BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


sexta-feira, 2 de outubro de 2015

O que Sabemos não é tudo que Existe - Parte 197 CONSIDERAÇÕES SOBRE UM TEMA RELEVANTE



"Durante vinte anos passamos do estágio das teorias ao estágio dos índices sérios, e procuramos agora obter novas provas. Por isso, apelo para os sábios de todos os países para que seja empreendida uma investigação concentrada do nosso passado; investigação que deveria sr efetuada por equipes internacionais compostas por especialistas oriundos de centros de pesquisas humanistas e tecnológicas. 

Apelo para todos os homens de boa vontade para que dêem o seu apoio a tal investigação, mesmo que ela possa afetar a concepção própria e anterior do passado e dos seus acontecimentos..... Transformar as divindades e o misterioso culto dos deuses do passado num encontro natural e compreensível com os detentores de uma ciência altamente desenvolvida, vindos do espaço para visitar nosso planeta, parece, pois, uma solução que colocaria muita coisa no seu devido lugar" (Dr. Frede Melhedegaard - Cientista e pesquisador de antigas civilizações)




Órion, a mais brilhantes das constelações, situada no Equador Celestial, é considerada pelos Astrônomos como uma das mais interessantes do céu. E essas são as três mais brilhantes estrelas do chamado "Cinturão" da Nebulosa de Órion, algo que também possui uma caracteristica por sua vez muito mais interessante e relacionada ao distante passado terrestre.....


.... Pois, como aliás é notório, já está provado que a disposição das três principais pirâmides de Gizé, no Egito, obedecem com espantosa precisão tal alinhamento - algo que jamais poderia ter se tratado de uma mera coincidência e que, por seu turno, denotaria a antiga presença de visitantes espaciais (ou possivelmente de Instrutores e Iniciadores Cósmicos), em tempos muito recuados e esquecidos do nosso planeta! (FOTO: © GoogleEarth)


Com o aprofundamento da exploração espacial, os Astrônomos já conseguem visualizar com muito mais clareza os mistérios existentes na imensidão do Universo. Antigamente os telescópios produziam visões genéricas, porém tudo mudou mediante o lançamento dos modernos módulos exploratórios, assim como o Telescópio Espacial Hubble que, viajando aos confins do espaço sideral, fornece imagens muito mais detalhadas e precisas. Acima, vemos uma imagem genérica da Nebulosa de Órion....


.... E aqui, uma outra imagem bem mais aproximada das cercanias de Órion, onde um nítido objeto discóide foi flagrado!.... (FOTO: J. Bally (University of Colorado) and H. Throop (SWRI))


 .... O qual, porém, não foi o único! Um outro estranho objeto foi igualmente detectado naquelas paragens, provando assim que existem por lá civilizações altamente evoluídas e tecnológicas, capazes de se locomover através do espaço sideral! (FOTO: Mark McCaughrean (Max-Planck-Institute for Astronomy), C. Robert O'Dell (Rice University), e NASA)


Algo que, aliás, o pessoal da NASA já está mesmo cansado de saber, uma vez que tais civilizações, algumas possivalmente de diversas outras origens que não Órion, conseguem chegar até mesmo ao nosso Sistema Solar, logicamente tendo conseguido os necessários meios de propulsão para cruzar as incomensuráveis distancias do Universo. Na foto acima, dois UFOs espreitam a tripulação da Apollo-11 quando no solo da Lua. Como podem, então, certos setores hipocritamente negar que eles existem?


Pois, mesmo aqui na Terra essas máquinas fantásticas são freqüentemente avistadas e até fotografadas por testemunhas idôneas, muito embora esses tais "certos setores" teimosamente se recusem a admitir a sua existência. Nessa foto, tomada por um soldado do Exército Britânico, um enorme UFO, perfeitamente nítido e ainda mais em baixa altitude, fazia as suas evoluções sob o nebuloso céu de South Wales.


E esse é um moderno e potente helicóptero da Polícia Britânica, o qual esteve recentemente envolvido em uma surpreendente ocorrência envolvendo um UFO....


.... Simplesmente algo como um inusitado ataque efetuado a 500 pés de altitude contra aquela aeronave nos céus de Cardiff! A ilustração acima demonstra como foi o tal evento: - O UFO, descrito como ostentando um formato discóide com luzes circulares, primeiramente detectado pela Base Militar de de Saint Athan, vindo de baixo e em estupenda velocidade, arremeteu em rota de colisão direta contra o helicóptero! O piloto, numa manobra brusca e arriscada, efetuou um giro de evasão lateral de modo a evitar o impacto. O que se seguiu daí foi uma espantosa perseguição nos céus, que atravessando o Canal de Bristol, chegou ao outro lado - precisamente na costa de Devon! Evidentemente uma provocação, resultando numa brincadeira de gato e rato, fazendo assim toda a altamente experiente tripulação do helicóptero de boba - uma inútil caçada que no final das contas seria o mesmo que se a comparássemos a uma corrida entre uma desajeitada carroça e uma potente Ferrari! (IMAGEM: The Sun)


- O quê está exatamente está acontecendo? Uma mulher foi abduzida, um helicóptero atacado! - perguntou em sua manchete num artigo intitulado "Aliens Everywhere" (literalmente "Aliens em todos os lugares"), o sóbrio The Independent, uma publicação britânica. Depois de noticiar uma onda de nada menos que 13 UFOs que acintosamente sobrevoaram um acampamento militar, o ataque ao helicóptero em Cardiff, discos alaranjados sobre Liverpool e, ainda, o seqüestro de uma mulher por alienígenas, noticiou também que em meados de maio de 2008 o Ministro da Defesa Britânico anunciou a liberação da documentação oficial sigilosa sobre UFOs no período de 1978 a 1987. A pressão sobre o Governo Inglês foi tanta que este se viu forçado a tomar essa atitude, embora parcial. O que motivou isso? Foi justamente o fato de que em apenas 24 horas de janeiro de 2008 foram efetuados mais avistamentos de UFOs do que em todos os quatro primeiros meses do ano anterior, 2007!


Todavia, esse espinhoso assunto é mesmo bastante antigo. Nesse particular, vale sempre recordar o revelador episódio ocorrido em 25 de fevereiro 1942, quando os sistemas de defesa norte-americanos detectaram um objeto voador não identificado se aproximando da costa da Califórnia. Foi, então, acionado o "Alerta Verde" preparando as tropas para uma eventual ataque inimigo. Às 2:15 horas, com o objeto já na costa de Los Angeles, foi ordenado o ataque com as poderosas baterias antiaéreas costeiras. Logo, precisamente às 3:06 horas, o misterioso objeto simplesmente "estacionou" no céu, como que ostensivamente desafiando as forças militares que já o iluminavam com os seus potentes holofotes. O que se viu a partir daí, foi um intenso bombardeio contra o UFO, o qual simplesmente não parecia ser afetado pelos projéteis. Aliás, não o foi mesmo - nada na Terra resistiria a uma ofensiva desse tipo! Após a inútil utilização de nada menos que 1440 cargas de munição antiaérea, o objeto simplesmente evoluiu, partindo a uma estupenda velocidade rumo aos confins do céu! (FOTO: Los Angeles Times)


Essa ampliação do detalhe nos mostra as detonações da munição antiaérea do Exercito Americano, as quais simplesmentes não atingiam o UFO, possivelmente devido ao seu poderoso escudo de proteção - algo que, de fato, essas máquinas desconhecidas efetivamente possuem. E ainda perguntam "O que está acontecendo"?


Pois, "O quê está acontecendo" é algo que, de fato, já acontece mesmo.... E há muito mais tempo do que se acredita! Na verdade, muitos sabem "o que exatamente acontece" porém simplesmente silenciam. Sem contarmos alguns certos setores científicos e acadêmicos, o Museu do Vaticano é um outro local onde muitos segredos estão ciosamente guardados e onde muita coisa se esconde, não somente para além dos seus arquivos secretos, como também por trás de certas "obras de arte" do seu acervo! Essa muito curiosa escultura metálica, por exemplo, adorna um dos seus jardins e não se sabe exatamente o que significaria - ou, então, o quê precisamente o antigo artista veladamente desejou transmitir à posteridade. Ela nos mostra a clara representação estilizada de algo avariado, uma espécie de satélite artificial do passado longínquo ou, quem sabe, um antigo acidente envolvendo um UFO! Que isso é muito estranho, lá isso é. Principalmente se lembrarmos que há algum tempo, trabalhadores no Vaticano acidentalmente descobriram nos seus porões, enterrados sob velhas lápides - que, aliás, em Latim estampavam a frase "Sepulturas de Anjos" - os esqueletos de bizarras criaturas humanóides!


Nada demais nisso, pois mesmo hoje os UFOs, assim como certas bizarras criaturas humanóides, logicamente deles advindas, sem a menor cerimônia circulam por aqui! Essa imagem faz parte de um vídeo que mostra os procedimentos de necropsia em uma delas, evidentemente levada a efeito em época e local não revelados. (IMAGEM: © LiveLeak)


O legista, num exame preliminar, verifica o corpo da estranha criatura. Note-se o grande volume do seu crânio e a mão em forma de garra. (IMAGEM: © LiveLeak)


Aqui, precisas incisões abrem o peito do estranho ser humanóide. (IMAGEM: © LiveLeak)


E a aplicação dos afastadores cirúrgicos nos permite ver com mais clareza a estranha estrutura interna do tórax daquela bizarra criatura, decididamente muito diferente daquela encontrada nos seres humanos. Note-se o estranho formato do osso Externo, bem como a reduzida quantidade de costelas a ele agregadas. Isso não é mesmo coisa deste mundo! (IMAGEM: © LiveLeak)


A antiga presença de viajantes espaciais no nosso planeta é algo que não mais pode ser negado. Desde os mais remotos tempos, ditos pré-históricos, o assim chamado homem primitivo já estampava nas eternas rochas tudo aquilo que efetivamente via e que, sobretudo, reverenciava. Capacetes, auréolas, tudo isso se torna bastante evidente, cristalino - além de tudo extremamente lógico e conclusivo. E só não enxerga isso aquele que não quer.


Até porque cientistas mais lúcidos e dotados de uma visão lógica e sobretudo ampla - por exemplo, o Dr. Klaus Keplinger - conseguiram interpretar em alguns pictogramas das velhas civilizações conhecidas - uma delas a Civilização Maia - os registros de um passado muito remoto no qual existiam máquinas na Terra! Seria uma lembrança atávica, muito distante, dos tempos esquecidos, a qual se perpetuou através de muitas gerações - as marcas dos "Antigos Deuses"? (Ilustrações: Jacques Bergier e Georges H. Gallet)


Sem qualquer dúvida! Como explicar, então, o fato de que em quase todos os rincões do nosso globo, isso em terras distantes e muito diferentes entre si, antigas culturas que mal se conheciam e que teoricamente não tinham qualquer contato, representavam, não só nas suas pinturas como também nas suas esculturas e adornos sagrados, as sempre insistentes figuras de máquinas voadoras diversas, inclusive UFOs? ....


..... Como também, claro, as nítidas e indiscutíveis representações de Antigos Astronautas? Concordaria conosco que, quando se está diante de coisas como essas, não há mesmo como se negar evidências tão reveladoras e tão gritantes? (Ilustração: Jacques Bergier e Georges H. Gallet)....


Pois, a hipótese da vida espalhada pelo Universo é algo que também não mais pode ser contestado, já deixando, então, de ser uma simples hipótese para se tornar um dura realidade - uma realidade diante da qual todos os céticos forçosamente terão que calar, rendendo-se às sempre crescentes evidências. Como já abordamos em uma página anterior, a Mars Phoenix da NASA, efetuando suas escavações para fins de análises no solo de Marte, constatou que esse solo é"tão bom quanto o solo de qualquer quintal da Terra". E os perplexos cientistas foram ainda mais longe quando recentemente declararam que vários tipos de vegetais terrestres poderiam nele se desenvolver sem qualquer tipo de problema! Foram encontrados minerais - como, por exemplo, o magnésio, o sódio, o potássio e ainda íons clorídricos - como também verificado que o nível de pH desse solo está situado entre 8 e 9. Assim, os vegetais que se desenvolvem em meio alcalino - tais como aspargos, feijões verdes e assim por diante, estariam em um campo altamente propício para sua cultura e desenvolvimento. Porém, curiosa mesmo foi a (sempre sutil) conclusão dos cientistas (grifos nossos): - Esse solo claramente interagiu com a ÁGUA no passado.... Encontramos o que aparenta ser os meios necessários, os nutrientes, para suportar a vida NO PASSADO, no presente ou no futuro".


Portanto, através de uma projeção lógica e matemática, se em um planeta que outrora foi fértil e hoje se acha devastado, a vida ainda pode se manifestar em forma latente, ela certamente existiria de forma ativa em todos os rincões do Universos onde as condições para abrigá-la sejam devidamente propícias. Não existem meios-termos quanto a isso. E a presença de vida lá "por cima" não deixa de significar que seres inteligentes altamente evoluídos, muito milhares de anos à nossa frente, possam viajar de mundos para mundos - ou até mesmo se estabelecer em alguns deles. Na foto acima, tomada por satélite do Google, uma coisa muito estranha sobressai das águas do Oceano Atlântico. Seria um OSNI (Objeto Submarino Não-identificado), talvez um clássico UFO, ou então....


.... Quem sabe uma das base alienígenas (que, por sinal, as grandes potências mundiais SABEM EXISTIR) encravadas nas profundezas do nossos oceanos e que, de quando em vez, assomariam à superfície? Aqui, uma outra coisa bizarra e não-identificada também emergia das águas do mar. Certamente, tudo isso prova que não estamos sós tanto lá "por cima" quanto aqui "por baixo" mesmo! E, assim sendo, torna-se altamente possível que muitos UFOs podem estar vindos de muito, MUITO mais próximo do que se pensa! (FOTO: Google)


Uma vez que, desde um longo tempo, essas criaturas pertencentes à tipologia alienígena gray (ou "Cinza"), estão aqui, no nosso mundo infiltradas - seqüestrando, matando, atacando, produzindo suas sinistras experiências genéticas - sempre com obscuras intenções. A evolução tecnológica não necessariamente significa uma avançada evolução espiritual ou moral. E não temos o exemplo disso aqui mesmo na Terra? Em mais de 2 mil anos de progresso e evolução tecnológica, o quê vemos? - O Homem terrestre se degradando cada vez mais, lamentavelmente pervertendo a sua Divina Essência como criatura senciente e racional! Em contrapartida, é óbvio que na totalidade do Universo certamente existem outros seres igualmente avançados, porém benevolentes e altamente espiritualizados. Toda moeda tem mesmo os seus dois lados! A Terra, um oásis abençoado em meio a muitos outros mundos estéreis ou em extinção, presentes na vastidão do espaço sideral, certamente deve despertar a cobiça e a perigosa atenção de algumas criaturas malévolas e mal intencionadas.


Por outro lado, as Antigas Tradições nos dizem que os benevolentes "Deuses Celestes", do nosso mais remoto passado, - os responsáveis diretos pela nossa evolução - numa certa época, profundamente entristecidos com o caráter humano, nos abandonaram - retornando às suas origens, deixando-nos, assim, através do livre arbrítrio de que dispomos, entregues ao próprio destino que forjamos. Mera ficção científica? Afirmações místicas ou visionárias? NÃO; NÃO MESMO! Pode-se queimar um livro, suprimir cada uma das suas páginas, eliminar cada uma das suas letras, porém nunca as idéias que ele contém. É eficaz, verdadeiramente poderosa, a grande conjuração do silêncio! Mesmo assim, e apesar dela, nada deve ser desprezado - uma vez que TUDO, TUDO MESMO, um dia, tornar-se-á claro e finalmente revelado! Pois, não é realmente verdade que disseram, em certa época de trevas, que a Terra era plana, o centro absoluto do Universo? Que o Homem jamais poderia voar? Que ele jamais chegaria à Lua? Que a vida somente existe na Terra? A História é, de fato, costumeiramente revestida de um caráter cíclico e, portanto, sempre se repete, porém com outros personagens - ou, talvez, com os mesmos "atores" do passado, todavia dotados de "embalagens" diferentes! Assim é: - Pois, eles, esses tragicômicos "atores" de uma trôpega farsa - muito convenientemente cegos, surdos e mudos - não nos dizem HOJE que "os UFOs não existem" e, no entanto, os UFOs REALMENTE EXISTEM?






Total de visualizações de página

Página FaceBook