BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Extraterrestres Greys



Ao contrário do que muitos pensam e acreditam, existem uma grande variedade de raças extraterrestres que se assemelham com aquela que se conhece como Grey "Cinza", antes de mais nada, 

é preciso entender que o nome Grey é só uma classificação mínima para identificar e entender uma determinada raça de alienígena, e que mesmo assim, não corresponde ao seu verdadeiro nome e que nem está relacionada a sua origem.

Existem muitas raças de extraterrestres com peles acinzentadas, e nem por isso devem serem classificadas como Greys, mesmo que suas estaturas sejam iguais ou semelhantes aos mesmo, isso é um erro, é um equívoco de interpretação.







Os Greys e outras raças semelhantes a eles, tiveram contatos com este planeta e a humanidade desde sempre, existem vários vestígios de suas presenças espalhadas por todo o mundo e em muitas épocas, senão todas.





Se eu tentar colocar todas as evidências dos Greys nesta matéria, não haverá espaço suficiente para tanto, eu tira que prolongar a mesma em muitas partes, porém, o meu objetivo não é este, pretendo reduzir o máximo esse artigo, mas de maneira que fique informativo e explicativo esse fato.




Hoje já se sabe pela comunidade ufológica que algumas espécies de Greys, trabalham ou são de certa forma escravizadas e até mesmo criadas pelos Reptilianos, esses são como robôs biológicos.



Qual seria a origem da raça Grey? Conforme algumas pesquisas, a Constelação de CYGNUS (o Cisne): Cygnus (Cyg), o Cisne, é uma constelação do hemisfério celestial norte. O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Cygni. Esta constelação possui 50 estrelas visíveis a olho nu e numerosas estrelas duplas ou múltiplas e as mais brilhantes são Deneb e Albireo. A estrela 61 Cygni foi a primeira a se medir, em 1838, a distância em relação à Terra que fica a 11 anos-luz. As estrelas principais dessa constelação desenham na Via Láctea a figura de um cisne de asas abertas e às vezes é chamada de Cruz do Norte.




As constelações vizinhas são Cepheus, DRACO (origem da espécie reptiliana dos Draconianos), LYRA (origem de uma raça de extraterrestres GREYs, aliada aos reptilianos de DRACO), Vulpecula, Pegasus e LACERTA (também a origem de outra espécie extraterrestre de reptilianos que vivem no subterrâneo da Terra.




Muitas raças diferentes dos Greys comuns, tiveram contatos com seres humanos ao longo da história, porém foram interpretados como ao mesmos, veremos logo de início uma possível quantidade de raças que conhecemos com uma única raça: 


Os Greys


Greys é a raça mais comum identificada pela Ufologia. São muitos os avistamentos, histórias e teorias referentes a eles, feitas de visionários da Nova Era a diferentes cientistas. 




Os Greys, como são apresentados pela comunidade científica, são muito comumente descritos por suas vítimas de abduções. São considerados demônios ou raça de energia negativa, com motivos e propósitos desconhecidos em relação à Terra. 



Eles parecem estar abduzindo, estudando e testando vários indivíduos. São freqüentemente relacionados com muitas outras raças, como os Reptilianos e com diferentes teorias de conspiração – uma mistura de visões científicas e Nova Era. Uma das teorias afirma que uma ou mais de suas espaçonaves se chocaram e foram capturadas pelo governo dos EUA. O governo americano então fez um acordo secreto permitindo que eles façam abduções de humanos em troca de tecnologia.





São de estatura baixa, em torno de 1,30m. Sua cabeça, ovalada, é desproporcionalmente maior que o corpo franzino. 



Os olhos são pretos,enormes e oblíquos, contrastando com o reduzido tamanho da boca e do nariz (pode ser que aquilo tudo não sejam olhos,mas, na verdade,uma lente protetora,por não suportar luz forte). Não apresentam nenhum vestígio de cabelo ou pelo de qualquer espécie. 




Sua pele é cinza, (daí o nome, que é cinza em inglês) os braços são longos e suas pernas são finas e curtas, bem menores que o corpo. Possuem os sistemas sexual e digestivo hipertrofiados.

Tais descrições de extraterrestres se tornaram muito popular devido às abduções (raptos sofridos por pessoas para efetivação de experiências traumáticas) e se tornaram a "cara" de todos os ETs. Assim como não temos uma só raça de seres humanos, não seria de se admirar que nós tivéssemos várias raças de ETs. E do mesmo jeito, temos ETs "bons"e "maus". 




Os Greys, conhecidos pelos outros extraterrestres como Arcádios, Alfas ou Zeta-Reticulis são definitivamente os mais perigosos. São altamente evoluídos tecnologicamente, mas a parte espiritual não acompanhou a evolução. Então, eles não sentem o menor remorso por tais experiências. Para eles, somos gado.




Nos anos 80 começaram a pipocar os depoimentos de abduções nos EUA, se espalhando logo depois pelo resto do mundo. Todas as descrições que davam deles eram de seres de cor cinza. 





Ultimamente temos tido muitos relatos de pessoas que viram seres com a mesma descrição física, exceto pela cor, que agora é verde-musgo. Isso pode ser uma alteração genética adaptada ao Brasil, ou mesmo de camuflagem, pois existe a teoria de que cada ser extraterrestre está intimamente adaptado ao meio que estuda. Os "greys" verdes podem ser especialistas em botânica.


Abduções





São uma parte controversa dentro da própria Ufologia. Temos diversas teorias da conspiração,como por exemplo um possível acordo entre os greys e os Militares Norte-Americanos.Através desse acordo, as abduções seriam permitidas em troca de tecnologia.




Temos também a teoria de que os seres que praticam esses sequestros são "extraviados" da Confederação Intergaláctica, que tinham prévia autorização para somente pesquisar plantas e animais de pequeno porte,mas se interessaram pelos humanos.

Geralmente os greys deixam implantes biológicos nas pessoas (os antigos eram de metal,e apareciam em raios-x) que não podem ser detectados. Essa pessoa passa a ser uma "antena" dos greys,desenvolvendo um íntimo contato mental,ou não. A vítima pode saber quando eles aparecerão novamente,ou quando as naves deles estão por perto. 




Mas também ocorre que a pessoa nunca vá saber sequer que foi abduzida. Muitos desses sequestros se dão durante o sono,e fica difícil dizer se a pessoa sonhou ou se realmente foi para uma nave alienígena. 

De qualquer forma,sabemos que o corpo físico e astral estão intimamente relacionados,e que uma abdução astral poderia desencadear os mesmos efeitos na vítima.

Assista os vídeos abaixa para melhor entender.








Como todas as raças existentes no Universo, é preciso ressaltar que, o que define a polaridade de uma determinada raça ou ser, é o que ela escolhe para si, a evolução tecnológica, ter grandes conhecimentos e um alto grau de inteligência, não significa ser evoluído espiritualmente, nem sempre essas características andam juntas, sendo assim, então não devemos achar que todos extraterrestres são positivos ou negativos, digo isso porque muitas pessoas só acham que eles é uma coisa ou outra.

Existem seres extraterrestres positivos? Sim, é claro que existem, mas também os negativos, isso não depende das suas capacidades mentais ou tecnológicas, conforme citei, mas sim, do seu nível de evolução espiritual.   



Total de visualizações de página

Página FaceBook