BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


quarta-feira, 24 de junho de 2015

O que Sabemos não é tudo que Existe - Parte 149- AS CHAVES MISTERIOSAS DO TEMPO





"É difícil mantermo-nos sensatos quando penetramos no mistério do tempo. Alguém disse: o tempo é Deus pois é infinito, eterno, desconhecido e todo poderoso. As dimensões, as noções, tudo o que é material e o que não o é, tudo pode desaparecer, exceto o tempo, que desafia o próprio nada. 
O tempo, bem entendido, é imutável e somos nós que passamos, nós, o globo, as montanhas, os oceanos, as cidades, as casas, os homens, como se, sobre uma cadeia vibratória, surgisse e se extinguisse sem cessar uma sucessão de imagens. Essa cadeia vibratória, infinita, parece deslizar como uma paisagem, vista de um trem, quando, na verdade, é apenas o viajante que se desloca" (Robert Charroux - Histoire Inconnue des Hommes)



Bizarro! 28 de janeiro de 2005: agentes do FBI (A Polícia Federal Americana) conduzem preso e devidamente algemado pelas ruas de Nova Iorque um misterioso cidadão, sob a acusação de obter vantagens indevidas no mercado de ações de Wall Street mediante a fraudulenta utilização de informações privilegiadas. O sujeito, quando interrogado, disse se chamar Andrew Carlssin, 44 anos de idade e que.... O sucesso das suas operações na Bolsa devia-se ao fato de ele SER UM VIAJANTE DO TEMPO, ADVINDO DO ANO 2256 e que, justamente por esse motivo, sabia com precisão e bastante antecedência o que estava fazendo! Com um investimento inicial de apenas 800 dólares, em duas semanas ele obteve um portfólio avaliado em 350 MILHÕES DE DÓLARES! Todas as transações que realizou deram lucros, mesmo em áreas temerárias e inesperadas dos negócios, o que - concordam os membros da Comissão de Segurança do Governo que assumiram as investigações - "não poderia se tratar simplesmente de sorte, uma vez que ele somente poderia ter conseguido isso através de informações internas ilegais". O tal "viajante do tempo" acha-se, ao que se saiba, atualmente sob custódia, preso em uma cela da Ilha Riker até que"finalmente concorde em divulgar as suas fontes". Porém, Andrew Carlssin jura que é mesmo um viajante no tempo e que necessita urgentemente ser libertado para retornar ao futuro na sua "nave temporal", da qual ele se recusa a revelar a localização com medo que venha a "cair em mãos erradas". O mais espantoso de tudo é que os agentes federais ainda não encontraram nenhum registro existente sobre qualquer Andrew Carlssin antes de dezembro de 2002. Portanto ele oficialmente NÃO EXISTE NO NOSSO TEMPO! E durante as quatro horas de severo interrogatório, Carlssin disse que viera de uma época 200 anos à nossa frente e que o seu conhecimento da era atual lhe permitira acumular a fortuna que obteve. - "Era tentador demais para resistir", acrescentou no depoimento que foi gravado em videotape. E para provar que estava falando a verdade, Carlssin se ofereceu para falar sobre "fatos históricos" como a futura cura da AIDS e o real esconderijo de Osama Bin Laden. - "Pode se tratar de um lunático", pensam algumas autoridades. "Deve ser um brincalhão", afirmam outros. Contudo, depois disso abafaram o assunto e nunca mais se ouviu falar dele. Realmente curioso. Mas.... E SE ELE NÃO FOR UM LUNÁTICO, E SE ISSO NÃO FOR MESMO UMA BRINCADEIRA?


Viajar através dos insondáveis meandros do tempo é possível? A resposta é SIM, perfeitamente possível - logicamente desde que se tenha a necessária tecnologia. Grandes expoentes da Ciência, tais como Albert Einsten e Carl Sagan (fotos) já postulavam cientificamente essa fantástica possibilidade.


E hoje a moderna Física de Vanguarda já caminha a passos largos nessa direção, principalmente através da manipulação dos chamados "Wormholes" - aberturas induzidas de brechas dimensionais que possibilitarão verdadeiramente "percorrer" o tempo e o próprio espaço, rumo ao passado ou ao futuro. Atualmente cientistas norte-americanos trabalham secretamente nas viagens através do tempo, já tendo inclusive obtido relativos sucessos nessas experiências. O problema é que as operações temporais ainda não podem ser totalmente controladas, segundo se sabe já tendo ocorrido algumas perdas dos membros dessas viagens, prisioneiros de épocas que não são as suas e por conseguinte para sempre impossibilitados de voltar. Haverá, contudo, uma época em que tal estupenda tecnologia, já plenamente desenvolvida, tornar-se-á altamente eficaz - porém e desde que usada com sabedoria, abrindo novos e fantásticos horizontes à humanidade. (IMAGEM: © How Stuff Works)


A Ciência já sabe que os chamados "Wormholes" têm uma profunda interação com o espaço sideral, o qual será necessário para promover as viagens através do tempo. O esquema acima mostra um "Wormhole" utilizando o Hiperespaço mediante uma conexão estabelecida entre a Terra e Sirius - uma estrela que, não por mera coincidência, já era adorado pelos antigos egípcios. (IMAGEM: © How Stuff Works)


Mas, afinal de contas, o quê exatamente são os "Wormoholes"? Note-se que na posição horizontal eles perfazem um verdadeiro túnel.... Um Túnel do Tempo! O pioneiro nessas fascinantes pesquisas foi o cientista Kip Thorne's em 1985. A partir daí, o ceticismo oficial foi vencido e a Ciência, juntamente com a Física de Vanguarda, já sabem que os "Wormholes" permitem VIAJAR NO TEMPO EM FTL = sigla de FASTER THAN LIGHT, ou "Mais rápido do que a Luz"! Sabe-se que misteriosos "Wormholes" REALMENTE EXISTEM EM ESCALA MICROSCÓPICA. O desafio atual é localizá-los e transportá-los para a escala macroscópica de modo que assim permitam CONDUZIR informações, seres humanos e até objetos! O cientista russo Sergei Krasnikov descobriu que eles podem ser ativados através da "Matéria Exótica", um raro tipo de ENERGIA NEGATIVA (preste atenção nisso), a qual a Ciência SABE existir mas ainda não sabe como produzir! Contudo, em escala macroscópica sabe-se que certos pontos da geografia terrestre (Triângulo das Bermudas, por exemplo) são verdadeiros "portais" naturais dessa exótica energia, os quais se manifestam no nosso mundo tridimensional de quando em vez e em ocasiões ainda não mensuradas. Por sua vez, e em escala ainda maior, a certeza é que TODO o Universo é pontilhado por miríades de "Wormholes". Uma descoberta cujas aplicação e utilização ainda estão por certo muito além da nossas possibilidades atuais, mas que certamente um dia qualquer no futuro será plenamente alcançada e, por inevitável conseqüência, largamente empregada.


Contudo, a aplicação prática e científica de um "Wormhole" forçosamente implicará na construção (ou na simples utilização) de um "túnel" que permita vencer e transpor algumas barreiras temporais e dimensionais. Algo que há muito os antigos já sabiam! E por falar nisso, repare na sutileza desse milenar simbolismo egípcio tendo ao centro o "Olho de Hórus". Nada menos que um "Stargate"!


A utilização de um "Wormhole" implica nas mais fantásticas possibilidades, uma vez que eles interagem não somente com o tempo, como também com o próprio espaço e as dimensões. Os cientistas já sabem que um "túnel" desse tipo, desde que possa ser devidamente controlado, pode viajar e se abrir não só no passado e no futuro terrestre, mas também encurtar as incomensuráveis distâncias espaciais, permitindo assim contatar outras inúmeras civilizações espalhadas pelo Cosmos!


Nesse particular, devemos sempre nos voltar ao nosso próprio passado, onde os antigos, por diversas culturas, já mencionavam as viagens através do tempo! Na ilustração acima, você vê uma alegoria possivelmente indiana, cujo nome, por sinal, é mesmo "Viagem no Tempo", mostrando o que seria uma nave tripulada chegando a uma outra época que se assemelha a uma paisagem terrestre pré-histórica. As brumas que cercam o "barco celeste" nos sugerem uma materialização.... Algo que espantosamente nos remete às MESMAS coisas que alguns UFOs fazem desde longo tempo nos nossos céus!


E eis aqui um típico e bastante expressivo exemplo disso: observe bem essa espantosa seqüência de fotos. Repentinamente, uma nuvem incrivelmente sutil e além de tudo pouco convencional se forma no céu. Aos poucos, um enorme UFO se materializa no espaço como que vindo do nada e......


..... Após completada a "operação", assume a sua forma original e se desloca sem a menor cerimônia pelos sempre bem vigiados e protegidos céus dos EUA. E você quer saber qual era exatamente o local onde isso ocorreu? Exatamente por sobre instalações do próprio Exército Americano! Na imagem da direita vemos um prédio militar sendo sobrevoado pelo misterioso objeto. Isso ocorreu em Fort Belvoir, 09:00 horas, setembro de 1957, tendo sido essas sensacionais fotos secretamente tomadas por um militar ali baseado, o qual por razões óbvias não quis ser identificado. E então? Diante disso ainda seria possível duvidar da existência dos UFOs?


NADA, NADA MESMO, portanto, impede que aqueles que nos sucederão no futuro da Terra já disponham da plenitude da tecnologia das viagens através do tempo e nele se desloquem para, assim como testemunhas silenciosas e sem contudo interferir nos acontecimentos, testemunhem in loco os acontecimentos históricos mais marcantes do passado. E (o que jamais podria se tratar de mera coincidência) certos UFOs têm sido vistos exatamente nesses locais e sempre nesses exatos momentos - tal como este aí da foto que, à distância, aguardou e depois presenciava os dois aviões seqüestrados por terroristas se chocando contra as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova Iorque, 11 de setembro de 2001, brutal tragédia que causou a morte de quase 3 mil pessoas inocentes! Faz sentido: a segredo maior das viagens no tempo, a regra número 1 dos viajantes, é JAMAIS INTERFERIR, NUNCA ALTERAR O PASSADO. (FOTO: CNN)


E a existência dos "Viajantes do Tempo" bem poderia explicar alguns dos mais intrigantes mistérios da humanidade. Os registros de inusitadas tecnologias praticadas por velhas civilizações - como por exemplo as lâmpadas elétricas claramente mostradas no Templo de Denderah, Egito - ou vieram de outras colonizações praticadas por culturas muito mais antigas, como por exemplo a perdida Atlântida, ou (todas as hipóteses são válidas!) quem sabe alguém do ano 5000 voltou no tempo, ficando aprisionado naquela época, tendo fornecido isso ao Antigo Egito? (FOTO: © Frank Dörnenburg)


E não há mesmo muito o que discutir: são mesmo inúmeras lâmpadas elétricas - exibidas desde milênios - muito antes de elas terem sido inventadas - nos murais do Templo da deusa Hator em Denderah! Podemos nitidamente ver a estilização do cabo condutor; do soquete da lâmpada; do gerador sobre o qual se apóia a figura da direita; e também do filamento simbolizado pela serpente. Note-se ainda que tais luminárias eram dotadas de grande porte, tudo sugerindo uma potente geração de força aliada a uma intensa emissão de luminosidade! De onde teria vindo isso? (FOTO: © Frank Dörnenburg)


De onde teria vindo tudo isso? Eis uma excelente pergunta, ainda sem qualquer resposta mas que também se aplica a uma outra fantástica evidência sempre presente nas portentosas edificações egípcias: o uso de MÁQUINAS PERFURATRIZES para escavar o duro granito dos seus monumentos e dos milenares templos..... E ainda por cima muito mais avançadas e potentes do que as nossas! Nas imagens acima vemos um exemplo típico verificado nas pedreiras de Aswan, ou Assuã. Cortes profundos e altamente precisos nas duras rochas que jamais poderiam ter sido feitos mediante o emprego de ferramentas rudimentares! A da direita foi indiscutivelmente produzida a grande profundidade por intermédio de UMA GIGANTESCA BROCA, considerada 5 MIL VEZES mais potente do que as nossas!!!


Justamente por isso, devemos encarar sob outro prisma os antigos "deuses", tão decantados e reverenciados por toda a antigüidade. No Antigo Egito, então, essa presença se fez com uma notável intensidade. Segundo as Tradições, foram "eles" que trouxeram os rudimentos da civilização, ensinaram as ciências e sobretudo lá utilizaram uma inusitada e fantástica tecnologia somente pertencente a um muito longínquo, um muito mais distante futuro!

"A Doutrina da Relatividade constitui uma síntese do Universo mais vasta, mais homogênea, mais compreensiva e mais fecunda do que a Ciência Clássica. Todavia é de ver-se que, em seus próprios fundamentos, ela conserva algo de infinitamente perturbador e passível de necessariamente aperfeiçoar-se"
(Charles Nordman - Astrônomo do Observatório de Paris)


Sim, e jamais duvidemos disso: havia máquinas, além de uma fantástica tecnologia, na antigüidade - notadamente no milenar Egito! E tudo isso escondido por detrás de um sofisticado simbolismo, apto a ser um dia qualquer devidamente interpretado e convenientemente traduzido em termos puramente científicos. O pilar DJED, por exemplo, para espanto dos físicos e dos cientistas de vanguarda foi interpretado como a estilização de um poderoso GERADOR DE FORÇA!


Na foto, uma estatueta sagrada egípcia representando um DJED. Não fica muito difícil vislumbrar que se tratava de um artefato eminentemente técnico.


E o pesquisador norte-americano Alan Bennett descobriu que o DJED, que foi um simbólico atributo do deus egípcio Osiris, é na verdade (e TAMBÉM) uma esquematização geométrica espantosamente precisa e associada à movimentação de alguns planetas do nosso Sistema Solar - precisamente Mercúrio, Vênus e Terra, demarcando um ponto de conjunção qualquer no espaço sideral ainda desconhecido. Em síntese, as chaves para uma desconhecida Ciência - ou talvez para a aplicação dela! Lembremos que os "deuses" egípcios, de acordo com a Tradição, detinham as chaves que lhes permitiam "cruzar as portas do tempo". (IMAGEM: © Alan Bennett)


Para se produzir uma viagem através do tempo, a Ciência já sabe que será necessária a geração de um forte campo de natureza eletromagnética destinado a produzir o "túnel" espaço-temporal, ou "Wormhole". Há projetos nesse sentido, e o que você vê acima é o esboço de uma potente "pilha" geradora/emissora de campos eletromagnéticos sutis de alta intensidade. Alguma semelhança com o DJED do Antigo Egito? SIM, incrivelmente idêntico. Coincidências simplesmente não existem, principalmente quando se trata do âmbito do Realismo Fantástico!


E, nesse particular, temos algumas outras curiosas supresas, as quais os tradicionalistas preferem interpretar como "meras superstições religiosas": algumas palavras do idioma egípcio arcaico são bastante reveladoras. Senão, vejamos: ARI-AUI = Guardião dos dois portaisART-ÃA-EN-PET = O Guardião da porta do céuARI=PET = Seres divinos do céu (e também, muito sutilmente aliás, significando CRIATURAS DA TERRA); ÃAIU-SHETAUI = Os deuses das portas secretas! E acima de tudo convenhamos que os tais "deuses" eram sempre retratados nos multicoloridos murais portando os mais estranhos artefatos - obviamente, e para aqueles que entendem, exemplares de uma avançada tecnologia ainda hoje desconhecida por nós. Na foto acima, o enigmático deus Ptah. Cientistas descobriram que o artefato que transporta é um emissor de raios verdes negativos! Lembremos, por oportuno, que os "Wormholes" necessitam da aplicação de "Matéria Exótica", um tipo raro de ENERGIA NEGATIVA!!!


E aqui, uma renomada pesquisadora norte-americana aponta no Templo asteca de Palenque, México, uma outra representação de um astronauta, estampada em um mural recentemente descoberto! Recordemos que ali mesmo naquele templo uma outra imensa lousa recobria a tumba contendo uma múmia que foi devidamente confiscada. Na superfície dessa lousa, gravada em relevo, a idêntica figura de um misterioso personagem pilotando uma nave que lembrava um foguete a reação! Ou quem sabe uma máquina para viajar no tempo?


E por que não as chaves das viagens temporais não estejam bem sob os nossos olhos, estampados desde épocas imemoriais por alguns desconhecidos antepassados? Serpent Mound, nos EUA, nos mostra uma enigmática esquematização voltada para o céu que lembra um Crop Circle! Há, nesses lugares, um mistério muito profundo que talvez um dia seja devidamente traduzido, transmutado e utilizado como APLICAÇÃO DE CIÊNCIA PURA!


Os chamados "Mounds", misteriosos monumentos rochosos circulares que lembram UFOs, os quais se espalham por várias partes do globo e com maior freqüência no atual território dos EUA, foram construídos por uma misteriosa raça denominada "Mound Builders" - ou "Construtores de Mounds". Até bem pouco tempo não se conhecia a sua origem ou aparência, uma vez que, assim como os Maias na América Central, eles misteriosamente sumiram sem deixar vestígios. Na ilustração acima, vemos uma estatueta que foi encontrada em meio ás escavações realizadas em um deles, nos EUA, possivelmente mostrando a aparência daquela estranha raça. Note-se o inusitado biótipo deles, bem como os toucados que usavam. Completamente diferentes dos ancestrais das antigas populações pré-colombianas, com as quais, diga-se de passagem, não tiveram quaisquer identidades!


Também nos EUA, precisamente na misteriosa Mamoth Cave, onde estranhos monumentos em pedra cobrem todo o seu interior, uma bizarra múmia foi encontrada. O Raio-X da tal criatura nos permite concluir que ela não faz parte da tradicional família humana. Note-se a espessura da coluna vertebral, bem como a ossatura das costelas; os longos braços; e principalmente a sua reduzida estatura.


O que não é um fenômeno isolado. No território norte-americano algumas outras bizarras múmias foram encontradas, denotando que uma estranha raça de diminutas criaturas ali se estabelecera em tempos muito remotos. À esquerda, uma delas encontrada em Idaho e, ao seu lado, outra encontrada em San Pedro Mountain, Wyoming, em 1932.


E essas perdidas civilizações que um dia habitaram o território norte-americano decididamente não eram compostas por bugres ou sequer criaturas selvagens e bestiais. Bem ao contrário, tinham elevada organização social e inclusive se utilizavam da escrita! Na foto, a chamada Pedra de Minesota, assim denominada em virtude do Estado em que foi encontrada. Nela, temos uma mensagem elaborada em um alfabeto inteiramente desconhecido!



Aqui, um crânio dotado de inusitadas proporções e características não-humanas, encontrado em escavações arqueológicas realizadas no Peru. Evidentemente (ou quem sabe APARENTEMENTE) não é de origem terrestre. Mas, Por que não poderia sê-lo? Impossível especular como serão, por exemplo, os habitantes da Terra no ano 5000. Nem mesmo se eles serão nascidos aqui na Terra!


Seja lá o que for, de certa forma passamos a entender, e até mesmo a olhar com outros olhos, as inusitadas presenças através da história de certos misteriosos personagens que SABIAM DEMAIS para os tempos em que surgiram. Quem sabe náufragos do tempo, perdidos por acidentes em épocas que não eram as suas? Nostradamus, classificado como "profeta" pelo fato de saber de antemão acontecimentos históricos que se sucederiam séculos à sua frente, e além de tudo chamado de "médico" por ter curado de uma epidemia de peste a população inteira da cidade de Avignon graças a uma "essência mágica que trazia consigo".... Evidentemente ANTIBIÓTICOS! Da mesma forma, por exemplo, Leonardo da Vinci (acima) foi outro "deles". Igualmente "profeta", além de renomado pintor, médico, engenheiro e arquiteto - formado não se sabe exatamente por quais faculdades - escrevia sempre da direita para a esquerda nos seus apontamentos através de um alfabeto inteiramente desconhecido. Projetou entre 1462 e 1519 esquemas de helicópteros, armas de guerra, raios lasers, pára-quedas e muitas outras coisas - inexistentes na época e somente redescobertas no futuro, assim como também alguns outros projetos cujos esquemas destruiu, segundo escreveu "para o próprio bem da humanidade". Certos desenhos esquemáticos (talvez erroneamente interpretados) são mesmo muito sutis. Compare a figura central acima, de sua autoria..... Com um "WORMHOLE"! E veja, bem ao lado, a maquete de um outro projeto seu relativo a uma nave que lembra um UFO, ou quem sabe UMA MÁQUINA DO TEMPO!


Carnac, França, curiosamente tem o mesmo nome da homônima egípcia Karnak, em Tebas, a qual por sua vez ostenta uma fileira de esfinges. Todas as "coincidências" são mesmo chocantes. No Egito as estátuas enfileiradas representam o carneiro, consagrado ao deus Amon. Aqui, as longas carreiras de monólitos nos mostram estranha faces. Este era igualmente um local considerado sagrado pelos antigos habitantes das redondezas. Por que seria?


O quê exatamente seriam essas estranhas fileiras de desconhecidos rostos que igualmente se espalham pela misteriosa Avebury, por sua vez na Inglaterra?


O fato é que o nosso planeta tem certas áreas misteriosas, onde inegavelmente curiosos e desconhecidos fenômenos se manifestam. Nesses locais, ainda não de todo explorados pela moderna Ciência, certos vórtices dimensionais ao que parece literalmente se abrem em determinadas ocasiões (possivelmente de acordo com certas conjunções planetárias) permitindo encontrar "passagens" - portas induzidas de entradas e saídas para autênticos atalhos do espaço-tempo! E os antigos sabiam muito bem disso, tanto que os demarcavam com muita reverência..... Algo que, aliás, já sabiam há milênios e que somente hoje os nossos cientistas de vanguarda já começam a vislumbrar. Na foto, uma área circular demarcada por monólitos, ainda em Avebury. E quem sabe nessas regiões misteriosas possamos talvez encontrar - ou melhor dizendo, reencontrar - os perdidos "Stargates" através dos quais os "deuses" mais antigos também chegavam ao nosso remoto passado!


Do infinitamente pequeno ao Infinitamente Grande - Tudo se repercute sobre Tudo, precisamente onde sempre haverá um infinito a realizar. O Hiperespaço coexiste com o Hipertempo. Não existe somente uma monodimensão de tempo e espaço onde toda a nossa breve vida flui. Para além dela, já está provado que existe um continuum espaço-tempo tetradimensional, bem como inúmeras outras maravilhosas possibilidades. Além do Éter há o Superéter, além da Dimensão há a Hexadimensão! O Hipertempo mostra-se maravilhosamente como aquilo que seria próprio da EXPRESSÃO DE UMA CONSCIÊNCIA no Hiperespaço. O brilhante cientista James Jean - dessa forma concordando com a imensa sabedoria do passado - já escrevera que - "Hoje em dia, acredita-se geralmente, e entre os físicos quase unanimemente, que a corrente do conhecimento nos leva a uma realidade não-mecânica. O Universo começa a parecer mais um Grande Pensamento do que uma grande máquina". Não é apenas um sonho, uma abstração ou mesmo mera fantasia. Transcender o tempo; galgar sutilíssimas essências vibratórias; percorrer caminhos nunca dantes navegados; libertar-se de egoístas paredes. Tudo isso se descortina diante de nós, uma vez que, segundo os Desígnios mais Sublimes do Próprio Deus, verdadeiramente não há, e nunca haverá limites para a ascensão humana!






Total de visualizações de página

Página FaceBook