BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


sábado, 19 de setembro de 2015

Segredos Sobre a Presença Extraterrestre no Nosso Planeta



Muitos reconhecem a presença de extraterrestres no nosso mundo, o entendimento fundamental reside em saber por que é que eles estão aqui e quais são os seus objetivos. 

Para se conseguir entender isso, é preciso identificar quais as raças presentes no planeta, quais as medidas do seu envolvimento nos assuntos humanos, e quais são os seus objetivos gerais e intenções.


Esta não é uma tarefa simples, mas que pode ser feito através de uma análise de diversas fontes: relatos em primeira mão de experiências extraterrestres, militares de alto nível e informações privilegiadas, o trabalho de investigação minuciosa do fenômeno ÓVNI e ET, e até mesmo mensagens provenientes de entidades não-humanas.


Depois de pesquisar o assunto profundamente ao longo dos últimos anos, tenho descoberto evidências altamente perturbadoras, revelando que há uma agenda extraterrestre para explorar de forma sistemática e escravizar a humanidade numa tentativa de ganhar o controle do planeta e seus recursos.

Através de formas persistentes e de manipulações subtis, junto com a intervenção física directa várias raças de seres extraterrestres estão a competir para o eventual controle da Terra durante este período crítico de transformação e despertar da humanidade.
Para que se possa compreender plenamente como isto pode ser possível, devemos primeiro rever o fenómeno ET e alguns dos seus relatos históricos. Esta informação pode ser chocante e inacreditável à primeira vista, eu encorajo o leitor a pesquisar estas matérias por si mesmo usando as fontes fornecidas ou através de pesquisas adicionais.

É importante saber que as principais formas desta intervenção são capazes de se realizar com sucesso através de sigilo, fraude e manipulação. As outras ferramentas mais utilizadas eficazmente são o ridículo e a negação. Além disso, persuasão, pacificação e incentivo são também direcionados para os seres humanos, sem se saber, por meio de alteração da mente baseado em tecnologia de radiofrequência.

Em alguns casos, aqueles que se atrevem a expor este oculta da vida são vitimas de uma “sentença de morte” premeditada. Você nunca vai ouvir estas informações reveladas na mainstream media, até mesmo por muitos entusiastas / pesquisadores do fenômeno extraterrestre.
É algo que se recusam a aceitar ou enfrentar, com receio das consequências de ter que reconhecer tais factos sem distorção e assumindo total responsabilidade pelo que isso realmente significa. Mesmo que não se reconheça, acredite, ou aceite-se a realidade de algo, isso não muda a realidade em si. 

As implicações deste cenário começa a afundar num nível mais profundo, mais genuíno uma vez que você começa a aceitar a ideia de que seres extraterrestres estão realmente escondidos no nosso mundo, com o propósito de realizar planos altamente sofisticados e traiçoeiros contra as nossas próprias liberdades.

Esse artigo vai ser dividido em duas partes. A Parte 1 irá abranger informações gerais sobre a natureza do envolvimento humano extraterrestre ao longo dos últimos 60 anos. A Parte 2 irá introduzir uma série de mensagens de um grupo de seres extraterrestres conhecidos como os Aliados da Humanidade, que têm vindo a observar o nosso mundo e a natureza da intervenção extraterrestre que tem decorrido.

Os seus relatos detalhados são vitais para a humanidade poder entender e compreender, e sem esta compreensão de como a intervenção ET está a afetar-nos, possivelmente iremos permanecer perdidos e desorientados.
A gravidade desta ameaça à nossa liberdade humana não pode ser subestimada. Devemos-nos informar e educar sobre estes assuntos. Devemos estar dispostos a enfrentar estes verdades desconfortáveis com grande sobriedade e clareza.

Só podemos tomar medidas preventivas quando podemos realmente ver o que se passa nos bastidores. Será que não valorizamos a nossa soberania humana? Ou será que estamos dispostos a deixar que os seres tecnologicamente avançados usufruam de nós não só para o lucro como para outros motivos? Estas perguntas são importantes e devemos perguntar-nos a nós mesmos à medida que continuamos a enfrentar estas questões alarmantes, com coragem e determinação.

Parte 1
Na década de 1940, sociedades secretas de alemães nazistas como a Thule e Vril estabeleceram contacto com alienígenas cinzentos através de meios telepáticos, usando uma variedade de métodos rituais. Estas reuniões continuaram por algum tempo até que o contacto foi estabelecido no plano físico, onde é muito provável que o intercâmbio de informações e de tecnologia de uma natureza avançada ocorreu.

Antes disso, os nazistas tinham desenvolvido o seu primeiro OVNI em Junho de 1934, e estavam ativamente ligados na construção de discos voadores que operavam utilizando tecnologia de implosão. Os novos conhecimentos disponibilizado pelos ET deu aos nazistas uma grande vantagem aérea durante a Segunda Guerra Mundial, com a poderosa embarcação de discos voadores e formas exóticas de produção de energia.

Além disso, os alemães colonizaram Antárctica em 1938 chamando o território Neuschwabenland, segundo lendas e mitos, é onde tem sido mantida a pesquisa avançada de discos voadores e engenharia genética humana…existe relatos de que tal situação ainda se mantém até aos dias de hoje.

Depois da guerra, um grande número de cientistas nazistas e funcionários de alto escalão foram privilegiados com passagens seguras para várias partes do mundo: América do Sul, Antárctida e até mesmo os EUA através da Operação Paperclip. Nenhum estudo do fenómeno ET ficaria completo sem a compreensão da conexão oculta entre a Alemanha nazista e os ETs, que continuam a operar em segredo.

No início de 1950, as primeiras reuniões entre os vários extraterrestres e o governo dos EUA tiveram lugar diretamente com Dwight Eisenhower enquanto presidente. Estes encontros são bem documentados, e é relatado que as reuniões com ETs, tanto benevolentes como malévolos (4 grupos) ocorreram até meados dos anos 1960.

Aparentemente, os EUA rejeitaram as relações com ETs benevolentes que quiseram ajudar a humanidade no seu desenvolvimento espiritual, pois eles pediram o desarmamento permanente do nosso arsenal nuclear. Isto foi visto com grande desconfiança e nenhuma troca de tecnologia foi oferecido.

No entanto, parece que um tratado foi assinado pelos Greys e o governo dos EUA, em 1954, conhecido como o Tratado de Granada. Este acordo foi celado entre o grupo Majestic-12 (MJ-12) e os Greys (servindo o Grupo Opressivo de Orion) e envolveu a transferência de informação e tecnologia, em troca de certas liberdades que poderiam exercer dentro dos Estados Unidos.

Essencialmente, o grupo MJ-12 deu a esses ETs acesso a recursos vitais: humanos e gado para “experiências médicas”, que são mais precisamente conhecidos como sequestros. Os termos foram que apenas uma quantidade muito pequena de seres humanos poderiam ser “levados”, eles mas teriam que ser devolvidos ao seu local de origem, as suas memórias tinham que ser limpas após o encontro, e os ETs tinham de apresentar uma lista de todos os seres humanos raptados em intervalos regulares ao MJ-12.

Depois de alguns anos disto, tornou-se claro que os ETs violaram este acordo com a impunidade, tendo sido levados mais de um milhão de vezes a quantidade de pessoas que eles prometeram. Isto deu origem à guerra moderna entre humanos e alienígenas, que é conhecido em todas as principais forças armadas de todo o mundo em profundo segredo. Este período marcou o início de abduções humanas e mutilações de gado e pode ser considerado o último ato de terrorismo já perpetrado contra os povos do mundo.

As abduções humanas por ETs têm sido relatadas por todo o mundo e persistem até hoje. Essas atividades têm sido mais frequentes do que as pessoas iriam pensar ao longo dos últimos 50 anos.

Entender este fenômeno e do porquê de estar a acontecendo é fundamental; não é um ato de natureza benevolente. Um grande número de experiências de abduzidos são recordadas através de hipnose. O exame dos órgãos reprodutivos e extração de fluidos sexuais e tecidos são frequentemente relatados, dando crédito a um maior programa híbrido de cruzamento que está a ocorrer. Infelizmente, muitas pessoas que são levadas não são devolvidas e não vivem para contar a sua história.

Existem bases subterrâneas humano-alien conjuntas que operam em todo o mundo, geralmente envolvendo experiências genéticas altamente arriscadas e perigosas para uma variedade de propósitos. Algumas das bases subterrâneas mais conhecidos incluem a Área 51 perto de Groom Lake, Nevada e Dulce no Novo México. Lendo relatos em primeira mão de como é que a interação é nestas bases é arrepiante.

Seres humanos que foram raptados são mantidos em gaiolas, experiências genéticas altamente grotescas envolvendo a ementa de diversas criaturas, entre outras coisas têm sido relatadas e isso dá uma conta definitiva de que estas interações são contra a vontade humana. Estamos a falar de milhares de pessoas inocentes, incluindo mulheres e crianças, sendo torturados e a sofrer mortes indescritíveis. Isso precisa de acabar agora – estes locais devem ser expostos pelo que eles são.

Parte 2
“A sua capacidade de reconhecer a verdade do que estamos prestes a dar é absolutamente fundamental para a sua sobrevivência, para o seu avanço e, de facto, para a preservação das mesmas liberdades que consideram mais importantes. Para a Grande Comunidade no qual você está emergindo é talvez muito diferente do que você pode ter pensado antes … “– Os Aliados da Humanidade

Os Aliados da Humanidade estão a ser apresentados para preparar as pessoas para uma realidade totalmente nova que é em grande parte oculta e desconhecida no mundo de hoje. Eles fornecem uma uma nova perspectiva que capacita as pessoas a enfrentar o maior desafio e a oportunidade que nós, como uma raça, alguma vez encontramos. Os briefings dos aliados contêm uma série de declarações críticas se não alarmante sobre a intervenção extraterrestre, crescimento e integração na raça humana e sobre as Actividades extraterrestres e agenda oculta.

O objectivo dos aliados é abordar as implicações dramáticas e de grande alcance desse fenómeno para desafiar as nossas tendências humanas, suposições, e para alertar a família humana do grande limite que enfrentamos agora. Os briefings fornecem um vislumbre da realidade de vida inteligente no Universo e qual o significado verdadeira dos contatos alienígenas. Para muitos leitores, o que é revelado nos Aliados da Humanidade será inteiramente novo. Para outros, será uma confirmação de coisas que há muito sente e que nos é familiar.

Os briefings dos aliados desafiam essas premissas e tendências e revelam muitos dos mitos que temos atualmente sobre quem está a visitar-nos e por que é que eles estão aqui.
Este resumo representa apenas uma visão geral e não inclui muitos dos detalhes importantes que fazem uma compreensão completa dos Briefings possíveis aliados.
Sumário Briefings dos Aliados

1. O destino da humanidade é emergir dentro de si mesma e de se envolver com a Grande Comunidade de vida inteligente no Universo.

2. O contacto com outras formas de vida inteligente representa o maior limite que a humanidade já enfrentou. Os resultados deste contacto determinará o futuro da humanidade para as gerações vindouras. Esse contacto está a acontecer agora.

3. A humanidade não está preparada para este contacto. Os pesquisadores ainda não são capazes de ver claramente quem está a visitar o nosso mundo e por quê. Os governos não estão a revelar o que sabem, e a maioria das pessoas ainda está em negação de que este fenómeno está de facto a ocorrer.

4. Devido a esta falta de preparação, os verdadeiros aliados da humanidade enviaram representantes para um local próximo à Terra para observar a presença extraterrestre e as atividades dentro do nosso mundo.

5. Os briefings revelam que o nosso mundo está a sofrer uma intervenção extraterrestre maléfica, como demonstrada pelas suas ações, e estão aqui para subverter a autoridade humana e integrar as sociedades humanas para a sua própria vantagem. Estas forças representam as organizações não-militares que estão aqui para usufruir dos recursos humanos e biológicos. Os aliados referem-se a estas forças como os “colectivos”. Os colectivos não valorizam a liberdade humana.

6. Devido há intervenção maléfica estar a ser realizada por pequenos grupos, os caminhos que são principalmente seguidos para atingir os seus objetivos são o engano e a persuasão. Os briefings dos aliados descrevem em detalhe como está a ser feito e o que devemos fazer para parar esta intervenção.

7. Esta intervenção extraterrestre está focada em quatro áreas:
-» É através da influência de pessoas em posições de poder e autoridade para cooperar com esta intervenção através da promessa de maior riqueza, poder e tecnologia.
-» É através da criação de bases escondidas no mundo inteiro que conseguem exercer a sua influência no ambiente Mental, procurando tornar as pessoas em todos os lugares abertos e compatíveis com a sua vontade através de um “Programa de Pacificação”.
-» Manipulam os nossos valores religiosos e impulsos a fim de ganhar a lealdade humana para a sua causa.
-» Conseguem levar as pessoas contra a sua vontade, e muitas vezes sem o seu conhecimento, para apoiar um programa de cruzamento concebido para criar uma raça híbrida e uma nova liderança, que seria ligada aos “visitantes”.

8. Os visitantes extraterrestres que eram potencialmente benéficos para a humanidade abandonaram o nosso mundo em face da intervenção. Os restantes que permaneceram são raças alienígenas que não estão aqui para o nosso benefício. Isto deixa-nos numa situação ambígua a respeito da presença extraterrestre. Isto permite-nos ver claramente com o que estamos a lidar.

9. O briefing dos aliados enfatiza o perigo da nossa aceitação e tornando-nos dependentes de tecnologia ET. Isto só vai levar à nossa dependência dos “visitantes”, resultando na perda da nossa liberdade e auto-suficiência. Nenhum verdadeiro aliado da humanidade iria oferecer isto para nós. Os Aliados enfatizam que temos soluções naturais para todos os problemas que enfrentamos. O que nos falta como uma raça é a união, vontade e cooperação.

10. Apesar do grande desafio que enfrentamos agora, a humanidade ainda tem uma grande vantagem, se é que podemos ainda agir a tempo. O briefing dos aliados revelam os pontos fortes desta intervenção e das suas fraquezas. Um dos pontos fracos da intervenção é a sua dependência do consentimento humano e cooperação para alcançar os seus objetivos.
De acordo com as regras de conduta da Grande Comunidade dentro da região em que o nosso mundo existe, a Intervenção benéfica não é permitida a menos que o mundo demonstre que assim o pretende e que aprove tal ação. Aqui, as nossas vozes podem ter poder na Grande Comunidade.

Mas se as pessoas começarem a ficar conscientes desta manipulação extraterrestre e agir contra ela, estes grupos de aliens ficariam frustrados e poderiam eventualmente retirar-se. Este é o primeiro passo para a preparação da humanidade para lidar com as realidades da vida no Universo.

Este passo e todos os passos que se seguem para dar à humanidade a sua única grande chance de superar os seus conflitos de longa data e para unir-se na sua própria defesa para a preservação do mundo.

Os aliados afirmam que nós, como seres humanos temos o poder espiritual e colectivo para fazer isto, e que devemos fazer isto se quisermos sobreviver e avançar como uma raça livre e independente na Grande Comunidade.

Isso tudo pode parecer difícil de acreditar no início, mas é extremamente importante considerar esta informação com uma mente aberta, pois as implicações são enormes. A tendência de permanecer em negação e destituir qualquer coisa que não se encaixa nas nossas ideias preconcebidas sobre o que é possível permanece forte, mas temos que aprender a olhar além dos véus e enfrentar a dura verdade. 

Em essência, tudo isto é apenas mais um aspecto da natureza jogando-se em uma escala maior do que estamos acostumados – mas desta vez não estamos no topo da “cadeia alimentar”. A humanidade arrogante pressupõe que vamos ser sempre os “reis do nosso domínio”, mas essa própria noção está a ser fortemente desafiada.

Devemos ter muito cuidado quando se trata de aceitar “ofertas” de tecnologia ET para salvar o nosso planeta. Uma coisa é desenvolver e implementar a tecnologia de energia livre para nós próprios, mas é uma coisa totalmente diferente em aceitar essa tecnologia de uma fonte não-humana. Isso não seria uma troca com o honrosa, mesmo sob o pretexto de “amor, luz, paz e fraternidade”. 

Você pode apostar que esses seres vão ser muito persuasivos, diferente de tudo o que já tenha visto. Especialmente tendo em conta a sua capacidade superior de ler e de nos influenciar a nível mental / emocional, eles vão apelar aos nossos profundos anseios e aspirações espirituais. Portanto, a única maneira de tornar-se forte e exigente é cultivar a nossa conexão interior com o conhecimento que temos dentro de nós mesmos – entre em contacto com o nosso Eu Superior. Esta é a chave.
Claro que existem seres positivos e amorosos no universo. No entanto, os que estão aqui fisicamente a intervir nos assuntos humanos estão a abusar de nós como se fôssemos formigas, eles não estão aqui para nosso benefício ou progresso espiritual. 

Eles estão aqui para absorver o nosso poder colectivo e energia para ser usado nos seus impérios econômicos de comércio que ocorrem nesta faixa do universo. Uma realidade perigosa ao qual não deveríamos de ter que enfrentar, de facto. 

No entanto, se falhar-mos, a Terra ficará sem os seus recursos naturais e a humanidade seria colocada sob uma nova ordem mundial, que seria dura, exigente, além de qualquer coisa que possamos imaginar. Eles vão continuar a usar as suas principais armas de manipulação, persuasão e pacificação para atingir seus objetivos -, mas somos capazes de ver através desta com os olhos do discernimento e clareza através do conhecimento.
Tudo isto está a ocorrer por diversos motivos. Quando eles revelarem a sua presença e intenções abertamente, será tarde demais para tomar medidas eficazes para detê-los. Devemos falar sobre isto agora! A realidade deste facto é bem grave para que as pessoas exponham estas conspirações e apresentem as implicações ao público – porque nossas próprias liberdades e modo de vida, a busca da felicidade, e nossa expressão criativa depende disto.

Nunca houve uma maior ameaça à liberdade humana do que esta – e a esmagadora maioria nem sequer está consciente que isto está a ocorrer agora. No entanto, através deste enorme desafio reside a nossa oportunidade de ouro: a capacidade de unir a humanidade e para defender nossa liberdade, exercer o nosso poder através de conhecimento interior e manter o controle sobre o nosso planeta.

Este é o caminho que vai estabelecer um novo paradigma de unidade, paz, cooperação e ordem. Nós vamos ter que ganhá-lo e não vai ser fácil – isso vai depender de uma tremenda coragem, discernimento implacável, e uma verdadeira paixão pela liberdade!

Por favor, compartilhe e discuta esta mensagem com aqueles que você conhece. As nossas próprias liberdades dependem desta compreensão e de iniciar uma resistência activa contra a intervenção maléfica alienígena Estes seres estão a contar connosco. Como vamos responder a este apelo?
“Melhor morrer a lutar pela liberdade do que ser um prisioneiro todos os dias da sua vida.” – Bob Marley

O oxigênio não é mais um indicador da existência de vida extraterrestre



Até agora os cientistas acreditavam que a presença de oxigênio na atmosfera de um planeta indicaria a existência de vida, bem como que todo o nosso oxigênio vem das plantas através da fotossíntese.



Bem, agora os cientistas descobriram outra causa possível para a presença de oxigênio em planetas extrasolares. Eles dizem que o oxigênio pode ser produzido com um componente não biológico, chamado de oxido de titânio, o qual age como um catalisador para a reação da divisão de água em oxigênio e hidrogênio, com a ajuda da luz.

O estudo foi publicado no Scientific Reports em 10 de setembro de 2015. O Professor Assistente Norio Narita, do Centro de Astrobiologia de NINS, e o Professor Associado Shigeyuki Masaoka, do Instituto de Ciência Molecular de NINS, publicaram que o oxigênio pode ter outras fontes além da fotossíntese.

Antes, os cientistas se baseavam na presença do oxigênio para suspeitar sobre a existência de possível vida. Mas agora eles descobriram que o oxigênio pode também ser produzido com um material chamado de óxido de titânio. Este componente pode dividir as moléculas de água com a ajuda da luz sobre o oxigênio e o hidrogênio. As característica deste componente não são uma nova descoberta, mas os cientistas não achavam que este componente poderia criar grandes quantidades de oxigênio. Agora eles predizem que um planeta similar à Terra, com uma cobertura de oxido de titânio de somente 0,05%, poderia facilmente produzir a mesma quantidade de oxigênio encontrada na Terra hoje. Este é um grande avanço no estudo de vida extraterrestre.

Dr. Narita disse: “Para procurar pela vida em planetas extrasolares através de observação astronômica, precisamos combinar o conhecimento de vários campos científicos e promover as pesquisas astrobiológicas, a fim de estebelecermos os decisivos sinais de vida. Embora o oxigênio seja ainda um dos possíveis biomarcadores, é necessário olhar para novos biomarcadores além do oxigênio, a partir do resultado atual.”

Embora a notícia pareça ser desanimadora para aqueles que confiavam no oxigênio como biomarcador na procura por vida extraterrestre, como o próprio Dr. Narita menciona, o oxigênio pode não ser o único indicador. Vale lembrar que nem sequer tocamos a ponta do iceberg do conhecimento sobre o que pode suportar a vida em mundos alienígenas. Talvez, o que é veneno para nós, seja fonte de vida para ‘eles’… e vice-versa.

Veja também:

Cientistas capturam esfera de metal com material biológico extraterrestre.


Cientistas britânicos afirmam que uma esfera microscópica capturada em fevereiro de 2015 poderia ter sido enviada para a Terra por uma civilização alienígena em uma tentativa de começar uma nova vida.
A esfera de metal misteriosa foi fotografada expelindo uma substância biológica, que os cientistas acreditam que poderia ser uma espécie de material genético, uma semente alien.
A esfera foi descoberta por uma equipe de pesquisadores da Universidade de Sheffield e do Centro de Astrobiologia da Universidade de Buckingham.
Várias teorias sobre a origem da pequena esfera surgiram, mas as mais intrigantes e prováveis parecem ficção científica e por incrível que pareça estão sendo consideradas pelos cientistas britânicos.
Elas incluem a ideia de que ela foi enviada por alienígenas para a Terra com a intenção de propagar uma espécie de vida na Terra, uma teoria científica conhecida como “panspermia dirigida.”
O mais impressionante é que cientistas notáveis que defendem essa ideia incluem o astrofísico Carl Sagan e Prêmio Nobel Francis Crick, que é co-descobridor da estrutura do DNA.
O Professor Milton Wainwright, que liderou a equipe de pesquisa, descreve
o pequeno objeto como “uma esfera com a largura de um fio de cabelo humano, que é filamentosa do lado de fora e possui um material biológico pegajoso escorrendo de seu interior.”

Em entrevista ao Daily Express, Wainwright afirmou: “Ficamos impressionados quando a análise de raios-X mostrou que a esfera é composta principalmente de titânio, com um traço de vanádio. “Uma teoria é que foi enviada à Terra por alguma civilização desconhecida, a fim de continuar semeando o planeta com vida.”, complementa. “A menos é claro que possamos encontrar detalhes da civilização que supostamente a teria enviado a esse fim, é provavelmente uma teoria improvável”, acrescentou.
Os cientistas descobriram a intrigante esfera quando eles enviaram balões a 27 quilômetros de altitude na atmosfera para coletar poeira e matérias de partículas do espaço.
Milton Wainwright liderou o projeto de pesquisa com propósito de demonstrar que os organismos de vida microscópicas estão continuamente chegando do espaço. Wainwright ainda disse que a bola de metal causou um pequeno impacto quando atingiu o balão. “Ao colidir com a sonda estratosférica, a esfera deixou uma cratera de impacto, uma versão minúscula da enorme cratera de impacto na Terra causada pelo asteroide que dizimou os dinossauros.”
“Esta cratera de impacto mostra que a esfera chegou na Terra vinda do espaço; um objeto que vem da Terra não poderia viajar rápido o suficiente para que caísse de volta à Terra causando tal dano.”
“Parece que isso nunca foi encontrado na terra”, acrescentou Wainwright.
Wainwright espera que um projeto de pesquisa semelhante conduzido pela NASA encontre os mesmos resultados que sua equipe encontrou.
Essas descobertas científicas surgem menos de um ano depois que cientistas britânicos e japoneses lançaram o Instituto para o Estudo da Panspermia e Astroeconomia (ISPA), com o propósito de provar que a vida na Terra se originou no cosmos.
Em um comunicado, o ISPA disse: “A ciência e instituições Mainstream têm lutado contra as teorias que expõem essas crenças, mas agora as evidências de meteoritos, a partir de amostras de bactérias vindas do espaço e de observação espacial está fazendo a resistência cada vez mais difícil. Provando que a Terra está em uma constante troca de matéria com o cosmos, maiores seriam as implicações, não só em termos de nossa identidade, mas também poderia nos dar uma visão sobre vírus alienígenas, que podem ser importantes para a nossa identidade de grupo, a evolução e a própria sobrevivência . “

Veja também:

Cientista britânico afirma ter tirado foto de organismo extraterrestre


Segurem-se para o impacto!  Cientistas recém anunciaram ter capturado a primeira imagem de uma entidade extraterrestre viva!  Não se engane. Estes seres não se parecem com homenzinhos verdes ou coisa do tipo.  Este é um organismo vivo, totalmente alienígena e esta imagem é, de acordo com a equipe científica, prova de que vida extraterrestre existe no espaço, fora da atmosfera do nosso planeta.

O estudo foi conduzido por cientistas do Centro para a Astrobiologia da Universidade de Buckingham (BCAB), sob a supervisão do Professor Milton Wainwright.  Os cientistas disseram que a descoberta dá respaldo à teoria da panspermia, a qual diz que a vida na Terra originou no espaço.  Eles também disseram  que esta descoberta apoia a teoria de que partículas vivas continuam a cair na Terra, do espaço.

Os pesquisadores isolaram os organismos pequenos de fragmentos que foram coletados na fronteira da estratosfera com o espaço, usando imãs poderosos.  Os detritos foram coletados como parte de um projeto conduzido em Derbyshire, e envolveu o envio de balões para altitudes de 30 quilômetros dentro da estratosfera, próximo da fronteira com o espaço.

De acordo com Wainwright, a imagem acima mostra um grão de cristal de sal com entidade amorfa anexada à sua superfície.

“A foto ilustra o que acreditamos ser um micróbio alienígena na alta estratosfera.  Nossa equipe causou uma comoção nos últimos dois anos, pela alegação de que estes micróbios estejam continuamente chegando à Terra, vindos do espaço.  Nossos críticos têm sido muito incisivos no descarte do nosso trabalho, mas ainda ninguém forneceu uma explicação alternativa viável para a nossa revisão de trabalho por colegas.”

O grão de sal foi descoberto com elementos raros, tais como o disprósio, lutécio, neodímio e nióbio, disseram os cientistas.

Wainwright explicou que, “pelo que podemos dizer, a partícula não tem nenhuma relação com nada encontrado na Terra.  Este último lançamento também é empolgante porque a equipe encontrou partículas contendo os assim chamados elementos raros, à uma altitude de quase 30 quilômetros na estratosfera.  Estas massas de partículas são grandes demais para terem sido carregadas da Terra e, como as forma de vida alienígenas que encontramos, devem estar vindo do espaço para a Terra.”

Esta não é a primeira vez que cientistas encontraram evidência de vida extraterrestre.  Em 30 de janeiro de 2015, eles anunciaram ter encontrado evidência de formas vida extraterrestre chovendo na Terra numa “esfera de titânio”.

Porém, as descobertas da equipe continuam sendo vistas com suspeita pelos pesquisadores científicos convencionais, os quais dizem que Wainwright, Wikramasinghe e seus colegas do movimento da teoria da panspermia não forneceram evidências científicas convincentes que apoiem suas teses.

O que Sabemos não é tudo que Existe - Parte 191 QUASE TUDO JÁ PODE SER DITO!



"Afinal, a história trágica das civilizações foi caracterizada por uma luta demorada entre as duas grandes raças humanas: a raça dos opressores e a dos oprimidos, a do mal sempre vitoriosa, e a do Bem, sempre sacrificada. 

O Iniciado, quem sabe, poderia pertencer a uma Terceira Raça. Isso não passa de uma suposição: a verdade deve ser procurada, mas ai de quem a achar" (Robert Charroux)





Sim, ai daqueles que acham a verdade! Na imagem acima, outra pintura da Idade Média, retratando Jesus e Deus sob a imagem do Espírito Santo circunscrito em um OBJETO OVALADO E LUMINOSO. Sutil? Sim, pois, como dissemos na página anterior, houve um tempo em que as verdades maiores, somente sob a posse de alguns poucos Iniciados e Mestres, eram rigorosamente censuradas e perseguidas tanto pelos interesses religiosos quanto políticos. E essas perseguições, ao contrário do que muitos pensam, não se extinguiram, se perpetuaram através dos tempos, porém com outros personagens - assim, e de certa forma, muito lamentavelmente ainda existindo nos dias atuais! Uma vez que - é fato! - a verdade pode sempre ser perigosa para aquele que a pronunciar. Assim foi, e assim ainda o é! Mas, em meio às trevas maiores da ignorância, nas quais certos setores através dos tempos sempre insistiram em manter restrito e sob rígido controle o conhecimento da humanidade, toldando assim a sua percepção diante de realidades maiores, Forças muito Elevadas e Poderosas, contra as quais esses setores se tornam impotentes, deliberaram que NEM TUDO, porém QUASE TUDO já pode, enfim, ser dito!


Aliás, aquilo que já pode ser dito.... DEVE MESMO SER DITO! Alguns selos, figurativamente tais como os selos que velavam pelas milenares tumbas egípcias, advertindo os profanadores e lacrados por piedosas mãos durante milênios sem conta, já podem, então, ser rompidos com a devida segurança e justificada propriedade. Uma vez que os tempos maravilhosos, no entanto graves e severos, do Terceiro Milênio já se fazem de certo modo propícios. Pois, já terá soado a tão esperada hora da verdade! São tempos de mudanças. A Ciência dos homens pouco a pouco se aproxima da Iniciação, já não há mais necessidade de segredos! (FOTO: National Geographic)


Rompam-se, então, os Selos que já podem ser rompidos! Miríades de estrelas situadas na incomensurável vastidão do Universo possuem os seus sistemas planetários, e neles orbitam miríades de mundos, igualmente habitados pelas mais diversas criaturas inteligentes! Algumas dessas civilizações foram (e muitas são) milhares ou talvez milhões de anos à nossa frente em progresso tecnológico e evolutivo. Outras, por sua vez, são ainda incipientes, começando desde a barbárie a progredir no seu caminhar evolutivo, assim como foi no nosso planeta há muitos milhões de anos. Por conseguinte, entenda isso quem puder: - muitas dessas antigas e avançadas civilizações cósmicas viajaram pelo espaço sideral, COLONIZANDO mundos e auxiliando os seres primitivos que nelas encontraram, onde até mesmo GENETICAMENTE APRIMORARAM ESPÉCIES, deixando suas DESCENDÊNCIAS! (Imagem: Starshipsunlimited)


Sim, justamente porque naves maravilhosas já cruzavam o Universo muito antes de nós existirmos, muito antes de sermos forjados! Lembremos da super sigilosa Missão Apollo-20, a qual teoricamente (e de acordo com os seus idealizadores) não teria existido e cujos vestígios foram literalmente suprimidos da humanidade. O objetivo dessa missão foi justamente fotografar algo que algumas antigas fotos tomadas por módulos não tripulados já tinham mostrado: - uma gigantesca espaçonave alienígena acidentada há muitos milhares de anos e abandonada na árida superfície da Lua (foto)!


As evidências ainda hoje tornam-se claras: região de Aristarchus, Lua. VEJA ISTO! Uma instalação alienígena ou, quem sabe, uma gigantesca espaçonave pousada? Na verdade, seja lá o que tenha sido, a foto foi logo (e muito compreensivelmente) censurada pois a tal coisa emitia intensa luminosidade, a qual se destacava em meio à solitária paisagem! Em outras palavras, não era mesmo um objeto nativo ou sequer um mero acidente de terreno situado na paisagem lunar!


E agora veja esta outra expressiva foto em cores, tomada por sobre a superfície de Marte e mostrando um dos enormes "tubos" que, em profusão, se estendem pela sua superfície. E onde até mesmo parece que uma espécie de abertura se faz presente na sua extremidade esquerda! Evidentemente, não se trata de uma formação natural, parecendo se tratar de uma colossal estrutura tubular, artificial e articulada - e, portanto, uma obra de seres inteligentes!


Civilizações são efêmeras, as moradas temporais não protegem totalmente! Marte foi há muito tempo um planeta habitado! Acima, a intrigante região marciana de Tithonia, onde as fotos proibidas nos mostram as ruínas de ANTIGAS MURALHAS E CIDADES!


E essa antiga civilização deixou as suas marcas! Nesse particular, será sempre bom recordar a impressionante imagem daquela que foi chamada de "A Rainha de Marte". Sem dúvida! Pois, também em algo dotado de uma perfeição absoluta e que jamais poderia ter sido uma mera coincidência ou sequer um acidente de paisagem, vemos - voltada para o espaço - a muito expressiva face de uma bela mulher coroada!


Tudo se encaixa, já que aqui mesmo na Terra temos algo bastante semelhante - precisamente na região dos Andes, onde uma desconhecida civilização que habitou o nosso mais obscuro passado nos legou uma imagem praticamente idêntica, igualmente voltada para o céu - tudo assim denotando que os seus misteriosos construtores teriam sido.... OS MESMOS! (FOTO: Google Earth realçada)


Impossível? E por que não? Voltemos então a Marte onde, lembremos, em uma outra região, destacam-se os nítidos contornos de um perfil daquela que foi, talvez com uma certa dose de razão, chamada de "A Nefertiti Marciana". Por que?....


..... Justamente porque aquela imagem no solo da Marte nos mostra uma bela mulher usando um toucado tipicamente EGÍPCIO - ou seja, um toucado que muitos milhares de anos DEPOIS da destruição que "varreu" a civilização marciana veio a ser utilizado pelas mulheres das realezas dinásticas daquele país! Acima, vemos o busto da bela Nefertiti, esposa do Faraó Akhenaton, Décima Oitava Dinastia - este uma alma iluminada, o Profeta de Deus ao mundo, muito antes de Cristo - o penúltimo representante da uma raça muito mais antiga, predestinada e misteriosa, que governou o Egito com benevolência tendo proporcionado ao seu povo elevados progressos materiais e espirituais.


Uma antiga conexão Marte/Terra? É o que tudo indica! E não há quaisquer coincidências ou fantasias especulativas nisso! Eis acima, em tamanho reduzido, uma foto tomada dessa feita já na própria superfície de Marte por uma sonda da NASA. Trata-se de uma montanha muito curiosa, sendo a foto original gigantesca, exatos 6,37 megabites e, portanto, impossível de ser colocada nessa página. Óbvio que a sua estrutura despertou o interesse dos técnicos e cientistas da NASA, e claro, também despertou o NOSSO, justamente porque a experiência nos ensina que em tudo aquilo que eles fotografam há sempre muitas surpresas ocultas....


.....Pois, essa montanha trata-se de algo que também não foge à regra, porque se examinarmos a sua foto mais detidamente, ampliando certos detalhes muito curiosos da paisagem, veremos que - perdidas em meio às rochas milenares e devastadas - há coisas inusitadas, assim como esse curioso rosto esculpido.....


.....Como também há uma ESTÁTUA dotada de características, digamos, tipicamente EGÍPCIAS - ou, melhor e mais apropriadamente dizendo, PROTO-EGÍPCIAS, um estilo artístico que seria utilizado muito tempo depois, porém aqui na Terra!.....


..... Contudo, não é somente isso que existe de muito curioso e revelador por lá, uma vez que em um outro ponto daquela montanha iremos encontrar mais uma estátua - por sua vez dotada de características ao que parece femininas!


Aliás, as antigas Tradições nos falam de perdidas civilizações, chegadas de GALÁXIAS DISTANTES e diante das quais toda a nossa moderna tecnologia e progresso evolutivos NÃO SÃO NADA! Atlântida, Lemúria, não são meramente lendas - elas existiram de fato.... E pouco pouco os seus vestígios já começam a surgir! Há cerca de 12 mil anos uma grande catástrofe destruiu essas avançadas culturas, submergindo-as para sempre nos fundos dos oceanos. Suas colônias mais afastadas, contudo, ainda guardam as marcas dessa afiliação muito longínqua. Daí, a origem da presença daquilo que os Altos Iniciados sabiam há milênios e que hoje a nossa perplexa Ciência não consegue explicar: - pirâmides; templos suntuosos - marcos de uma Engenharia muito além do nosso tempo; restos de artefatos fora da nossa compreensão; murais e pinturas intrigantes; além de outras tantas coisas mais, as quais nos mostram e simultaneamente atestam essa chocante realidade: - NÃO FOMOS OS PRIMEIROS NESTE PLANETA!


Pois, da mesma forma, essas Antigas Tradições sabem e nos revelam, verdadeiramente advertem, que tecnologias mal empregadas sempre resultam no inexorável e trágico fim de civilizações. Há muitos milênios o nosso planeta foi assolado por guerras e devastações nucleares, e a humanidade, ou o que restou dela, teve que recomeçar a sua trajetória do "nada" e em meio ao caos generalizado. Esqueletos até hoje radiativos, como por exemplo nas ruínas calcinadas de Mohenjo Daro, Índia, representam um desafio à argúcia, resistindo às tentativas de explicações por parte dos perplexos arqueólogos e Cientistas: - uma vez que são, inegavelmente, resultantes de milenares explosões nucleares.... Ocorridas nos tempos em que, teoricamente, não existiam as sinistras armas nucleares!!!


As rochas são eternas, as civilizações passam e as marcas do progresso tornam-se efêmeras, desaparecem com o tempo. E, sabendo muito bem disso, os remanescentes dessas antigas culturas, exatamente nelas, nas imorredouras rochas, e tal como ocorrera em MARTE, deixaram para o futuro as marcas indeléveis da sua passagem neste nosso mundo - trajetórias efêmeras que, por mais duradouras que tenham sido, representaram apenas um átimo na Eternidade - um breve e fugaz hiato na vastidão inexorável do tempo!


As mais Antigas Tradições, as quais estiveram guardadas por durante milênios, e passadas de boca a ouvido somente àqueles poucos através dos tempos que fossem dignos e merecedores de receber na alma e no corações as verdades maiores, nos dizem que os Antigos e benevolentes "Deuses", aqueles que chegados "de longe", das estrelas distantes - tão humanos quanto nós, precisamente aqueles que, nos perdidos tempos em que a Terra era jovem, iniciaram e forjaram a nossa humanidade - entristecidos diante das fraquezas do espírito humano, um dia abandonaram a Terra, retornaram às origens. Porém, através de um puro gesto de Amor, não nos abandonaram totalmente:


Pois, os Mestres do passado aguardavam e velavam - verdadeiramente sabiam que não faz sentido habitar de maneira solitária o cume de uma montanha. Assim, os antigos e benevolentes "deuses", os preceptores da nossa humanidade e os nossos VERDADEIROS ANCESTRAIS, por vezes descem a montanha, retornam para auxiliar aqueles que penosamente precisam e tentam ascendê-la! Almas grandiosas e sublimes por vezes chegam, descem à Terra, à matéria densa, para transmitir as suas mensagens de Amor e Luz, iniciando assim novos ciclos de evolução - algumas oitavas de evolução acima - para aqueles que estiverem dispostos a ouvir e a entender os seus sublimes ensinamentos, as suas mais profundas e relevantes mensagens.


Sim, pois TÃO filhos da Divindade quanto eu ou você, através dos tempos, e chegados das alturas mais sublimes, eles vieram, desceram do cume, porém, muito lamentavelmente ainda não foram devidamente compreendidos, inteiramente entendidos, na verdade foram até mesmo rejeitados. Contudo, nem tudo está perdido, uma vez que justamente agora em que apenas um pouco do "muito" já pode ser dito, TUDO, então, far-se-á inteiramente nítido e compreensível. O homem terrestre aproxima-se de uma crucial encruzilhada. A Ciência já colide de modo maravilhoso com a imensa Sabedoria do passado. Há, porém, uma advertência, como também há um grave anátema: - a Ciência aliada ao Amor será o supremo objetivo. A Ciência aliada ao ódio representará o fim! O passado, pois, já se funde no presente e acena com novas perspectivas de futuro. Todavia, o destino, sabemos, simplesmente não existe, NÓS o fazemos! Ele é apto de ser forjado HOJE, de modo não somente a construir ou, então - e tal como aconteceu outrora - a destruir o amanhã, interditar as portas do tempo - penosamente recomeçar tudo, ainda uma vez e novamente!


A Terra, um organismo vivo e sensível, também dotado de uma Alma planetária, apenas um ínfimo corpo celeste situado em meio a uma magnitude maravilhosa e radiante, é, assim como tantos outros mundos, uma escola, um viveiro de almas - almas que vão e vêm, de mundos para mundos, em diversos estágios evolutivos, através dos quais aprendem valiosas experiências. Podemos e devemos, então, na medida do possível, reconhecer a nossa humildade diante de Esquemas maiores e situados para muito além da nossa limitada compreensão humana. Pois, o homem é, de fato, um filho das estrelas distantes. E como tal, queira então o Sempiterno Deus que possa haver um dia em que estes seus filhos. já inteiramente redimidos e tocados pela força prístina, maravilhosa, do Amor, forçosamente partirão de volta ao Seio igualmente maravilhoso e estrelado, o mesmo que em épocas passadas e esquecidas os gerou e os nutriu, ocasião em que muito possivelmente - e também descendo do cume da montanha - num gesto supremo de amor e piedade, REPITAM o seu distante passado: - encontrem outros mundos primitivos e incipientes, habitado por criaturas toscas e rudimentares, diante das quais também se tornarão os mesmos benevolentes "deuses", assim o fazendo de maneira atávica, num impulso irresistível, precisamente em memória daqueles cujo sangue hoje corre nas suas veias e cujo Espírito se movimenta, silente, na ondulante cadeia espiralada do seu DNA.


As Antigas Tradições relatam, porém, que nem todos os seres benevolentes retornaram às suas origens após a queda da Atlântida e o colapso das antigas civilizações. Alguns deles, voluntariamente, decidiram ficar na Terra para auxiliar e proteger a humanidade decaída no penoso caminho de retorno ao seu caminhar evolutivo. E parece que a lição não foi inteiramente aprendida. Hoje, aqueles que se julgam os donos do mundo, novamente percorrendo as mesmas perigosas trilhas do passado, deveriam ficar atentos.... Enquanto ainda resta algum tempo! Há um Governo Oculto, protetor do mundo, um ALTO Conselho, trabalhando silentemente, não para fins políticos ou de domínios territoriais, como também de espoliações, mas, sim, velando pela humanidade de modo que, um dia qualquer, e MAIS UMA VEZ não venha a acontecer o pior. Este Grande Conselho dos Mestres do Mundo, segundo revelações Rosacruzes, "Dispõe da Terra, do interior da Terra - e vejam só - da ATMOSFERA"! E se a situação chegar a um ponto insustentável eles intervirão.... "NEM QUE TENHAM QUE RETIRAR DO MUNDO TODOS OS VALORES NECESSÁRIOS AO PRÓXIMO CICLO"!!!


Pois, e tal como previsto, a Terra nesses tempos severos de Aquário já está sendo chamada a se tornar uma nova Atlântida! A Reencarnação é um fato! Assim, e cada vez mais, almas que viveram naquele perdido continente estão reencarnando para, através da Lei da Recorrência (Tudo aquilo que foi será novamente) ficarem, AINDA UMA VEZ, diante de situação semelhante, justamente e através do livre arbítrio, de modo a escolherem um caminho - um caminho somente dotado de DUAS únicas alternativas. Os tempos, portanto, são graves, são os tempos de escolhas. Cada alma tem um Carma, cada nação tem o seu, cada planeta tem o dele. Nada pode mesmo fugir à Lei! Hoje, diante da esterilidade material, moral e espiritual que livremente campeia pelo mundo, o Homem lamentavelmente perdeu a sua Essência Divina. Destrói impiedosamente a sua morada, escraviza e elimina os seus semelhantes de maneira bárbara e desumana, praticando, ainda, aquele que é o verdadeiro Pecado Original: o mal uso da sua tecnologia - os Frutos da Árvore da Ciência do Bem e do mal - precisamente os quais foram as causas da queda das antigas e portentosas civilizações que nos precederam! A Natureza, então, se vinga. Pois, O Anjo de Deus já está passando! Os Cavaleiros do Apocalipse já empunham as suas implacáveis lanças, já atiçam as suas montarias! A abençoada Mãe-Terra começa a negar seus frutos. Os ventos se enfurecem; os mares se encapelam, a terra treme! Fome, epidemias, catástrofes naturais, guerras - tudo isso, enfim, já era mesmo esperado. Mas, é apenas o princípio; o começo da hora, da hora da depuração! Há, porém, DUAS humanidades: os Filhos de Deus e os filhos do "outro" - os Filhos dos "Anjos" dos Céus e os filhos dos "anjos" caídos, expulsos do céu - estes precisamente aqueles que hoje matam, saqueiam, destroem, cada vez mais se agigantam! Contudo, ainda resta uma esperança: os antigos "Deuses", aqueles que são os legítimos e benfazejos "Anjos" - advindos do Céu - ainda velam por nós, velam por aqueles poucos que são seus filhos; não nos abandonaram totalmente.....







Total de visualizações de página

Página FaceBook