BARRA ANIMADA


Translate

SEJA BEM VINDO


BARRA 2


Mensagem


A Frequência Fotônica Pleiadiana e a Nova Era do Fóton


quinta-feira, 16 de julho de 2015

O que Sabemos não é tudo que Existe - Parte 191 ARCHAEONEWS



"Se imaginarmos a História da humanidade como um museu gigante, contendo todo o conhecimento, então descobriríamos que inúmeras das salas desse museu foram trancadas. Os cientistas nelas trancaram todos os fatos que contradizem a imagem geralmente aceita da História.... 

A História oculta da raça humana obriga o mundo da Ciência a penetrar em novos territórios e a questionar as reverenciadas teorias sobre a humanidade e a História humana" (Walter J. Langbein)




Janna, nossa estimada visitante residente na Cidade de Cambuquira, Sul do Estado de MInas Gerais, Brasil, gentilmente nos remeteu essa impressionante foto, tomada durante um campeonato de vôo livre recentemente realizado naquela cidade. O desportista da foto, no entanto, não estava sozinho na amplitude azulada do céu: alguma coisa muito estranha o espreitava bem acima!.....


...... Uma coisa não somente muito estranha como também totalmente inusitada! O estranho objeto pairava no ar e, apesar de se tratar de um um OVNI - Objeto Voador Não-identificado - aparentemente não se tratava de um tradicional Disco Voador na medida em que os conhecemos.


Reveja-o no correspondente negativo. Trata-se de algo inédito e, ao que se saiba, nunca dantes registrado nos anais Ufológicos! Mas será mesmo que nunca tinha sido antes vista uma coisa semelhante a essa? Temos a ligeira impressão que NÃO! Vamos, então, tentar encontrar uma explicação para isso, analisando alguns aspectos precedentes e bem reveladores:


Comecemos então com os dedos de um paleontólogo apontando aquilo que oficialmente foi classificado como sendo "as pegadas fossilizadas de um pterossauro, com 75 milhões de anos, encontradas em Grayssac, Sudoeste da França". E você, concordaria com isso? De nossa parte, NÃO! O que claramente aí se vê jamais foi uma pegada, mas, sim, a reprodução pré-histórica de um ALIEN e, logo acima dele, uma espécie de aeronave..... Até que bem semelhante àquilo que lhe mostramos em todas as imagens anteriores! (FOTO: AFP)


Vamos, então, ampliar os detalhes para melhor examinarmos as "pegadas" daquele marotíssimo "pterossauro"! Diante disso, não há mesmo o que negar: trata-se mesmo das figuras de um alien (repare o detalhe da sua mão), como também o de uma aeronave..... Isso retratado pelo homem primitivo há 75 milhões de anos atrás! (sobre FOTO AFP)


E você deseja ver algo ainda muito mais semelhante ao que estava nos céus da Cidade de Cambuquira? Pois então vale a pena rever esses estranhos - segundo a Arqueologia clássica - "adornos" pré-colombianos". "Adornos" muito mais marotos ainda, uma vez que retratam com espantosa precisão TÉCNICA.... ESTRANHAS AERONAVES, as quais teoricamente não existiam nas Américas nas épocas em que foram retratadas pelas suas antigas civilizações! Esse exemplar mostrado na foto, que por sinal não é o único, foi encontrado na Colômbia. E que tal se essas coisas fossem MÁQUINAS DO TEMPO, viajando ao passado e vistas pelos antigos povos? Pode ser que não sejam UFOs no verdadeiro sentido da palavra. E quem sabe uma avançada civilização do nosso próprio futuro não percorra desde milhões de anos atrás os corredores do tempo, observando assim a marcha da História..... Ao vivo?


Nada demais nisso. Na década de 60, o cientista, engenheiro e astrônomo francês Émile Drouet (esquerda na foto, com o escritor Robert Charroux) já postulava a teoria das viagens através do tempo, algo que, por sinal, a moderna Ciência de Vanguarda já admite como perfeitamente POSSÍVEL. Na verdade, o tempo não passa, é imutável.... NÓS e as nossas civilizações somos o que realmente passamos. Drouet teorizou o "Toro Astronáutico", uma máquina CILÍNDRICA destinada a viajar no tempo percorrendo as cadeias vibratórias dos harmônicos temporais, atingindo assim as ondas-tempo do passado, chegando-se dessa forma a qualquer época pretérita desejada. Algo que na época se revelou perfeitamente viável e que somente não foi levado a termo em virtude dos altos custos necessários ao desenvolvimento do seu arrojado projeto. Contudo, nada impede que as suas idéias e as suas complexas fórmulas tenham sido posterior (e secretamente) aproveitadas.


Coisas estranhas, não pertecentes ao nosso tempo e à nossa época, de fato circulam nos céus! Em Salisbury, Austrália, essa antiga foto nos mostra um cientista examinando um estranho artefato que misteriosamente chegou do céu, chocando-se com o solo de uma fábrica - elaborado em uma liga metálica desconhecido na Terra! Um artefato misterioso que veio de algures! Não se sabe o resultado dessas análises, como semrpe mantidas sob o mais rigoroso sigilo.


Coisas estranhas não só no céu como também aqui em baixo! Essa, por exemplo, é uma foto tomada em uma usina geradora de força nos EUA. Observe com atenção a parte inferior central da imagem......


..... E poderá constatar a inusitada presença de um alien do tipo gray, muito bem camuflado em meio aos potentes geradores. É sabida a notável característica dessas criaturas no que tange às perfeitas técnicas de camuflagem de que se utilizam. Além do mais, as nossas usinas geradoras de força parecem exercer sobre elas e os seus UFOs uma grande e notável atração, de onde, aliás, esses objetos voadores extraem um certo tipo de energia.


E a audácia dessas criaturas parece mesmo não ter limites, circulando sem menor das cerimônias pelo nosso mundo como se, de fato, a elas pertencesse. E sabe onde essa foto foi tomada? Em uma base militar situada no Arizona, EUA! (FOTO: © Ufocasebook.com)


E aqui está o correspondente negativo. Mais uma vez, temos um alien do tipo gray, possivelmente espionando dependências militares terrestres. Nossas bases militares também são um notável ponto de atração dessas criaturas, sendo constantemente sobrevoadas pelos UFOs. Testemunhas que foram abduzidas relatam que nos interiores dessas naves existem, inteiramente mapeados, TODAS as nossas instalações de defesa, como também os reservatórios de água e represas do planeta. Em outras palavras, pontos VITAIS para a nossa defesa e a própria sobrevivência da espécie humana- algo que, certamente, não está sendo feito com boas intenções. Militar e estrategicamente falando, trata-se de um clássico levantamento preliminar que sempre antecede a um ataque! (sobre FOTO: © Ufocasebook.com)


O chamado homem pré-histórico, aliás, já registrava essas inusitadas presenças em nosso meio. Aqui vemos uma pintura rupestre, datada de milhões de anos, claramente mostrando um alien - possivelmente do tipo reptiliano! Lembremos, por oportuno, que o homem dito primitivo somente registrava aquilo que efetivamente VIA!


Múmias e esqueletos estranhos, totalmente fora dos clássicos padrões conhecidos e encontrados em todas as partes do mundo, da mesma forma não representam novidade alguma.


Aqui vemos o chamado "Alien de Kerman", descoberto em uma localidade do mesmo nome - um fóssil humanóide com apenas 25 centímetros de altura! E se essas coisas não são (e nunca foram) terrestres, de onde teriam vindo então?


Uma excelente pergunta cuja resposta, no entanto, torna-se bastante óbvia: - Não somos e nunca fomos os exclusivos habitantes desse planeta! Não só entidades alienígenas nos visitaram (e continuam visitando), como também o nosso pequeno planeta conheceu e também ABRIGOU antigas e muito evoluídas civilizações de cujas existências sequer podemos suspeitar.


Veja, por exemplo, essa foto. Ela foi tomada nas proximidades do intrigante complexo do Grand Canyon, Arizona, EUA, e nos mostra as ruínas de milenares e muito estranhas esculturas - rostos patéticos, provenientes de um passado muito remoto e além de tudo desconhecido! (FOTO: © Premiere Radio Networks)


O Grande Canyon, como sabemos, tem nos profundos interiores das suas montanhas um gigantesco complexo radial de túneis e galerias artificiais, nos interiores dos quais foram encontrados vestígios de uma evoluída civilização do passado, possivelmente um refúgio atlante. Múmias; inscrições desconhecidas bem ao estilo proto-egípcio; artefatos misteriosos; murais retratando estranhos deuses; esculturas e etc., tudo isso foi criminosamente abafado pelos pontífices do conformismo, os quais mandaram dinamitar as entradas desses complexo, abafando assim essa sensacional descoberta arqueológica. A foto acima, uma das poucas existentes, supostamente nos mostraria a face de uma curiosa esfinge situada no interior daquele complexo!

"O homem da rua orgulha-se do seu senso comum, artigo extremamente incomum; geralmente vive em estado de transe, embrutecido pelos prazeres e pelas dores da existência cotidiana, e tem o cérebro lavado pela pressão da propaganda, da imprensa e da televisão. As pessoas comuns mantêm-se uma geração atrás das últimas descobertas, tendo como preocupação principal viver conforme as convenções sociais da comunidade. Acreditam apenas no que vêem e sabem apenas o que querem saber"
(W. Raymond Drake - Deuses e Astronautas no Antigo Oriente)


De fato, há coisas tão gritantes ao nosso redor que a maioria dos olhos "cegos" não conseguem (ou então se recusam) a vê-las. E você sabia que no enigmático Planalto de Nazca, no Peru, além dos estranhos relevos de bizarros animais voltados para o espaço sideral ainda existe este gigantesco triângulo? Obviamente um marco de sinalização para MÁQUINAS VOADORAS!


Pois é! Tudo isso não pode ser mera coincidência. E muito mais do que possamos supor, há mesmo um propósito inteligente por trás de tudo isso; mas oriundo de QUAIS inteligências? Também o Delta do Rio Nilo, no Egito, quando visto do espaço exterior apresenta os nítidos contornos do gigantesco perfil de uma estranha face!


O que, como já estamos cansados de saber, não é novidade alguma, uma vez que estranhas esculturas retratando bizarros rostos - obras de desconhecidas e muito antigas civilizações tecnológicas - estão espalhadas às centenas na própria superfície deste nosso pequeno planeta. Acima, você vê mais um deles em Jim Falls, Austrália.


E tudo isso sem contar os fósseis de bizarros animais desconhecidos que freqüentemente são encontrados em sítios arqueológicos datados de milhões de anos. Esse surpreendente e colossal espécime petrificado, por exemplo, foi recentemente encontrado no território do Irã.


Eis uma visão lateral do estranho fóssil......


...... E aqui uma visão frontal! Ressalte-se que essa inusitada criatura não está catalogada nos nossos tratados convencionais. O quê, então, exatamente seria? E de onde teria mesmo vindo isso? Um espécime pré-histórico desconhecido, ou quem sabe algo "importado" de algum lugar? Difícil de acreditar? NÃO! Existem provas da existência de seres inteligentes, espalhadas até mesmo pelos corpos celestes mais próximos de nós. E assim, mais e mais coisas estranhas insistem em nos espreitar por todos os lados, até mesmo fora da própria Terra:


Um exemplo típico: aqui vemos a foto proibida NASA GPN 2001-001-485, claramente mostrando uma imensa (e além de tudo indiscutível) PIRÂMIDE no solo da Lua! Algo que dificlmente poderia ser uma formação natural.


E a famosa "Torre da Lua" somente mostrada muito desfocada em fotos anteriores, é aqui vista sem quaisquer modificações. E não há mesmo o que negar: da mesma forma, isso jamais poderia se tratar de uma formação natural - trata-se mesmo de uma estrutura alienígena artificial postada no solo do nosso satélite! Diante disso, voltamos a insistir na pergunta: - seria mesmo NOSSO esse satélite que convencionamos chamar de Lua?


Nada que possa surpreender. Os interiores das crateras lunares sempre apresentam intrigantes surpresas. Veja, por exemplo, esse!


E a foto NASA AS10324820 também nos mostra várias estruturas nitidamente artificias em uma região quadrangular da Lua que, por sinal, jamais poderia se tratar de uma cratera natural.....


...... A ampliação dos seus intrigantes detalhes comprova isso......


....... E o correspondente negativo se torna muito mais claro ainda! Note-se, principalmente, a enorme muralha na região superior, a qual até mesmo tem uma espécie de entrada, ou acesso, para o interior do estranho complexo!


E agora preste atenção naquilo que está postado bem ao centro da maior cratera dessa foto, também tomada sobre a superfície da Lua.....


..... Onde aqui podemos ver o estranho objeto devidamente ampliado. Claramente um UFO ou, quem sabe, uma máquina alienígena desconhecida - possivelmente uma perfuratriz! Note-se os seus propulsores traseiros. Porém, seria somente na Lua e em Marte que existem tais bases, como também e muito possivelmente algumas colônias alienígenas?


Aparentemente, NÃO! veja isso: litoral de Belize, América Central. Uma enorme abertura se dirige às profundezas do Oceano Atlântico. Há qualquer coisa de muitos estranha nesse fosso, uma vez que os relevos dos seus contornos sugerem que fora artificialmente escavado! Aqui, aliás, é uma aérea adjacente à malfadada região do Triângulo das Bermudas, onde desde muito tempo costumam desaparecer sem deixar vestígios os navios, os aviões e os seres humanos..... E onde desde muito tempo os UFOs costumam ser flagrados, mergulhando nas águas do oceano! Poderia então se tratar da entrada para uma base submarina alienígena? Sem dúvida alguma, a resposta é SIM! (FOTO: National Geographic)





Total de visualizações de página

Página FaceBook