BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Cientistas desvendam mistério com 300 anos: bactérias conseguem ver



Bactérias, mesmo as menos complexas, conseguem «ver» quase como os humanos, segundo uma nova pesquisa, que vem desvendar um mistério que intrigava os cientistas há mais de 300 anos.



E como? As bactérias fazem-no ao transformar o seu corpo numa espécie de lente de máquina fotográfica que consegue focar um spot específico, o que desencadeia movimentos em direcção aos focos de luz.
O investigador principal, Conrad Mullineaux, do Queen Mary University, em Londres, afirmou que «a ideia de que as bactérias conseguem ver tal como nós é entusiasmante».
A equipa baseou o seu estudo na Synechocystis, uma espécie de cianobactéria – microorganismos que se encontram em rochas, líquenes e musgo e que fazem a fotossíntese para captar a energia do sol.
A habilidade para percepcionar a luz é crucial para a sobrevivência destas bactérias, que já andam por cá há mais de dois mil milhões de anos.
De destacar que uma célula Synechocystis é sensivelmente mil milhares de vezes menor que o olho humano.
O estudo foi publicado no jornal eLife e demonstra que a evolução consegue abranger desde os mais ínfimos organismos até aos humanos.


Total de visualizações de página

Página FaceBook