambiente, vemos uma imagem obtida no "Museo de Arqueologia de Alta Montaña", situado em Salta, Argentina, onde são guardadas múmias incas descobertas no vulcão Llullaillaco, antigo e importante centro cerimonial daquele povo. (FOTO: Argentina.com)


"Congelada" no tempo, dir-se-ia dormindo! E quem sabe não seria isso mesmo? Acima, uma das três estranhas múmias supostamente Incas, encontradas em Llullaillaco e expostas no Museu de Salta - todas encontradas em um nicho secreto, uma espécie de santuário - uma câmara secreta, postada a uma grande altitude por centenas de anos ou, quem sabe, milênios. O certo é que algumas das antigas civilizações conhecidas herdaram uma herança expressivamente mais antiga e evoluída, por sua vez advinda de um passado muito mais remoto, a qual permitia lidar não somente com os mistérios da Biologia, a Ciência que estuda a vida, como também a Tanatologia - a Ciência que trabalha com a morte - o que não deixa de ser uma espécie de Porta Induzida! E as Portas Induzidas, por vezes e de certa forma, permitem mesmo VIAJAR NO TEMPO - rumo ao futuro, conservando células e DNA, de modo a revivê-las EM UM OUTRO CORPO, através das técnicas da manipulação genética - uma Ciência (e a moderna experiência nos prova isso), que está, neste exato momento, da mesma forma sendo REVIVIDA pelos nossos cientistas mais ousados! E não seria exatamente ISSO que os antigos Iniciados e os hábeis mestres na arte da mumificação pretendiam e esperavam?


Outra estranha múmia "inca", esta, por sua vez, curiosamente reverenciada e chamada por várias gerações de "A Menina dos Céus" - "La Niña de Los Cielos"! E até que ponto devemos literalmente interpretar essa muito sutil denominação? E por que exatamente este nome? E por que ninguém ainda se deu ao trabalho de examiná-la mais detidamente, realizando, por exemplo, testes de morfologia, células, sangue e DNA? O quê exatamente temem e assim evitam encontrar? Repare no detalhe do curioso formato, como também dedos da sua mão. Aqui, sem dúvida, flutuam "odores", por seu turno metafóricos e imperceptíveis, do mais denso mistério!


Sim, por outro lado existem lugares onde não só flutuam os imperceptíveis odores dos mistérios e dos bálsamos muito antigos, como também vibram certas forças muito atuantes, as quais totalmente desconhecemos. E os nebulosos domínios do Ocultismo já não se confundiriam hoje com os inexplorados territórios da Ciência? A mumificação, herança de mais antigas e esquecidas civilizações perdidas, consistia em exatamente "prender", por assim dizer, como uma espécie de "suporte mágico", a personalidade e as partes acessórias dos defuntos, igualmente mantendo-as de certa forma vivas - e VIBRANDO - em um ambiente surreal e muito paralelo à nossa dimensão física. Estranho? Sim, mas o fato é que certas pessoas mais psiquicamente evoluídas podem mesmo sentir essa presença, estabelecer um elo mágico de comunicação! Nada, absolutamente NADA, sabemos sobre o que se passa para além do nosso mundo tridimensional e essencialmente materialista. Portanto e da mesma forma, absolutamente e em sã consciência, acerca de NADA podemos duvidar ou mesmo ridicularizar. Uma vez que, cada um de nós, forçosamente e um dia qualquer, terá uma prova disso, lá nos outros planos, lá pelas outras dimensões, com as quais sequer sonhamos - onde, de fato, existem inúmeras Entidades - algumas delas que amorosamente nos esperam. Viver, pois, a vida da maneira mais simples e natural possível; amar no mais santificado e no mais puro sentido da palavra; jamais deteriorar e sobretudo honrar as tradições hereditárias e universais - e muito principalmente praticar o perdão e a misericórdia em toda a sua plenitude, serão as chaves para abrir os Portais maravilhosos que inevitavelmente e um dia qualquer nos esperarão - exatamente na Maior de Todas as Portas Induzidas, situada logo após - bem adiante - ao atravessarmos um certo túnel sublime e muito luminoso, o qual, de forma maravilhosa, abrir-se-á para os ilimitados horizontes da verdadeira vida.







Total de visualizações de página

Página FaceBook