BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


segunda-feira, 11 de julho de 2016

Crateras que se Formam pelo Mundo





As mudanças se aceleram: Surgiram dezenas de novas crateras (Sinkholes) suspeitas no norte da Rússia: 



Duas das grandes crateras (Sinkholes) recém-descobertas – também conhecidas como funis pelos cientistas – se inundaram com água e se transformaram em lagos, revelou o Professor Bogoyavlensky, vice-diretor do Oil and Gas Research Institute, que faz parte da Academia de Ciências da Rússia.




Até agora, apenas três grandes crateras (sinkholes) eram conhecidos no norte da Rússia com várias fontes científicas especulando no ano passado que o aquecimento global, desde a superfície, devido às mudanças das condições climáticas excepcionalmente quentes, e a partir de baixo, devido a falhas geológicas, levou a uma enorme liberação (explosões) de gás de hidratos, assim fazendo com que surgissem estas dezenas de novas crateras nas regiões árticas da Sibéria. 





Sinkholes: surgem dezenas de novas crateras no congelado norte da Rússia. O famoso sinkhole-buraco Yamal localizado cerca de 30 quilômetros de Bovanenkovo, descoberto em 2014 por pilotos de helicóptero que sobrevoavm a área – B1 já não esta mais sozinho. 

Novas fotos de satélites mostram um novo buraco gigante cercado por 20 crateras menores. O cientista de Moscou, o professor Vasily Bogoyavlensky pediu uma investigação “urgente” do novo fenômeno em meio a temores de riscos de segurança na região,por causa das explosões de gás que formariam as crateras.




O novo Sinkhole B3  localizado cerca de 90 km da vila de Antipayuta, distrito de Yamal, na Sibéria, Rússia.

Até agora, apenas três grandes crateras eram conhecidos no norte da Rússia com várias fontes científicas especulando no ano passado que o aquecimento global a partir de cima, desde a superfície, devido às mudanças das condições climáticas excepcionalmente quentes, e a partir de baixo, devido a falhas geológicas, provocou uma enorme liberação de gás de hidratos, assim fazendo com que surgissem estas dezenas de crateras nas regiões árticas da Sibéria. 

Duas das novas grandes crateras (Sinkholes) recém-descobertas – também conhecidas como funis pelos cientistas – se inundaram com água e se transformaram em lagos, revelou o Professor Bogoyavlensky, vice-diretor do Oil and Gas Research Institute, que faz parte da Academia de Ciências da Rússia. 

Um exame usando imagens de satélite ajudou os especialistas russos a entender que essas crateras estão surgindo com maior intensidade do que foi percebido pela primeira vez, agora com o surgimento de um grande buraco cercado por mais de 20 mini-crateras, The Siberian Times pode revelar.




Quatro novas crateras surgiram na região russa do Árctico, na Sibéria: B1 – o agora famoso buraco Yamal situadoa  30 quilômetros de Bovanenkovo, B2 – cratera recentemente detectada a 10 km ao sul de Bovanenkovo, B3 – cratera localizada 90 km da vila de Antipayuta, B4 – cratera localizada perto da vila Nosok, no norte da região de Krasnoyarsk, perto da Península de Taimyr. Foto: Vasily Bogoyavlensky

“Nós sabemos agora sobre sete crateras na área do Ártico”, disse ele. “Cinco estão diretamente localizadas na península Yamal, uma no distrito Autônomo de Yamal, e uma está no norte da região de Krasnoyarsk, perto da península de Taimyr. 

‘Nós temos a localização exata para apenas quatro delas. Os outros três sinkholes foram vistos por pastores de renas. Mas tenho a certeza que há mais crateras em Yamal, só precisamos de procurá-las para encontra-las”. 

‘Gostaria de comparar isto com cogumelos: quando você encontrar um cogumelo, certifique-se que há um pouco mais ao redor dele. Acho que poderia haver mais  20 a 30 crateras’ na mesma região.

Ele está ansioso para investigar essas crateras por causa de sérias preocupações para a segurança nessas regiões. O estudo de imagens de satélite mostraram que perto do famoso buraco, localizado a 30 km de Bovanenkovo ​​já aparecem dois objetos potencialmente perigosos, onde a emissão de gases pode ocorrer a qualquer momento.


Imagem de satélite do local antes da formação do buraco Yamal (B1). K1 e o contorno vermelho mostram a colina (pingo), formada antes da emissão EXPLOSIVA de gases. Os contornos amarelos mostram os objetos potencialmente perigosos para explosão de novas emissão de gases e possíveis NOVAS CRATERAS. Foto: Vasily Bogoyavlensky


Ele alertou: “Esses objetos devem ser estudados, mas é bastante perigoso para os pesquisadores. Sabemos que pode ocorrer uma série de emissões de gases durante um período prolongado de tempo, mas não sabemos exatamente quando as emissões poderiam acontecer.

“Por exemplo, que todos se lembram as magníficas fotografias da cratera Yamal no inverno, feitas durante a última expedição em Novembro de 2014. Mas você sabia que Vladimir Pushkarev, diretor do Russian Centre of Arctic Exploration, foi o primeiro homem no mundo que desceu em uma cratera de emissão de gases? “Mais do que isso, foi muito arriscado, porque ninguém poderia garantir que não haveria novas emissões-explosões.”

O Professor Bogoyavlensky disse ao The Siberian Times: “Um dos objetos mais interessantes aqui é a cratera que marcamos como B2, localizada a 10 quilômetros ao sul de Bovanenkovo. Na imagem de satélite é possível ver que ela já é um grande lago cercado por mais de 20 crateras pequenas cheias de água. 

“No estudo das imagens de satélite, descobrimos que, inicialmente, não havia crateras nem um lago. Algumas crateras apareceram, e mais outras. Então, eu acho que as crateras se encheram com água e se transformram em vários lagos, para em seguida, se fundirem em um único grande lago, medindo cerca de 50 por 100 metros de diâmetro. 

“Este grande lago é cercado pela rede de mais de 20 ‘crateras’ novas agora cheias de água e suponho que novos sinkholes poderiam aparecer no verão passado ou até mesmo agora. Nós agora contá-los e fazer um catálogo. Alguns deles são muito pequenos, com não mais de 2 metros em diâmetro”.


Lago Yamal com traços de emissões de gases. Ele comentou: “Esta neblina que você vê na superfície mostra que o gás se infiltra, que se eleva desde o fundo do lago para a superfície. Nós chamamos este processo de “desgaseificação” Foto: Vasily Bogoyavlensky

“No entanto, nós não temos ido ao local, disse ele. “Provavelmente, alguns pastores de renas locais estiveram lá, mas até agora nenhuma equipe de cientistas”.

Ele explicou: “Depois de estudar este objeto tenho a certeza de que houve uma série de emissões de gases durante um período prolongado de tempo. Infelizmente, nós não sabemos, quando ocorrem exatamente essas emissões, ou seja, na maior parte no verão ou no inverno também. Nós vemos apenas os resultados deste emissões”.

O objeto B2 está atraindo atenção especial dos pesquisadores, que procuram entender e explicar o fenômeno.Este sinkhole esta a apenas 10 km de Bovanenkovo, um campo de gás major, explorado pela Gazprom, no Okrug Yamalo-Nenets. No entanto, as imagens mais antigas de satélite não mostram a existência de um lago, nem quaisquer crateras, nesta localização. 

Não só as novas crateras se formam constantemente em Yamal como mostram que o processo de emissão de gás esta ativamente em curso. O Professor Bogoyavlensky mostra a imagem de um dos lagos Yamal, tiradas por ele a partir do helicóptero e pontos na névoa esbranquiçada em sua superfície como podendo ser emissão de gases. 

Ele comentou: “Esta neblina que você vê na superfície mostra que o gás se  infiltra, que se eleva desde o fundo do lago para a superfície. Nós chamamos este processo de “desgaseificação”.  “Nós não sabemos, se havia uma cratera anteriormente ali, para em seguida, se transformar no lago, ou o lago foi formado durante algum outro processo. O mais importante é perceber que os gases de dentro da terra estão ativamente escoando para cima através deste lago.



O gigantesco Sinkhole B3  localizado há cerca de 90 km da vila de Antipayuta, no distrito de Yamal, na Rússia

“A Desgaseificação foi descoberta no território do Distrito Autônomo de Yamal  há cerca de 45 anos atrás, mas agora nós pensamos que ele pode nos dar algumas pistas sobre a formação das crateras e as emissões de gases. De qualquer forma, é preciso pesquisar esse fenômeno com urgência, para evitar possíveis desastres”.
O Professor Bogoyavlensky enfatizou: “Por enquanto, só podemos falar sobre os resultados do nosso trabalho no laboratório, utilizando as imagens do espaço. 
“Ninguém sabe o que está acontecendo nessas crateras no momento. Nós planejamos uma nova expedição ao local. Também queremos colocar quatro estações sísmicas no distrito de Yamal, para que eles possam registrar a ocorrência de pequenos terremotos, que acontecem quando a cratera (sinkhole) aparece. 
“Em dois casos, os moradores nos disseram que sentiram os tremores de terra. A estação sísmica mais próxima esta ainda muito distante para registrar esses tremores.


Acima cratera (Sinkhole) B4  localizado perto da vila Nosok, no norte da região de Krasnoyarsk, perto da Peninsula Taimyr.  Fotos: Autoria dos residentes locais

‘Eu acho que no momento sabemos o suficiente sobre a cratera B1. Houve várias expedições, tomamos sondas e fizemos medições. Eu acredito que nós precisamos é visitar as outras crateras, ou seja, a B2, B3 e B4, e, em seguida, visitar o resto da três crateras, quando soubermos a sua localização exata. Elas vai nos dar mais informações e vai trazer-nos para mais perto da compreensão desse fenômeno. “

Ele pediu: “É importante não assustar as pessoas, mas para elas entender que é um problema muito sério e temos de pesquisar isso. ‘

Em um artigo para a revista Drilling and Oil Magazine, Professor Bogoyavlensky disse que as paredes destas crateras sugerem uma explosão subterrânea.

“A ausência de rocha carbonizada e vestígios de erosão significativa devido a possíveis vazamentos de água fala em favor de uma poderosa erupção (escape pneumático) de gás a partir de um reservatório subterrâneo raso, que deixaram vestígios no solo que continha uma alta porcentagem de gelo (permafrost)”, ele escreveu. 


“Em outras palavras, foi um mecanismo natural de explosão de gás que aconteceu lá. Uma concentração de 5 a 16% de metano é explosiva. A concentração mais explosiva é de 9,5%. “


‘As paredes dessas crateras sugere uma explosão subterrânea. Fotos da cratera de Yamal tomadas por Vasily Bogoyavlensky

Provavelmente Gás concentrado em uma cavidade subterrânea ‘que se formou devido ao derretimento gradual de gelo enterrado no solo”.  Em seguida, ‘o gás substituiu o gelo e a água’.

“Anos de experiência tem demonstrado que as emissões naturais de gases podem causar sérios danos aos equipamentos de perfuração, campos de petróleo e gás e aos oleodutos offshore”, disse ele.  As ‘crateras que surgiram em Yamal são de natureza semelhante à uma “espinha” no rosto. 

‘Nós não podemos descartar novas emissões de gases no Ártico e em alguns casos, eles podem inflamar-se.’ Isso foi possível, no caso da cratera encontrada em Antipayuta, na península de Yamal. 

“Os moradores da região de Antipayuta contaram como eles viram alguns flashes. Provavelmente, o gás inflamou explodindo quando apareceu a cratera B4, perto da península Taimyr. Isso nos mostra, que tal explosão poderia ser bastante perigosa e destrutiva. 



No círculo vermelho um pesquisador assinalado para efeito de comparação do tamanho do sinkhole em Yamal.



A mais recente expedição à cratera Yamal foi iniciada pelo Russian Centre of Arctic Exploration no início de novembro de 2014. Os pesquisadores foram os primeiros no mundo que desceram em uma cratera de emissão de gases. Fotos: Vladimir Pushkarev / Russian Centre of Arctic Exploration











A mais recente expedição à cratera Yamal foi iniciada pelo Russian Centre of Arctic Exploration no início de novembro de 2014. Os pesquisadores foram os primeiros no mundo que desceram em uma cratera de emissão de gases. Fotos:  Vladimir Pushkarev / Russian Centre of Arctic Exploration 

“Precisamos responder agora as perguntas básicas: que áreas e em que condições são as mais perigosas? Estas questões são importantes para o funcionamento seguro das cidades e infra-estrutura de complexos de petróleo e gás existentes na região do norte. “

Pingos são pequenos montes, minúsculas colinas, com um núcleo de gelo, encontrado em regiões árticas e sub-árticas. Eles podem chegar a até 70 metros (230 pés) de altura e até 600 m (2.000 pés) de diâmetro na base. Eles geralmente aparecem quando as águas subterrâneas penetram entre o solo permafrost congelado e da camada superior, que derrete na temporada de verão. Eles costumam se formar em lagos drenados ou canais fluviais. No entanto, o gás não é um fator que contribua em sua criação. 


Outras  crateras que surgiram ao redor do mundo...

Sinkhole gigantesco engole casas na Rússia

O surgimento da imensa cratera perto da cidade de Solikamsk, na Rússia, remonta a novembro do ano passado, quando suas dimensões da superfície eram de apenas alguns metros, cerca de 20-por-30. Hoje, depois de nove meses, até o final de agosto, a cratera chegou a um impressionante tamanho de 122-por-125 metros de largura, informou o jornal The Siberian Times na quarta-feira.










O sinkhole de Solikamsk  (Rússia) está ficando maior. Aqui esta a comparação de novembro 2014 (esquerda) e em agosto 2015 (direita)



Por que BURACOS GIGANTES estão surgindo por toda a América do norte? É algo que esta acontecendo à toda a crosta da Terra?

Desde onde estão surgindo todos esses buracos gigantes? É claro que sempre houveram buracos, mas ao longo dos últimos anos, parece que tanto a força da gravidade assim como o número de buracos gigantes tem aumentado dramaticamente.

Então, exatamente porque tantos buracos gigantes estão surgindo, aparecendo por toda a América, de repente? É algo que esta acontecendo à toda a crosta terrestre, ou há alguma outra explicação?



Por que BURACOS GIGANTES estão surgindo por toda a América do norte e no planeta inteiro? É algo que esta acontecendo à toda a crosta da Terra?

Os “especialistas” estão culpando esta epidemia de buracos em coisas como terra solta, águas subterrâneas ácidas, novas construções, canos de água com vazamento, minas de carvão, fracking, longos períodos de seca seguidos de chuvas e esgotamento de aquíferos subterrâneos, mas será que eles realmente entendem e SABEM (os “especialistas”) o que está acontecendo?


Numa quinta-feira, dia 28 de fevereiro, um homem de 37 anos chamado Jeffrey Bush vivia em Seffner, perto de Tampa, na Flórida, morreu quando a terra embaixo de sua casa de repente se abriu e o engoliu vivo. Seu irmão tentou ajudá-lo, quando ouviu os gritos de Jeffrey, mas já era tarde demais. O quarto inteiro foi sugado para dentro da terra e a casa teve que ser rapidamente abandonada. Agora as autoridades estão admitindo que ele provavelmente nunca será encontrado.

Então, esse tipo de acidente é realmente “normal”? Seria uma coisa se isso fosse apenas um incidente isolado, mas a verdade é que buracos gigantes estão aparecendo com freqüência cada vez maior por todo o planeta recentemente. Poderia ser este um indício de que as principais (mudanças nos polos e campo eletromagnético do planeta que geram mudanças geológicas na superfície planetária) mudanças na Terra já estão a caminho?

Sinkhole gigante na Flórida

O estado da Flórida sempre foi uma área que tem sido propensa a surgimento de buracos, mas os números  mostram que os prejuízos com os sumidouros no estado aumentou muito nos últimos anos. De acordo com a  ABC News , o pagamento de indenizações de seguro de reclamações relacionadas com acidentes por causa dos buracos mais do que dobrou entre 2006 e 2009 …

O Condado de Hillsborough, onde Seffner está situada, é parte de uma área na Flórida propensa ao surgimento de buracos, com o pagamento de créditos de seguros associados a eles mais do que dobrando entre 2006 e 2009, de acordo com um relatório do Senado sobre a Flórida.

Mas isso é apenas no estado da Flórida, certo? Outras partes do país não estão sofrendo com este mesmo tipo de problema, certo? Muito Errado.



Basta verificar o que vem acontecendo em Harrisburg, no estado da Pensilvânia recentemente. Existem dezenas de buracos que se abriram em Harrisburg, e a cidade está tão falida que não tem mais dinheiro para consertar todos eles.

Na verdade, neste momento existem  41 buracos que foram documentados em Harrisburg, e muitos deles estão bem no meio da rua …

“A capital do estado da Pensilvânia está sofrendo de uma erupção de buracos monstros, mas os funcionários municipais estão também impossibilitados de fazer algo sobre isso.

Solo solto e com vazamentos, centenárias tubulações de água subterrâneas são os culpados pelo pesadelo municipal, que veio à tona na véspera do Ano Novo, quando um buraco de 50 pés (15 metros) “bocejou” se abrindo ao longo de Fourth Street, relatou  o Wall Street Journal“.


Milhões de pessoas ao redor do mundo acompanharam matéria sobre o primeiro buraco gigantesco que surgiu na região russa da Sibéria depois de ter sido revelado pelo The Siberian Times e na TV Siberian Times,

. “De acordo com os moradores locais, o buraco gigantesco teria sido formado em 27 de setembro de 2013. Os observadores dão várias versões sobre o ocorrido. De acordo com o primeiro, inicialmente, no local estava saindo fumaça, para, em seguida, acontecer um flash brilhante. Na segunda versão, um corpo celeste caiu lá provocando o estrago… As mais absurdas teorias abundam.


A cratera de oito metros de profundidade – uma de pelo menos outras 41 na cidade – é tão grande, que os moradores fizeram um “check-in” no site de mídia social Four Square. Alguns moradores insolentes  e os meios de comunicação  apelidaram o buraco “Sinkhole Super Walter”.




É claro que tem havido muitas cidades ao longo da história dos EUA que sofreram tal epidemia de buracos, certo?  Não há nenhuma razão para se alarmar, certo?

Em um artigo anterior sobre buracos, eu falei sobre um sumidouro que recentemente se formou em Ohio, que era do tamanho de quatro campos de futebol e que tinha mais de 30 metros de profundidade. Ele fez com que parte da State Route 516 entrasse em colapso e as autoridades estavam projetando que a estrada vai continuar fechada nos próximos meses.

Mas isso é “normal”, certo?

O buraco gigante na Louisiana, em Paróquia Assunção, que fez as manchetes em todo o país no ano passado, está agora com mais de 800 metros de diâmetro . Ele apenas continua a crescer, e as autoridades não têm ideia de quando vai parar de crescer.


Aos analistas, embora não pareça haver ameaça significativa adicional para a área em geral, até que a atividade subterrânea diminua novamente, as operações diretamente sobre o escoadouro foram suspensas. O principal sumidouro já atingiu mais de 800 metros de diâmetro e a parede ocidental continua a entrar em colapso. Duas semanas atrás (em fevereiro 2013), os funcionários relataram que cerca de mais 5.000 metros quadrados caiu no lado sudoeste do sumidouro, as autoridades chamam isso de descamação. O local continua emitindo gás metano.

Mas este tipo de coisa acontece o tempo todo, certo?

Recentemente, grandes buracos forçaram o fechamento de estradas  em Nova Jersey e no Arizona . É claro que esses incidentes logo serão esquecidos, porque há mais histórias de notícias sobre buracos grandes nos Estados Unidos quase todos os dias agora. Buracos gigantes estão agora acontecendo com tal regularidade que as pessoas quase não tomam conhecimento e nem se importam mais.

Você pode ver algumas fotos de alguns dos mais loucos buracos nos últimos anos aqui mesmo . Seria uma coisa se buracos gigantes foram aparecendo apenas nos Estados Unidos, mas que isso infelizmente não é o caso.

Por exemplo, um buraco que apareceu no meio da Cidade da Guatemala em 30 de maio de 2010 e tinha  cerca de 30 andares de profundidade(cerca de 100 metros). Down in Sarisarinama, Venezuela alguns buracos apareceram nos últimos anos que são com mais de 100 metros de largura .


Um buraco de aproximadamente 30 andares de profundidade apareceu num domingo, dia 30 de maio de 2010 na Cidade da Guatemala, engolindo uma fábrica de três andares inteira, matando 15 pessoas...

A China tem sido um dos piores lugares do mundo para buracos ao longo dos últimos anos. De fato, basta verificar o que vem acontecendo  em uma aldeia na China recentemente …

Moradores da aldeia de Lianyuan em Hunan, província no sul da China estão pisando cautelosamente nos últimos meses. Mais de 20 buracos se abriram no chão desde setembro passado. As cavernas, que variam em tamanho, estão colocando em colapso casas e rios que secam. E nunca há qualquer aviso a respeito de onde e quando os buracos ocorrem. Segundo as autoridades locais, a principal razão para o surgimento dos buracos é o número de minas de carvão na área. Não está claro que medidas estão sendo tomadas para evitar que mais buracos apareçam.

Eu poderia ir longe com mais exemplos de todo o mundo, mas espero que você esteja começando a chegar ao ponto. Buracos gigantes estão se abrindo por toda a terra e engolindo casas, edifícios, estradas e às vezes até pessoas.



imagens chocantes mostram claramente o poço enorme na Suécia está se expandindo.
A 200 pés poço aberto é chamado de “Fabiangropen” (pit Fabian) e está na área Malmberget está localizado na Gällivare, 75 km a partir de Kiruna, na Suécia.
Como você pode ver no mapa, é nas regiões do norte da Suécia.



Na Guatemala
Este misterioso buraco apareceu dentro de casa na Cidade da Guatemala. Ele tem 12,2 metros de profundidade e 80 centímetros de diâmetro.  Autoridades ainda não sabem o que provocou o fenômeno.


Os vizinhos ouviram uma explosão durante a madrugada e pensaram que se tratava de um botijão de gás. Em vez disso, os moradores encontraram um buraco de 12,2 metros de profundidade e 80 centímetros de diâmetro. 
Obs: Notem a semelhança entre os da Rússia e Ucrânia…
E radicalmente neste mesmo país em 2007, já havia aparecido um maior de proporções titânicas em comparação á este acima, que se expandiu pouco a pouco.


Na CHINA
“…Desde abril (2010), já foram 35 afundamentos. Na China, 600 povoados foram evacuados depois que surgiram enormes buracos em Guangxi.” Segundo autoridades.



“Um caminhão tombou e o motorista saiu ferido depois que um buraco apareceu de repente no meio de uma rodovia na província de Zheijiang…” (Fonte planetwtf.info) Observem que a cratera ocupa quase a totalidade das duas pistas. O asfalto é lugar seco e bem compactado, portanto, não vem de infiltrações de água, isso causa espanto.




No Daguestão
No Daguestão num território pertencente á Rússia, fato semelhante se repetiu. Nesta evidência muitos acreditam que pode ter sido feito pela saída de um UFO.



Pois o túnel se alarga conforme ele vem para o topo, o que significa que foi um ponto de saída para algo que veio do fundo. Segundo alguns ufólogos
No Brasil
Neste mesmo ano um buraco apareceu em Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba, que aumentou consideravelmente como os outros descritos acima. Os moradores estão com medo de entrar em casa “A cratera só está aumentando desde o primeiro dia. Nossa preocupação é que as rachaduras tomem contam e destruam as moradias”, apontou Januir de Oliveira, que tem uma casa na beira do buraco.



“A rachadura está quase no muro dela e se chegar vai cair tudo. Estamos sem saber o que fazer. Minha nora foi ficar com o filho no local em que trabalha”, contou.
Teorias:
Alguns acreditam que um fino raio Laser disparado de um satélite está causando os buracos pelas suas formas redondas e verticais.
Em meio ao estudo relacionada a geologia, e a ciência contemporânea poderia afirma que está teoria de raio lazer, é apenas uma viagem conspiratória lunática, até que em neste anos em nosso país, algo surpreendente ocorreu em um edifício em São Bernado.

No começo de fevereiro, o edifício Senador, em São Bernardo do Campo, sofreu um colapso estrutural extremamente bizarro. Em seu interior, segundo moradores e testemunhas, surgiu um perfeito buraco cilíndrico. 
O furo do teto, que desce simetricamente pelos 14 andares, vai até o subsolo. Este fenômeno foge ao racionalismo de qualquer teoria perícial, no começo foi relacionado á queda de uma caixa d’água, mais mesmo rompendo uma caixa nesta altura e fraturando a primeira laje superior, numa forma redonda, com poderia explicar a descida por igual até outros andares ?
Até o momento as autoridades não têm uma explicação plausível para o ocorrido.
Na Alemanha


Alguns relatos antigos se juntam aos mais recentes na conclusão de que os Estados Unidos possuem armas secretas capazes de perfurar profundamente a crosta terrestre, e que não se trata da mesma tecnologia da HAARP, mas sim, raios de microondas, sonoras, laser super potentes, além de algo que está afetando magneticamente o núcleo terrestre e liquefazendo a crosta do planeta, de modo contínuo e acelerando naturalmente ou através de tecnologias secretas e muito avançadas.

Vemos muitas evidências nas precisões arredondadas e mais profundas de algumas crateras aqui apresentadas, parecem ser de tecnologia diferente e que estão usando para criarem essas crateras, obviamente as mais rasa estão relacionadas direta ou indiretamente ao uso da HAAP, outro devido ao grande armazenamento de gás metano que em sua explosão pode ser provocadas propositalmente com uma dessas armas. 

Talvez esteja ocorrendo uma guerra secreta nos subterrâneos do nosso planeta, onde alguns efeitos podem serem os resultados de algumas crateras distintas que se apresentam na superfície. 

Outro relato se refere que o grupo cabal ou illuminati, estão atacando os seres que vivem no interior da Terra, para mais detalhes sobre esse fato, acompanhe esse Link:
REVELAÇÕES CÓSMICAS

Total de visualizações de página

Página FaceBook